Mesmo sem comorbidades, Estudante de medicina de 33 anos morre de Covid-19 e causa comoção em sua pequena cidade

Uma triste notícia circulou nas redes e emocionou os internautas nesta manhã de quinta-feira (11). O estudante de medicina Antonio Francisco Bertocco Júnior, de 33 anos foi mais uma das vítimas da grave pandemia do coronavírus. Ele ficou cerca de cinco dias internado na UTI lutando bravamente contra a doença.

Antônio era residente da pequena Avanhadava de pouco mais de 13 mil habitante no interior de São Paulo, a 479 km da capital paulista. Durante o agravamento da doença, Junior teve que ser encaminhado para um hospital de Penápolis, já que a cidade onde ele residia não possui hospital adequado para tratar a doença.

O rapaz durante 15 dias apresentou apenas sintomas leves, porém, uma súbita piora levou o rapaz a ser entubado. “No domingo (7) houve necessidade de intubação orotraqueal. [O quadro clínico] continuou com piora severa e progressiva, e evoluiu para óbito ontem”, explicou o diretor técnico da Santa Casa, onde o rapaz ficou internado, Sidnei Albregard.

O jovem era estudante de medicina e não sofria de nenhuma comorbidade conhecida. Além disso, o rapaz havia sido imunizado com a primeira dose da Coronavac em fevereiro. Porém, infelizmente, Júnior não havia tomado ainda a segunda dose do imunizante e não desenvolveu inteiramente a proteção contra o coronavírus.

Da redação Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.