‘Ele pegou uma faca na gaveta’, diz Pamella Holanda ao Fantástico sobre episódios de agressões de DJ Ivis

Uma notícia tem gerado muita polêmica nesta segunda-feira (19). A ex-mulher de DJ Ivis, Pamella Hollanda, falou em entrevista que foi a ar neste domingo (18), no Fantástico, sobre as agressões cometidas pelo ex-marido. Pamella falou na ocasião sobre a sua atitude de divulgar o vídeo com o registro das agressões que sofreu de Iverson Araújo, DJ Ivis, captado por imagens de câmeras de segurança do circuito interno de monitoramento, no qual a arquiteta aparece sendo agredida na presença da filha e de outras duas pessoas.

Durante a entrevista, Pamella disse que as agressões começaram quando foi morar com DJ Ivis, em 2020, e continuou durante todo o ano, período em que estava grávida. De acordo com Pamella, as piores agressões ocorreram quando ela estava grávida de cinco meses. “Eu estava grávida da Mel, de cinco para seis meses (…) (Ele) me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá”, disse.

A ex-mulher do DJ Ivis falou ainda de outro caso de agressão ocorrida este ano. Em uma briga que teria sido motivada por ciúmes, Pamella conta que teria caído no chão sem conseguir respirar direito e disse ainda que uma babá teria sido demitida por presenciar uma das agressões. Disse ainda que em julho houve uma briga também motivada por ciúmes e nesta ocasião ela teria sido estrangulada dentro do apartamento. Em outra briga Pamella conta que DJ Ivis pegou uma faca. A arquiteta contou que o pior não aconteceu por ajuda de uma mulher que trabalhava como governanta para a família.”Ele pegou uma faca na gaveta da cozinha. A funcionária dele foi e segurou braço dele”.

Pamella disse que encontrou forças para divulgar as imagens de agressão contra ela em sua filha. DJ Ivis foi preso preventivamente e deve responder por dois inqritos. As músicas de sua autoria foram excldas das plataformas digitais.Por fim Pamella contou que ainda teme pela fúria do ex-marido.”Tenho muito medo, e vou continuar com medo um bom tempo”, contou.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas.

Paulo Afonso: Polícia prende suspeito de tirar a vida de duas pessoas com requintes de crueldade; homem carregava orelha da vítima na carteira

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (15). Foi preso na manhã dessa sexta-feira (14), no município de Paulo Afonso, interior da Bahia, um homem acusado de cometer dois homicídios. Segundo apontou as investigações da polícia, o homem teria tirado a vida das vítimas com golpes de faca e na sequência ateava fogo nos corpos ainda no local.

O primeiro homicídio que ele é suspeito de ter praticado foi em 2018, na ocasião, segundo relatos de testemunhas, ele cortou as orelhas da vítima e levou dentro de uma carteira para mostrar a colegas no intuito de se gabar por ter cometido o crime. E ainda relatou ter matado a vítima porque ela rasgou seu short favorito”, disse o delegado João Henrique Nunes dos Santos, da Delegacia Territorial da cidade. Mas não é só isso…

De acordo com as investigações, o homicídio mais recente que o suspeito teria cometido ocorreu com as mesmas características do anterior e trouxe curiosidade nos investigadores que chegaram no homem acusado de ser o autor dos crimes. “Após a gente checar a ocorrência, percebemos que era mais um crime bárbaro. Ainda estamos ouvindo testemunhas para chegar na motivação”, continuou o delegado.

A polícia informou que as investigações continuam para embasar o inquérito e que o suspeito já se encontra a disposição da justiça.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Mulher escapa da morte ao lutar com ex-companheiro que tentou tirar sua vida com uma faca

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste domingo (2). O momento em que uma mulher precisou lutar com o ex-companheiro para escapar da morte foi registrado por imagens de câmeras de segurança. A tentativa de feminicídio aconteceu nesse sábado (1º) em Garça, São Paulo, quando o suspeito, que foi localizado em Itápolis posteriormente, desferiu golpes de faca contra a ex-companheira buscando matá-la.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher de 29 anos estava chegando por volta das 6h ao seu local de trabalho, em uma panificadora localizada na Rua Alagoas, quando o seu ex-companheiro se aproximou e tentou contra a sua vida. Segundo a Polícia Militar, o ex-companheiro desferiu golpes de faca contra a mulher e conseguiu feri-la no pescoço. Segundo informações da corporação, o homem encontrou resistência na ex-companheira que lutou para não perder a sua vida, e apesar de ferida conseguiu resistir ao objetivo do ataque.

Nos registros feitos por câmeras de segurança é possível notar um homem usando um boné e se aproximando da vítima quando ela desce da moto. O homem tenta atingir a mulher com uma faca. As imagens também mostram a vítima caindo no chão e o ex-companheiro se ajoelhando para feri-la.

A mulher se defendeu do ataque usando as mãos e depois de algum tempo os dois fogem do local correndo em sentidos opostos. De acordo com a Polícia Militar, a mulher recebeu atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com alguns ferimentos e informou aos agentes que havia sido agredida por um homem não identificado durante uma tentativa de roubo.

Investigação feita pela polícia nas imagens de câmeras de segurança, despertou a suspeita de que o crime poderia não ser uma tentativa de roubo porque a intenção do homem era esfaquear a mulher. Uma conversa entre os policiais e a mãe da vítima que analisou as imagens, houve a suspeita por ela de que o agressor tinha as características do ex-companheiro da filha, o qual tinha histórico de agressão contra ela como também uma medida protetiva em seu desfavor.

O homem foi localizado em Itápolis e confessou o crime informando aos agentes que havia ido até Garça para ferir e ex-companheira. Preso em flagrante, o homem responderá por tentativa de feminicídio.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

“Minha mãe é tudo pra mim”, desabafa filho da mulher que perdeu a vida após agressão sofrida em metrô de SP

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (28). Thiago Bispo, 21 anos, filho da doméstica Roseli Dias Bispo, de 46 anos, que foi morta a golpes de marreta dentro de um vagão da linha 1-Azul do metrô em São Paulo, afirmou que sua mãe ia para o trabalho quando foi agredida de madrugada pelo homem. “Nesse mesmo horário ela sempre passava por essa linha”, disse o jovem ao portal UOL.

A mulher foi agredida pelo homem dentro de um dos vagões do metrô quando ele se encontrava na estação Sé, no sentido Tucuruvi. Por volta de 5h da madrugada dessa segunda-feira (26), a Secretaria de Segurança Pública informou que Polícia Militar recebeu a informação do incidente. Testemunhas disseram que o homem estava de pé e sem motivo aparente agrediu a vítima que estava sentada. O acusado afirmou aos policiais que faz uso de medicamentos e que tinha ouvido vozes. O homem estava com uma faca e uma marreta que foram apreendidas pela polícia.

Separada do marido, Roseli tinha quatro filhos, sendo Thiago o mais novo.‘’ Mano, minha mãe é tudo para mim. Não tenho o que descrever sobre ela. Perder uma mãe não é fácil, não tenho explicação para a dor que estou sentindo’’, contou.

O aposentado de 55 anos foi detido e encaminhado para unidade hospitalar. O agressor continua internado sob escolta policial. Quando tiver alta médica será encaminhado à unidade policial e ficará a disposição da justiça.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.