Casal de ciclistas vão a primeiro passeio com novas bicicletas e acabam perdendo a vida

Um caso comoveu a população nesta segunda-feira (7). Isso porque um casal de ciclistas acabou morrendo enquanto estreavam suas novas bicicletas.

O casal que morreu após o tombamento de um caminhão na BR-101 em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, nesta domingo (6) haviam comprado as bicicletas havia poucos dias. Segundo Pamela Belusso, cunhada de Ivan Antônio Belusso, de 40 anos, ele e Suellen Schveitzer Belusso, de 36, eram casados há 20 anos e deixam três filhos. O interesse pelo ciclismo era recente.

“Faz uma semana que eles estavam começando a praticar ciclismo. Era a primeira vez que eles estavam fazendo esse trajeto. Tinham comprado há pouco tempo as bicicletas. Eles gostavam muito de esportes e viagens”, disse Pamela.
Segundo Pamela, o casal avisou a família que faria o passeio neste domingo. A filha mais velha, de 19 anos, ficou em casa cuidando dos irmãos de 12 e 2 anos. De acordo com a familiar, os filhos já sabem do falecimento dos pais e estão na casa de familiares.

Em sua última postagem nas redes sociais, Suellen registrou, ao lado do marido, o primeiro passeio com as bicicletas novas.

Ivan era supervisor comercial e Suellen empresária. A família morava em Camboriú, na mesma região. O velório dos dois acontece neste domingo (6) na Igreja Adventista e o casal deve ser sepultado junto em um cemitério de Itajaí, no Vale.

Nas redes sociais amigos e parentes lamentaram a morte do casal. “Luto por esse casal que era exemplo de parceria, trabalhavam juntos, uma família linda… a vida é um sopro! Suellen Schveitzer Belusso e Ivan Belusso vocês foram muito cedo! Que Deus conforte e de forças para seus filhos principalmente, familiares”, escreveu uma amiga.

Acidente
Segundo a empresa a concessionária do trecho da BR-101 onde ocorreu o acidente, a carreta com placas de Rodeio, no Vale do Itajaí, tombou ao fazer uma curva por volta das 06h40 no km 138,5, na localidade conhecida como Morro do Boi. A carga de placas de madeira caiu sobre o casal e outras duas pessoas que estavam em uma moto.

As outras vítimas eram um homem e uma mulher que estavam em uma moto com placas de Balneário Camboriú. Segundo o Instituto Geral de Perícias (IGP) até as 15h deste domingo a identificação destas vítimas ainda não havia sido concluída.

O motorista da carreta, de 48 anos, sofreu ferimentos leves. A carga do caminhão pegou fogo e os bombeiros conseguiram conter as chamas.

Além da equipe de resgate da empresa que administra a rodovia, o Corpo de Bombeiros e a Policia Rodoviária Federal (PRF) auxiliaram na ocorrência. Em razão do acidente, as pistas no sentido Sul da rodovia tiveram que ser interditadas e houve registro de retenção de 10 quilômetros.

Com textos e informações do portal Globo.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Facebook, Nacional.

Nordestino Jardel tem chuteiras de ouro, prata e bronze conquistadas na Europa furtadas em Fortaleza

Um dos atletas cearenses com maior número de conquistas na história do futebol, Mário Jardel teve os principais prêmios da carreira furtados de sua residência no bairro Dunas, em Fortaleza.

As duas “Chuteiras de Ouro”, conquistadas por conta da artilharia da Europa em 1999 e 2002, quando atuava pelo Porto-POR e Sporting-POR, foram levadas pelos ladrões, assim como a “Chuteira de Prata”, conquista em 1997 pelo Porto-POR e a “Chuteira de Bronze”, vencida quando atuava pelo Galatasaray-TUR em 2000.

“É meu legado, minha história”, disse o ex-jogador, que está neste momento no 15º Distrito Policial para solicitar apoio das unidades de segurança.

Jardel é um dos atletas cearenses de maior projeção, tendo alcançado artilharia e idolatria em vários times do futebol mundial, como Ferroviário, Grêmio, Porto-POR, Sporting-POR e Galatasaray-TUR.

VEJA OS PRÊMIOS INDIVIDUAIS DE JARDEL
IFFHS – Maior goleador do Mundo: 1999 e 2002
Chuteira de Ouro da UEFA – Maior goleador da Europa: 1999, 2002
Chuteira de Prata da UEFA: 1997
Chuteira de Bronze da UEFA: 2000
Bola de Ouro de Portugal: 1996–97, 1997–98
Melhor jogador do Campeonato Português: 1996–97, 1998–99, 2001–02

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Com textos e informações do portal Diário do Nordeste

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Facebook, Nacional.

Morre Roseli Machado, campeã da corrida São Silvestre e ex-atleta olímpica após perder a luta contra a covid-19

Um caso tocou o povo nesta quinta-feira (8). Isso porque uma grande atleta nos deixou após lutar pela vida.

A atleta Roseli Machado, que competiu nas olimpíadas e foi campeã na famosa Corrida São Silvestre nos deixou. Aos 52 anos, a ex-corredora lutou por 2 semanas, hospitalizada em decorrência da covid-19. No auge da carreira, em 1996, além de ser campeã na corrida São Silvestre, ela correu na prova dos 5.000m nas Olimpíadas de Atlanta. Wlamir Motta Campos, presidente do Conselho de Administração da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) desabafou sobre a perda:

“A Roseli teve uma história no atletismo brasileiro, venceu a São Silvestre, integrou a seleção brasileira, treinou nos Estados Unidos. Nós tínhamos uma grande amizade, fomos atletas pelo mesmo clube, treinamos juntos quando eu era juvenil, defendemos Londrina no começo das nossas carreiras. Estou muito sentido.” Mas não é só isso.

Roseli começou a correr aos 14 anos e seguiu competindo até os 29. Ela ainda poderia competir por mais uns anos, mas teve um problema numa cirurgia e acabou interrompendo sua carreira antes dos 30.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.

Rússia pode conceder perdão a Robson Oliveira, motorista brasileiro de jogador que está preso já há 2 anos

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (31). O brasileiro Robson Oliveira, 48 anos, condenado na Rússia por tráfico internacional de drogas e contrabando, em fevereiro de 2018, por ter entrado no país com duas caixas de remédios, deve ter seu pedido de indulto analisado em breve pelo presidente Vladimir Putin. Última barreira para que a liberdade de Robson aconteça. 

A comissão regional administrativa russa composta por políticos e representantes da sociedade civil, e pelo prefeito de Moscou, Sergey Sobyanin, avaliou o pedido antes de chegar nas mãos do presidente Putin que pode conceder o benefício político. Caso haja decisão favorável, Robson não terá qualquer pendência junto a justiça russa ou brasileira e poderá voltar ao Brasil. O ex-motorista que foi condenado a três anos de prisão por tentativa de tráfico internacional de drogas e contrabando, completou no último dia 18 dois anos de prisão. 

O governo brasileiro formalizou o pedido de indulto a Robson após finalizada a fase de recursos à sentença e em meio a muitas matérias jornalísticas feitas a respeito do caso e apelo feito por alguns jogadores como Felipe Melo. A expectativa do governo federal é no sentido da concessão do indulto apesar do impasse gerado pela troca no ministério das Relações Exteriores recentemente. 

A diplomacia brasileira tentou a princípio a transferência de Robson para o cumprimento de pena no Brasil de acordo com tratado assinado anteriormente entre os dois países. O indulto foi considerado também em razão da sentença de Robson ter uma pena considerada pequena em relação a outros casos semelhantes no país.  

De acordo com depoimentos, Robson recebeu uma mala fechada que foi entregue no embarque no Rio de Janeiro. Na mala estavam duas caixas dos remédios ( Mytedom 10mg ou cloridrato de metadona) comprados pela família do jogador de futebol Fernando, volante, ex-seleção brasileira. Robson afirma que não sabia dos medicamentos no interior da bagagem. 

Fernando e sua mulher, Raphaela Rivoredo, confirmaram que Robson não tinha conhecimento sobre os medicamentos, mas não havia falado esta informação às autoridades russas. Disseram em depoimento que não sabiam da existência dos medicamentos e afirmaram que era da responsabilidade do sogro, (pai de Raphaela), Willam Pereira de Faria que em nenhum momento prestou depoimento às autoridades. 

Da Redação do Acontece na Bahia 

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Internacional.