2 milhões de doses da vacina de Oxford chegarão ainda no mês de fevereiro, afirma Fiocruz

Uma ótima notícia circulou nas redes nesta manhã de segunda-feira (23). A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) afirmou na última sexta-feira (19) que estão a caminho do Brasil mais 2 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 feita pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca, ainda em fevereiro.

Assim, no total devem ser recebidas 10 milhões de doses do imunizante no país. O Brasil já recebeu um total de 2 milhões de doses no mês de janeiro e está na expectativa da chegada das doses restantes. Entretanto, não há previsão da chegada das outra 8 milhões de doses do imunizante.

Devido ao esgotamento das vacinas, as capitais Salvador, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre anunciaram a paralização do calendário vacinal na semana passada até as novas doses chegarem.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Mesmo sem eficácia, Governo Federal usou Fiocruz para produzir 4 milhões de comprimidos de cloroquina

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quinta-feira (11). Documentos mostram que o governo federal, através do Ministério da Saúde, utilizou os serviços da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) para produzir cerca de 4 milhões de comprimidos de cloroquina. Além disso, o documento consta que parte do dinheiro utilizado para produção era do dinheiro destinado para o tratamento da Covid-19, doença cujo o remédio não tem eficácia.

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, os documentos são datados de 29 de junho e 6 de outubro, e demonstram também a produção de fosfato de oseltamivir (o Tamiflu) pela Fiocruz. O Tamiflu também era destinado ao tratamento da Covid-19.

Os documentos demonstram os gastos de R$ 70,4 milhões, com a produção de cloroquina e Tamiflu pela Fiocruz. Estes gastos são associados com o dinheiro destinado ao combate à pandemia.

A Fiocruz é também é responsável por importar e produzir, no Brasil, a vacina desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.