Fábrica de oxigênio hospitalar utilizado para o combate do novo coronavírus tem explosão e deixa feridos

Na manhã deste sábado (24), uma fábrica de oxigênio explodiu no Bairro Carlito Pamplona, em Fortaleza. A empresa White Martins fica na região da Avenida Francisco Sá.

Segundo o portal Bahia Notícia, o incidente ocorreu pela parte da manhã, em torno das 10h. Em um vídeo, gravado pelo helicóptero da Globo News, é possível visualizar, várias carros de ambulância do Samu estacionadas no local.

Ainda segundo o portal, o Corpo de Bombeiros informou que cinco pessoas ficaram bastante machucadas, e três foram encaminhadas para o Hospital Instituto Dr, José Frota (IJF), que fica situado no Centro da capital.

O prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira, foi às redes sociais para se pronunciar sobre o ocorrido. “Estive há pouco na avenida Francisco Sá, na sede da Fábrica White Martins, onde aconteceu uma explosão na manhã deste sábado (24). O Corpo de Bombeiros já fez o isolamento da área, está orientando a população a ficar dentro de suas residências e junto com a Defesa Civil está inspecionando os imóveis da região”. Disse.

A empresa White Martins, é responsável por fabricar oxigênio hospitalar  para todo Brasil, que é um material imprescindível para o combate ao novo coronavírus. 

O governador do Ceará, Camilo Pitanga (PT), se pronunciou em seu Twitter ” Nossa equipe da Secretaria da Saúde também acompanha a questão do fornecimento de oxigênio, para evitar problema de desabastecimento nos equipamentos de saúde. Estou acompanhando os fatos e torcendo pela rápida recuperação das vítimas”, informou.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Camaçari: Vídeo mostra unidades de Ford Ka e Ecosport inacabadas sendo destruídas até virarem sucata após fechamento de fábrica

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de segunda-feira (8). Vídeos flagraram o momento em que a montadora Ford destrói mais de 900 unidades não acabadas de modelos Ka, Ka Sedan e Ecosport na fábrica que teve suas atividades recém encerradas em Camaçari (BA). As imagens mostram as carrocerias dos veículos sendo amassadas até virarem sucata.

Com a fábrica tendo sua atividade encerrada em janeiro deste ano, a Ford começa a se desfazer de unidades inacabadas.

Ao total, foram cerca de 900 veículos que ficaram inacabados com o encerramento repentino das atividades e que precisaram ser destruídos.

Além dos veículos, a fábrica também começa e se desfazer de outros equipamentos que também estão sendo desmontados e retirados da fábrica.

O governo da Bahia busca no exterior marcas interessadas na compra da antiga fábrica da Ford. Marcas chinesas, indianas, sul-coreanas e japonesas foram sondadas em busca da ideal compradora. A Caoa também foi apontada como possível compradora e admitiu interesse na unidade de Camaçari.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Após fechamento da Ford, Fábrica da Yoki anuncia também o encerramento das atividades no Rio Grande do Sul

Uma notícia circulou nas redes na manhã desta quinta-feira (14). A fabricante de alimentos Yoki anunciou que encerrará suas atividades em sua fábrica em Nova Prata, Rio Grande do Sul. Assim, no pronunciamento a empresa afirmou que a fábrica funcionará apenas até maio deste ano.

Assim, com o fechamento da fábrica cerca de 300 pessoas perderão seus empregos. A informação do fechamento foi anunciada pela empresa General Mills, dona da marca.

De acordo com a empresa, o fechamento é uma medida estratégica para “ampliar a capacidade produtiva, otimizar sua cadeia operacional e oferecer melhor nível de serviços”. Dessa forma, a fábrica de Nova Prata será a única encerrada.

Além disso, segundo a empresa a fábrica de Pouso Alegre, em Minas Gerais, que foi recentemente ampliada, absorverá cerca de 30% da produção.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.