Itaetê: Prefeitura afirma que garota “desenterrada viva” chegou morta ao hospital e que médicos fizeram “manobra de reanimação por mais de 30 minutos”; internautas dividem opiniões sobre o caso

O caso envolvendo uma garota de um ano e dez meses que foi desenterrada após um pastor evangélico ter afirmado que a criança ainda estava viva continua gerando desdobramentos nesta manhã de sábado (27).

Itaeté: Pais desenterram filha e alegam que criança foi enterrada viva após médico dar diagnóstico de óbito errado: “Minha filha estava viva sim”; Veja o vídeo

De acordo com o site A Tarde, a prefeitura municipal da cidade de Itaetê entrou na polemica em defesa do médico que atestou a morte da criança.

Segundo a prefeitura, o hospital confirmou que a menina chegou ao hospital sem sinais vitais, sendo assistida por uma equipe, que não mediu esforços para tentar reanimar a criança. De acordo com as fontes, a equipe realizou a manobra de reanimação cardiopulmonar por mais de 30 minutos, porém, sem resposta da paciente.

Além disso, a prefeitura informa também que após os pais da criança terem desenterrado o bebê e levado de volta ao hospital, o óbito foi constatado mais uma vez.

“A gestão municipal se solidariza profundamente com a tristeza e a dor da família e lamenta que estejam passando por esta situação tão triste”, afirma a gestão em nota.

Entretanto, pessoas nas redes sociais afirmaram ter conhecidos que estavam no local onde aconteceu o caso e afirmam que a garota realmente estava viva e deu alguns sinais vitais como “apertar o dedo” dos pais e “piscar o olho”.

Por outro lado, outros internautas não acreditam na veracidade do ocorrido e falam em “fanatismo religioso”. O usuário M. S. afirmou em comentário: “Quanta ignorância! As pessoas precisam acreditar nos absurdos, sem saberem do que é realmente Verdade! Desenterraram uma criança que já estava mais que morta há quase dois dias, porque um estúpido de um pastor falou para a família que tinha tido visão de que ela estava viva! Só para enterra-la de novo!”

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.