Homem confessa tirar a vida da companheira e enterrá-la, mas depois de buscas mulher aparece viva

Um caso intrigante aconteceu com uma moradora da cidade de Barro Preto, no Sul do estado da Bahia. A mulher estava desaparecida e foi dada como morta após o companheiro ter confessado que matou e enterrou o corpo dela em uma cova. Curiosamente, a mulher foi localizada viva nesta quinta-feira (9), amarrada e sem roupas, na zona rural da cidade. Estas informações foram baseadas em matéria exibida no site Verdinho Itabuna.

O último contato de Valdenice Alves de Novais com parentes, aconteceu no dia 29 de novembro, quando ela tinha ido para uma fazenda em companhia do marido. Naquela ocasião, o homem retornou para casa sem a esposa.

O companheiro de Valdenice contou a familiares que havia deixado a esposa, a pedido dela, às margens de uma estrada, onde ela pagaria um ônibus para retornar para a residência do casal. Entretanto, o companheiro de Valdenice ficava nervoso sempre que era questionado sobre o paradeiro dela, e a família passou a desconfiar.

A família de Valdenice fez buscas na região e compartilhou o caso nas redes sociais. O companheiro de Valdenice mentiu e disse que havia matado e ocultado o corpo dela. O caso chegou às autoridades que realizaram buscas para encontrar o corpo da mulher.

À polícia, o companheiro de Valdenice assumiu a autoria do falso assassinato. Na companhia do suspeito, funcionários do Departamento de Polícia Técnica (DPT), chegaram a ir em alguns lugares onde ele indicou que estaria o corpo da vítima. O corpo de Valdenice nunca foi encontrado e as buscas foram encerradas.

O homem foi preso e encaminhado para o Complexo Policial de Itabuna, no Sul do estado. Valdenice está sob a responsabilidade de parentes. A irmã de Valdenice contou que ela foi localizada fragilizada e que ainda não deu detalhes do que aconteceu. “Ela fica apenas parada olhando para a gente”, afirmou a familiar

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Baianópolis: Fazendeiro desabafa após raio atingir 14 cabeças de gado: “Algumas eram vacas e estavam prenhas”

Um caso assustou o povo nesta sexta-feira (5). Diante de um evento natural inesperado, um fazendeiro desabafou sobre o que aconteceu na propriedade da família.

O episódio ocorreu na cidade de Baianópolis, que fica no oeste do estado da Bahia. Ainda era madrugada na Fazenda Melancia quando 14 gados bovinos acabaram atingidos por um forte raio. A descarga elétrica foi muito forte e os animais não resistiram. Além disso, alguns deles ainda eram bezerros. Então,

O sobrinho do dono da fazenda, Willian de Oliveira, desabafou em entrevista à TV Bahia. Segundo ele, a cidade teve fortes chuvas nos últimos dias, o que já gerou preocupação. Ele relatou:

“A gente imaginou que ia ter prejuízo em algum lugar. Aí na quinta-feira pela manhã, por volta das 7h, a gente encontrou os gados mortos. Alguns deles eram vacas que estavam prenhas. O prejuízo é grande, de uns R$ 40 mil. Meu tio tem um maquinário e vai enterrar os gados hoje.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional, Regional.