Feira de Santana: Homem perde a vida após ataque com golpes de faca no Terminal Rodoviário

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (10). Um crime ocasionado por um desentendimento na madrugada desta sexta-feira assustou as pessoas que estavam no Terminal Rodoviário de Feira de Santana, que fica a 100 km de Salvador. De acordo com a polícia, a vítima identificada como Robervânio de Jesus Santos, 23 anos, foi morta a golpes de faca por volta de 2h12.

A equipe apurou que a vítima estava indo para a cidade dela e o autor iria para uma cidade aqui perto para vender alguns produtos. Eles estavam ingerindo bebida alcóolica, se desentenderam e entraram em luta corporal. O autor sacou uma faca e desferiu os golpes na vítima, que veio á óbito de imediato”, disse o delegado Luís Smyslov Filgueiras, ao portal Acorda Cidade.

O delegado disse que após o crime algumas testemunhas que estavam no local seguraram o suspeito e acionaram os policiais que efetuaram a prisão em flagrante.“Eles se conheceram naquele dia e todos estavam ingerindo bebida alcóolica. Robervânio é do município de Saúde. Um crime banal, com influência do álcool acredito eu”. Finalizou.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Feira de Santana: Médico suspeito de matar a ex-namorada terá pedido de prisão preventiva feito pela Polícia Civil

Após o corpo da jovem Gabriela Jardim Peixoto, de 35 anos, ser encontrado em um matagal às margens da BR-116, na cidade de Feira de Santana, a Polícia Civil entrará com um pedido de prisão preventiva do médico suspeito de assassina-la. Ele é o principal suspeito desde que viajou para o Acre assim que o corpo foi encontrado. Esse médico seria o ex-namorado de Gabriela.

O suspeito foi a última pessoa vista com ela momentos antes do desaparecimento. Além disso, o seu carro foi encontrado com vestígios de sangue.

As informações também indicam que Gabriela teria emprestado R$ 100 mil ao ex-namorado.

Já a defesa do suspeito afirma que o homem não teve nenhuma participação no crime e que está “à disposição da Justiça para os devidos esclarecimentos”. E sobre a viagem, ele afirmou que o médico precisou visitar alguns parentes.

O desaparecimento de Gabriela foi registrada pelo próprio suspeito, que afirmou saber do sumiço da ex-namorada através da filha que tem com Gabriela, de 12 anos. A mulher foi vista pela última vez no dia 22 de agosto.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque.

Após anúncio de residência em site, cinco mulheres são feitas reféns e assaltadas

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta quinta-feira (22). Criminosos fizeram cinco mulheres reféns e assaltaram uma casa localizada no Conjunto Jomafa, em Feira de Santana, BA, no último dia 7 de julho. A família pode divulgar o caso nessa quarta-feira (21) depois da autorização da polícia que mantinha o caso em sigilo.

Após os proprietários do imóvel colocarem um anúncio em um site especializado buscando a venda, o próximo passo seria aguardar os potenciais compradores. O telefone toca e do outro lado da linha um homem bem educado e interessado em adquirir o imóvel se dispôs a ir até o local fazer uma visita. Parecia que tudo estava dando certo…

A campanhia toca e o homem junto com outras duas pessoas entram no imóvel com a falsa intenção de conhecê-lo e fechar negócio. No interior do imóvel o homem percebe a presença apenas de 5 mulheres, entre elas duas idosas e outras duas senhoras com deficiência. Os criminosos fizeram as mulheres reféns e anunciaram o assalto.

Uma das moradoras do condomínio disse que os bandidos estavam em um gol vermelho. Na ação os criminosos levaram cartões de crédito, cinco celulares, quase dois mil reais em espécie, além de comprarem cerca de quatro mil reais em jóias nas lojas da cidade. O crime é investigado pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e felizmente ninguém se feriu na ação.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Feira de Santana: Polícia prende suspeito de tirar a vida da esposa na frente dos filhos

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (26). Foi preso nessa sexta-feira (25) o homem suspeito de tirar a vida da companheira no bairro Papagaio, em Feira de Santana. O acusado já prestou depoimento na Delegacia de Atendimento à mulher (DEAM), e está a disposição da justiça. O crime foi motivado por uma discussão que aconteceu por volta de 4h dessa quinta-feira (24) e Moniza Carla Barros de Oliveira, 31 anos, foi atingida por disparos de arma de fogo dentro da própria casa.

De acordo com informações a mulher ainda chegou a receber atendimento no Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiu. O crime foi praticado na frente dos filhos de Moniza, uma criança de 3 e outra de 10 anos. Segundo a delegada Clécia Vasconcelos, responsável pelas investigações, Moniza ainda estava viva quando foi pedido ao juiz plantonista o pedido de prisão preventiva do acusado com a informação que a mulher tinha sofrido uma tentativa de feminicídio.

“Posteriormente ela veio a óbito no hospital e informamos mais uma vez sobre esse fato. Foi decretada a prisão, foi mantido contato com os números de telefone envolvidos na situação, até que chegamos até ele, e a condição foi de que ele viria a se apresentar acompanhado pela advogada. Aqui ele ficou sabendo que havia um mandado de prisão preventiva, e foi dado o devido cumprimento. Infelizmente mais uma mulher morta na frente dos filhos, destroçando toda uma família”, disse a delegada responsável pelo caso.

Segundo informações da delegada responsável pelas investigações, havia uma medida protetiva contra o suspeito mas o homem não aceitava a separação. “Ele alega que voltaram a viver juntos, descumprindo a medida protetiva, isso será ainda analisado. O motivo desta ação, essa covardia, segundo ele, é de que ele estava doente, e ela estava na casa da irmã, época junina, e como ela chegou por volta das 2h da manhã, discutiram. Ela estava com os filhos, uma criança de 03 e outra de 10 anos, e ele disse que perdeu a cabeça, se diz arrependido e efetuou dois disparos de arma de fogo contra ela, um deles, querendo atingir, justamente o coração, o peito dela. Perdeu a cabeça e tinha uma arma de fogo”, contou a delegada.

De acordo com informações, o suspeito ainda responde na justiça por outro homicídio.“Eu acredito que ele tenha usado a mesma arma do crime que perpetrou em 2013, mas ele nega. Ele disse que comprou essa arma por R$ 1.500 na Feira do Rolo porque estaria sendo ameaçado por pessoas após esse delito anterior por ele praticado”.

A delegada lamentou o crime e disse que toda a equipe ficou consternada. Informou ainda que não ocorre um caso de feminicídio em Feira de Santana com vítimas que tenham medidas protetivas desde 2013.

“O corpo da Deam e todos os policiais que atenderam o caso, se consternaram. Desde 2013 não acontece um feminicídio em Feira de Santana de uma mulher que tenha passado pela Deam. A rede da Deam é muito atuante quanto a isso. Não é uma realidade à qual estamos acostumados. A gente não quer ter esse costume, então essa resposta rápida é necessária. A gente fica indignado, a gente corre pra cima. Logo que ocorreu o fato, o plantão requereu a prisão preventiva. A gente recheou com novos fatos e foi concedido. O juiz plantonista prontamente acatou essa cautelar, fomos atrás e hoje cumprimos o mandado de prisão. Ele já deveria estar preso há muito tempo. Talvez se hoje ele estivesse, Moniza estaria viva criando os filhos dela. É muito sofrido a gente ter que se debruçar num caso desse, e cada vez a gente percebe que a nossa luta é necessária e que a gente ainda tem que lutar muito”, desabafou a delegada Clécia Vasconcelos.

D a redação do Acontece na Bahia

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.