Vizinhos contam como golpista gastou o dinheiro do jogador de vôlei enganado 15 anos em um relacionamento que nunca existiu

O jogador de vôlei Roberto Cazzaniga está abalado emocionalmente e financeiramente após descobrir que foi enganado 15 anos por uma mulher que se passava pela modelo brasileira Alessandra Ambrósio. Roberto agora está sendo ajudado por parentes e amigos.

A estelionatária usava fotos da modelo e conseguiu receber do jogador ao longo desse tempo cerca de R$ 4,3 milhões, com a alegação de que tinha problemas cardíacos. O jogador chegou a fazer empréstimos para ajudar a mulher.

Um amigo e ex-colega de time criou uma vaquinha par ajudar Roberto e já conseguiu arrecadar cerca de R$ 56 mil. O jogador também recebeu uma festa de amigos e da família na quadra onde joga para animá-lo.

‘‘Roberto é uma pessoa boa e muito frágil que confiou nas pessoas erradas, disse Danilo ao Globo. No começo, não foi fácil… depois de 15 anos. Ele estava muito triste, mas agora está aos poucos se sentindo melhor’’.

‘‘Claro, depois de toda essa reação midiática, ele sente muita incredulidade, mas apenas precisa de mais tempo para se dar conta (do que aconteceu) e começar de novo, com uma vida nova. Criei a campanha GoFundMe para ajudar Roberto depois dessa triste história. Ninguém vai devolvê-lo os últimos 15 anos, mas juntos podemos fazer algo para o futuro dele’’.

A dívida atual de Roberto é de R$ 375 mil, segundo o programa de TV ‘‘Le Iene’’. O jogador se apaixonou virtualmente após conversar com a estelionatária que se passava pela modelo brasileira. Em 15 anos de relacionamento os dois nunca se encontraram em razão da golpista sempre colocar desculpas. Roberto contou que se envolveu ao ouvir a voz da mulher ao telefone.

‘‘Não, nós nunca nos conhecemos. Nunca. Ela deu mil desculpas, como doença e trabalho. E ainda assim me apaixonei por aquela voz, uma chamada após a outra. O contato era apenas no celular, quase que diariamente.

Ligava antes de eu ir treinar ou à noite, na hora de dormir. Como ela me tirou todo esse dinheiro? Nem sei ao certo, mil euros aqui, outros dois mil ali…No final chegamos a um total de 700 mil. Passado este pesadelo, é como se tivesse acordado de um coma que me fez perder décadas de vida, disse ao jornal ‘‘Corriere Della Sera’’.

Os vizinhos da estelionatária Valeria Satta contaram ao jornal ‘La Nuova Sardegna’ que a mulher fez uma grandiosa reforma em sua casa na Sardenha, uma ilha no mar Mediterrâneo, em 2017.

Segundo a vizinhança, a mulher colocou pisos, luminárias, banheiros, janelas, tudo novo. Relataram que provavelmente a mulher gastou na reforma o dinheiro fruto do golpe, em razão de estar desempregada e com dois filhos.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.