Após boatos de traição e término com humorista Léo Lins, Aline Mineiro é flagrada beijando mulher ao lado do ex, Leo Lins

A peoa Aline Mineiro foi flagrada beijando uma mulher ao lado do humorista Leo Lins, após ser vista aos beijos com o ex-namorado. O registro foi feito pela blogueira Mércia Poderosa, que capturou o momento e fez questão de compartilhar.

Aline Mineiro entrou em A Fazenda 13 namorando Leo Lins. Segundo informações, na relação do casal era permitido que a ex-Panicat ficasse com outras mulheres. Aline, inclusive, teve um affair com Dayane Mello, além de também beijar Fernando Medrado e Sthe.

Entretanto, a proximidade de Aline Mineiro com MC Gui não agradou o humorista Leo Lins, que decidiu pôr um fim à relação. Recentemente, o humorista se envolveu em uma polêmica por brincar com a possibilidade de agredir Aline fisicamente em razão da relação dela com o funkeiro.

A ex-panicat confirmou o fim do namoro com Leo, na terça-feira, 21 de dezembro, após boatos de suposta traição dela com MC Gui, em “A Fazenda”.

Na ocasião do conflito entre o casal, Aline compartilhou uma mensagem com uma amiga e revelou o fim do relacionamento, além de explicar que eles ainda se amam e que Leo Lins “é o cara mais incrível” que ela já conheceu na vida. Ela contou que entende a decisão e que ele está “extremamente magoado com tudo o que aconteceu”.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Acusada de ‘stalking’, policial civil do DF é presa novamente após furar pneus de carro e atacar ex-namorado

Foi presa nesse domingo (28), a agente da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Rafaela Luciene Motta Ferreira, de 40 anos, suspeita de danificar os pneus do carro do ex-namorado e esfaqueá-lo. O crime aconteceu em frente a casa da vítima, localizada na Asa Norte, durante a madrugada.

A agente de polícia é reincidente nesse tipo de crime que envolveu antigos parceiros amorosos e já chegou a ser presa pelo menos três vezes. Rafaela foi presa em agosto acusada de “stalking” (perseguição, em inglês), ao tentar impedir o depoimento de um outro ex-namorado à corregedoria da Polícia Civil.

A Polícia Civil emitiu uma nota onde esclarece que Rafaela”responde por Processo Administrativo Disciplinar (PAD) na Comissão Permanente de Disciplina (CPD), a diversos procedimentos na Corregedoria Geral de Polícia (CGP) e está afastada das funções por licença médica”. As armas da agente de polícia foram recolhidas, segundo a corporação.

A policial foi até o endereço da vítima nesse domingo e no estacionamento furou os pneus de dois veículos dele, informou a Polícia Civil. Ao perceber a ação, o homem foi até o local para conter a mulher. O ex-namorado de Rafaela conseguiu derrubá-la, mas levou duas facadas e uma mordida no peito, segundo informações da polícia. Felizmente o homem conseguiu conter a mulher até a chegada da PM.

A agente disse que foi agredida. Após a ação, ela foi encaminhada à 2ª Delegacia de Polícia, na Asa norte, onde assinou um termo circunstanciado de ocorrência e foi liberada na sequência.

O ex-namorado de Rafaela disse que já registrou “várias” ocorrências contra a policial, inclusive por ela já ter furado pneus dos carros dele. O homem recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros, após apresentar cortes superficiais. O caso foi registrado como crime de lesão corporal e dano.

A agente de polícia já chegou a ser presa no dia 3 de agosto, após invadir a Corregedoria da Polícia Civil para tentar impedir o depoimento de um ex-namorado. A mulher foi liberada no mesmo dia, após assinar um termo circunstanciado. Entretanto, a Justiça determinou a prisão preventiva da agente três dias depois e posteriormente ela foi solta.

O crime conhecido como ‘stalking’ se caracteriza quando uma pessoa persegue outra seja no online ou no mundo físico. Foi sancionada uma lei, no mês de abril, que inclui no Código Penal o crime de perseguição, conhecido também como “stalking”. A pena é de 6 meses a 2 anos de prisão, mas pode chegar a três anos com agravantes, como crimes contra mulheres.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Ex-namorado teria tirado a vida de estudante de engenharia para vender o carro da dela no sudoeste baiano

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (17). O corpo da jovem Sashira Camilly Cunha Silva, de 19 anos, foi encontrado nesta quinta-feira (16), na cidade de Planalto, que fica localizada a 50 km de Vitória da Conquista. O ex-namorado da jovem, que não teve a sua identidade revelada, confessou que cometeu o crime para depois vender o carro dela. De acordo com informações, o ex-namorado da vítima agiu em conluio com outras duas pessoas, também envolvidas no crime. Todos os envolvidos se conheciam do curso de engenharia civil da Fainor, (Faculdade Independente do Nordeste), instituto de ensino superior privado.

O ex-namorado de Sashira se entregou na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), por volta de 00h da quinta-feira (16), acompanhado do seu advogado. Equipes da Coordenadoria de Polícia e da Deam, foram nas casas de outros dois suspeitos indicados, momentos depois. Um dos suspeitos conduziu os agentes até o local onde o corpo foi abandonado, na cidade de Planalto.

A jovem foi assassinada em Vitória da Conquista, cidade onde residia. O ex-companheiro detalhou aos policiais como cometeu o crime. Disse que dopou a jovem com remédio controlado e, na sequência, esfaqueou rosto e pescoço, entretanto, quando chegou no local onde deixaria o corpo, percebeu que Sashira ainda estava viva e a estrangulou até a morte.

O segundo homem suspeito pegou o carro da vítima e levou o corpo dela e o ex-namorado da cidade de Vitória da Conquista até Planalto, com o objetivo de depois desta ação vender o veículo. O terceiro envolvido teria feito a conexão entre o ex da jovem e o segundo acusado, uma vez que não eram próximos. O homem foi o responsável por pagar um carro de aplicativo para conduzir o segundo envolvido até o local onde o crime seria praticado. Tanto o segundo quanto o terceiro envolvido alegam não saber que a vítima seria Sashira.

A jovem Sashira teria sido agredida pelo ex-companheiro com uma cabeçada no nariz há dois anos, de acordo com a polícia. Na época houve uma medida protetiva que foi expedida pelo Núcleo da Criança e do Adolescente, mas não estava mais em vigor. Os acusados foram presos e estão a disposição da justiça.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

‘Senti medo de morrer’, desabafa modelo após trazer à tona o que engenheiro com quem se relacionava teria feito

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta sexta-feira (30). A modelo Anna Figueiredo, de 23 anos, abriu a sua intimidade e falou das agressões físicas e psicológicas que sofreu do ex-namorado, no Rio de Janeiro. Anna disse que o ex a agredia sempre após o uso de bebida alcoólica e tinha sempre as mesmas justificativas: ciúmes, fotos postadas, trabalho…

A modelo concedeu uma entrevista a Record, e revelou que sentiu muito medo de morrer quando fez a denúncia, após ter sofrido agressão.”Quando eu estava quase sem força, ele me soltou dando tapas e socos. Eu senti muita falta de ar, e tentava respirar, mas não estava conseguindo. Ali eu senti medo de morrer.”

Anna mostrou um áudio em que o ex fala da violência.”Você está me agredindo!”, disse Anna. “Sabe o que faltou na sua vida? Agressão para você virar mulher”, falou o agressor.

A modelo contou que neste mês de julho sofreu agressão do ex-namorado e teve uma escoriação no olho. A denúncia feita pela modelo ganhou grande repercussão nas redes sociais onde Anna possui mais de 57 mil seguidores. O jogador Neymar, que é amigo da modelo, compartilhou o relato nas redes sociais. A agência com a qual a modelo tem vínculo também se solidarizou com a situação.

A Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Niterói, Região Metropolitana do Rio, está investigando o caso e a modelo tem uma medida restritiva de 300 metros contra o ex-namorado.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.