Flordelis poderá pagar R$ 800 mil de indenização por danos morais a família do pastor Anderson

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (5). A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), acusada de ser a mandante da morte do pastor Anderson, poderá pagar uma indenização por danos morais no valor de R$ 800 mil para o pai, a irmã e a tia do pastor Anderson do Carmo.

Os familiares do religioso entraram com uma ação na Justiça do Rio pedindo reparação. Os advogados da família emitiram uma nota afirmando que o valor seria dividido entre os três familiares: R$ 500 mil para o pai, Jorge de Souza; R$ 200 mil para a irmã, Claudia Souza; e R$ 100 mil para a tia, Nádia Henrique.

Também foi pedido pelos parentes que fosse feito o bloqueio dos bens de Flordelis e de 30% do seu salário como deputada. A juíza Daniela Rodrigues Alves, da 1ª Vara Cível da Regional da Região Oceânica, indeferiu este pedido. Mas não é só isso…

A decisão da juíza foi baseada no fato de que existem provas que ainda precisam ser analisadas e portanto não se pode fazer o bloqueio de bens nessa situação. Foi fixado um prazo de quinze dias para que Flordelis apresente defesa para este caso.
Flordelis é acusada de ter arquitetado o assassinato do pastor Anderson do Carmo que aconteceu em junho de 2019.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Feriado em família termina em tragédia: Mãe, filha e cunhado foram vítimas de tromba d’água durante trilha em cachoeira e são encontrados sem vida pelos bombeiros

Uma triste notícia estampou as manchetes dos jornais nacionais nesta manhã de quinta-feira (22). Três pessoas foram vítimas de uma tromba d’água em uma cachoeira na Estrada da Graciosa, na tarde da última quarta-feira (21). De acordo com as informações do site RicMais, as três vítimas eram da mesma família, incluindo mãe, filha e cunhado.

De acordo com as testemunhas, sete parentes estavam se reunindo para aproveitar o feriado de Tiradentes na Cachoeira do Riva, que fica em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba. Porém, o que deveria ser um dia divertido em família acabou se tornando uma tragédia.

O incidente aconteceu quando a família voltava de uma trilha e foi surpreendida pela tromba d’agua.

Andrea Michalski, de 46 anos, e a filha, Ana Sophia, de 9, estão entre as vítimas do incidente. O cunhado de Andrea, conhecido como Cid, de 44 anos, também não resistiu.

Após o ocorrido, uma equipe do Corpo de Bombeiros e do Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST) foram acionados. No entanto, quando as vítimas foram encontradas já era tarde demais.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Padrasto agride enteado durante aula online e escola denuncia o caso ao Conselho Tutelar

Uma situação revoltou toda a população brasileira nesta terça-feira (20). Uma cena está circulando nas redes sociais. Pois se trata de uma criança que foi agredida pelo Padrasto enquanto assistia uma aula online, pelo Google Meet. O que o padrasto, identificado como Erechim, não contava era que a câmera estava ligada e a aula estava sendo gravada.

O crime de agressão ocorreu na semana passada, mas só foi divulgado hoje. A polícia Civil juntamente com o Ministério Público, já começaram as investigações para apurar os fatos.

No vídeo, mostra a criança assistindo a aula online, quando seu padrasto arranca seus fones de ouvidos, com muita força, e em seguida é arrastado pelo homem, que o agrediu novamente. depois de algum tempo, a criança volta para aula, chorando, visivelmente abalado. A escola encaminhou todas imagens ao Conselho Tutelar, onde todas providências serão tomadas.

“Na terça-feira (12 de abril) de manhã, chegamos na escola e tinha um e-mail, com os três vídeos, onde a escola relatava o acontecido e solicitava uma apuração junto à família desse menor. A escola também avisou a mãe, que foi orientada a comparecer ao conselho”, informou, o Conselheiro Tutelar, Ademir Rosa.

Segundo o portal R7, a mãe da criança estaria em uma outra localidade da casa, com o outro filho mais novo, enquanto a situação ocorria com seu outro filho. Ela acrescentou que correu o local para ver o que estava acontecendo, porém, ao chegar, ao ambiente a situação já havia encerrado, em suas palavras “estava tudo calmo”.

O Conselho Tutelar prestou todo apoio à criança, além de informar o ministério público sobre o ocorrido. A Deam (Delegacia Especializada no Apoio à Mulher e Vulneráveis) de Erechim (RS) investiga o caso.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Após ter pai internado para cirurgia de urgência, bebê aparece em ultrassonografia fazendo um sinal de “V” com as mãos: “Sinal divino”

Uma imagem foi bastante compartilhada nesses últimos dias e deixou muita gente surpreendida, entenda o caso. Felipe Medeiros, de 32 anos, que é morador do Guarujá, litoral de São Paulo. Foi acompanhar as sua esposa em uma sessão de ultrassonografia, quando todos foram pegos de surpresa pelo que viram na tela do consultório. O bebê estava fazendo o símbolo “V” com as pequenas mãozinhas, dentro da barriga da mãe.

O paizão Felipe, interpretou isso como “sinal divino” e ficou muito feliz, pois recentemente havia descoberto um tumor no lado esquerdo do abdômen, de 20 centímetros. Medeiros, teve que fazer uma cirurgia urgente para retirada do câncer.

“Antes da cirurgia, pedi para QUE Deus que não me levasse, porque meu sonho é ser pai. Um mês depois da cirurgia, minha mulher ficou grávida e vou ser pai”

Entretanto, quando Felipe foi fazer uma nova consulta, para saber qual era a situação atual do seu abdome. Foi surpreendido com os resultados. Havia outro tumor alojado em seu baço. Sendo assim, Felipe foi para Barretos, São Paulo, para fazer um novo procedimento de retirada do câncer.

Com essas idas e vindas, Felipe não podia comparecer nas demais sessões de ultrassonografia. Mas, desta vez, sua mulher pediu, e disse que seria muito importante para ela, que ele fosse acompanha-la.

“Dessa vez, ela insistiu para eu ir junto, e falei que não sabia se conseguiria. Na noite anterior, ela me perguntou de novo, mas disse que não sabia como ia acordar. De manhã, me senti um pouco melhor, e decidi ir junto”, informou Medeiros.

Ele ainda acrescentou dizendo que, foi muito gratificante participar da consulta com a sua esposa, mas que ganhou o dia em ver seu filho fazendo um sinal de “V” com às mãos.

“O filho que eu pedi para Deus foi para superar tudo isso que estou passando. Esse sinal foi para fechar com chave de ouro, para eu ter certeza que vou vencer. Se não tivesse ido, não teria visto isso, porque minha mulher não ia conseguir gravar. Aí, eu vou para o ultrassom e tem um sinal desse, parece que é para a minha fé aumentar. Me dá mais força para poder vencer o câncer. Com certeza, foi um sinal divino” concluiu .

 

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.