Médico marido de Paulo Gustavo pede que pessoas não acreditem e não espalhem fake news sobre o estado de saúde do humorista

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste domingo (4). Thales Bretas, marido de Paulo Gustavo, se manifestou por meio das redes sociais para que pessoas “não acreditem em fake news e não espalhem notícias que não tenham certeza, que não sejam confiáveis”. 

“Eu e a assessoria de imprensa dele estamos sempre atualizando vocês de forma segura e honesta. Vamos ter fé, confiar em Deus e na cura!”, escreveu. 

Desde o dia 13 de março internado por conta da covid 19, o humorista Paulo Gustavo teve uma piora no estado de saúde e respira com a ajuda de um equipamento que se assemelha a um pulmão artificial desde a última sexta-feira (2). 

O marido do humorista postou uma foto do casal envelhecido insinuando que pretende envelhecer ao lado de Paulo Gustavo e comemorar bodas de ouro. Thales ainda se solidariza com pessoas que estejam passando pelo mesmo problema e agradece o carinho e o cuidado dos profissionais envolvidos na recuperação do humorista e pede que as pessoas tomem cuidado. 

“Cuidem-se!! Esse vírus é muito perigoso, não me canso de repetir isso, evite ao máximo que ele chegue em suas casas!!! Usem máscaras, evitem aglomerações, o momento é reclusão até a imunização avançar e as coisas acalmarem”, concluiu Thales. 

 

Da Redação do Acontece na Bahia 

   

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Pastor diz em redes sociais que a vacina CoronaVac causa câncer e possui HIV e Ministério público pede responsabilização civil e criminal

Nessa quarta-feira (16) circulou nas redes sociais um vídeo que o pastor Davi Góes espalha Fake News sobre a vacina chinesa CoronaVac. Pastor do Ministério Canaã da Assembleia de Deus em Fortaleza, Davi afirmou no vídeo que a vacina pode causar câncer e possui o HIV dentro dela.

“Muitas pessoas vão morrer de câncer, achando que foi câncer porque comeu alguma coisa, porque foi hereditário, porque tem família, por causa de um tumor, mas na verdade foi por causa da vacina. Depois que essa substância entrar no nosso organismo vai atingir o nosso DNA, um cientista francês disse que até HIV tem dentro dela”, afirmou, sem nenhuma prova.

Assim, os Centros e promotorias do Ministério Público do Ceará (MPCE) pediram que o pastor fosse responsabilizado civil e criminalmente por espalhar notícias falsas sobre a vacina chinesa.

Segundo o MPCE, a conduta do pastor fere a lei de contravenções penais sobre provocar alarde, anunciar desastre ou perigo inexistente, praticar ato capaz de produzir pânico ou tumulto. Além disso, o líder religioso também fere uma lei estadual que responsabiliza quem dissemina notícias falsas relativas à pandemia de Covid-19 regulamentada em maio deste ano.

O pastor está sendo investigado e pode responder criminalmente pelos seus atos.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.