Jovem viraliza nas redes sociais após dá a luz à bebê e ficar grávida novamente duas semanas após o parto

Uma história incomum viralizou nas redes sociais e mostra uma jovem de 19 anos e sua experiência com a maternidade. A jovem Gracie, dos EUA, foi às redes sociais comunicar que “está grávida há dois anos”. A mulher conseguiu engravidar novamente apenas duas semanas após dar à luz a um bebê.

“Sim, é mais saudável esperar que seu corpo se recupere. Se eu soubesse o que sei agora, teria esperado”, afirmou Gracie no vídeo publicado.

De acordo com a jovem, a segunda gestação foi “planejada”, entretanto não sabia que a gravidez logo em seguida envolvia riscos.

“Mas eu engravidei. Vou dar à luz em seis semanas. Eu fiz um vídeo para 15 seguidores, apenas me divertindo e fazendo isso como uma memória, mas se tornou viral. O meu parceiro é um pai incrível e sempre quisemos dois filhos.”

“Eu não queria esperar claramente, por isso fiz isso, mas se eu pudesse voltar no tempo sabendo dos riscos envolvidos, eu teria voltado. Você está confuso?”

“Depois desta criança, não planejamos ter outro bebê até uns 5 anos ou mais, estou colocando um DIU. Temos nossa própria casa, carros próprios, contas bancárias próprias. Estamos crescidos. Ele trabalha em período integral e eu sou uma dona de casa.”

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Mulher será indenizada em R$16 milhões depois de ter casa invadida por engano por policiais e ficar algemada sem roupa

Depois de policiais invadirem a casa de uma mulher com base em informações errada e a algemar completamente nua, a vítima será indenizada em em US$ 2,9 milhões, o que equivale a R$ 16,5 milhões.

Toda a ação policial foi registrada por câmeras que ficam presas ao corpo dos policiais. Nas imagens, Anjanette Young, uma norte-americana, aparece nua, algemada e afirmando repetidamente que os agentes estavam na casa errada. Contudo, os policiais continuavam revistando a residência.

Posteriormente, as autoridades admitiram que a ação foi feita com um mandado de prisão preventiva baseado em informações erradas.

Assim, o comitê de finanças do conselho da cidade de Chicago concordou, por unanimidade, na última segunda-feira (13), a indenização de US$ 2,9 milhões a mulher.

A prefeita da cidade, Lori Lightfoot, pediu desculpas pessoalmente a Anjanette. Depois disso, também houve mudanças na política de como a polícia local conduz as batidas na cidade.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Aluna agride professora deficiente de 64 anos e polícia descobre que ela estava realizando “brincadeira”

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais neste sábado (9). Uma aluna agrediu com socos uma professora de 64 anos, da Covington High School, em Lousiana (EUA). Para a polícia o crime foi motivado por um desafio do TikTok. Larrianna Jackson, de 18 anos, acusada de ter cometido o crime foi presa e o vídeo da agressão que foi publicado nessa quarta-feira (6) é fruto do movimento criado ‘Estapeie um professor’, lançado no TikTok.

A polícia informou que a professora agredida é deficiente e precisou de atendimento médico após o ataque. O The New York Times, informou que a professora possui limitações para andar. O vídeo compartilhado nas redes sociais mostra Larrianna em pé, em frente à mesa em que a professora está sentada. Após conversa, Larrianna dá um soco na mulher, levando-a ao chão. A sequência da ação não foi filmada, mas segundo a polícia houve mais agressões.

“O Departamento de Polícia de Covington gostaria de lembrar a todos que qualquer pessoa que participar de tal desafio será devidamente fichado”, informa a publicação. “O assunto ainda está sob investigação e pode haver mais prisões em breve”. Os telefones celulares dos estudantes que acompanharam a sequência de agressões foram apreendidos pela polícia.

O colégio onde houve a agressão fica a 72 quilômetros ao norte de Nova Orleans. Após se tratar dos ferimentos nos braços e na cabeça a professora recebeu alta médica. O TikTok afirmou, em nota oficial, que o suposto desafio não é uma tendência no aplicativo e que não permite e nem incentiva vídeos que promovam qualquer tipo de violência.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Criança recebe prêmio de R$ 180 mil após se negar a tirar a máscara na hora da foto da escola

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais neste domingo (3). O aluno Mason Peoples, 6 anos, tomou uma atitude inusitada no dia em que as crianças de sua escola, na Virgínia, EUA, iriam ser fotografadas. Mason mostrou que obedece a sua mãe em tudo o que ela diz.

FOTÓGRAFO: Ok, pode tirar a sua máscara.

MASON: Minha mamãe disse para eu ficar o tempo todo de máscara e só tirar na hora de comer, quando não houver ninguém por perto.

FOTÓGRAFO: Mas tenho certeza de que será OK tirar a máscara só para a foto.

MASON: Não, mas minha mãe falou muito sério. Não posso fazer isso.

FOTÓGRAFO: Nem por 2 segundinhos?

MASON: Não, obrigado, eu sempre ouço o que minha mãe fala.

FOTÓGRAFO: Ok, então. Diga “queijo”!

A mãe de Mason publicou a imagem nas redes sociais e reproduziu na legenda o diálogo acima.”Estou tão orgulhosa por ele ter cumprido sua palavra, mas eu deveria ter sido mais clara sobre as regras desse dia [da foto]”, brincou a mãe de Mason. A foto de Mason tirada para a escola teve grande visibilidade e o garoto passou a ser visto como referência infantil em protocolos de prevenção da Covid-19.

Nas redes sociais muitos internautas se sensibilizaram com o garoto em razão de sua atitude e perguntaram a mãe de Mason se poderiam fazer doações pra recompensar o menino por sua conduta. A mãe de Mason criou uma ‘vaquinha’ para custear a faculdade do filho no futuro. Cerca de 1.600 pessoas contribuíram até este domingo (3), e foi arrecadado o equivalente a 33 mil dólares, cerca de 180 mil reais. “Ele está tão feliz de ver que ficaram orgulhosos de sua atitude”, disse a mãe de Mason.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.