Sensibilizado pela pandemia, cantor leva idosos gratuitamente para postos de vacinação com seu carro

Uma bela história de empatia circulou nas redes e chamou a atenção dos internautas nesta manhã de terça-feira (16). O cantor Orlando Bendelack de Oliveira, de 34 anos, deu uma aula de empatia após organizar caronas voluntárias para levar idosos dos bairros Guaratiba, Recreio e Campo Grande, no Rio de Janeiro, para os locais de vacinação.

Orlando afirmou que esteve preocupado sobre as dificuldades que os idosos da área onde ele mora teriam para receber a dose da vacina. Assim, ele resolveu ajuda-los com caronas de carro até os locais de vacinação.

Assim, o cantor que é conhecido como Dinho Bendelack, publicou ação filantrópica nas redes sociais e ganhou grande engajamento. O homem comentou sobre o sucesso da postagem e afirmou que tem relação com o momento difícil que estamos passando.

“Acredito que a viralização é o resultado da necessidade de acreditar em dias melhores, porque boas ações e o sorriso de um “vovozinho” podem nos trazer a esperança que muitas vezes está perdida”, afirmou.

Atualmente desempregado, o cantor complementa a renda como motorista de aplicativo. Porém, com a vinda da pandemia, Dinho se viu em uma situação complicada e com seu poder aquisitivo significativamente reduzido. Mesmo assim, o senso de empatia de Orlando apenas aumentou neste momento de dificuldade.

“Eu me reinventei, estou trabalhando com pipas. Tenho saúde para correr atrás. Meus pais são idosos e podem contar comigo, mas penso nos idosos que não têm as mesmas condições. Corta o coração vê-los sozinhos no mercado, nas ruas; eles podem pegar o coronavírus e morrer”, contou.

Uma das beneficiadas com as caronas de Dinho foi Maria Rizalva Silva de Aquino, de 89 anos, que é cadeirante e é portadora da doença de Alzheimer em estágio avançado. A filha de dona Maria, Sandra Lourenço, afirmou que a ajuda é muito bem vinda e em um momento oportuno, uma vez que é muito difícil locomover a mãe pela cidade devido à cadeira de rodas.

“Achei linda a atitude do Dinho. Tenho que agradecer muito a Deus e a ele, porque até na própria família pessoas com carro não tiveram essa disponibilidade.”, afirmou Sandra.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Santa Inês: Médico é flagrado levando paciente em cadeira de rodas após receber alta e dá exemplo de empatia

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de segunda-feira (1). Um médico foi flagrado conduzindo uma paciente em sua cadeira de rodas na saída de um hospital na cidade de Santa Inês (BA), no vale do Jiquiriça.

Não há informações ao certo do dia nem a hora que as fotos foram tiradas, mas, as fotos viralizaram e o médico virou um exemplo de como tratar os pacientes com carinho e empatia.

Nas fotos, o médico identificado como doutor Eusmar, aparece guiando uma paciente de cadeira de rodas para a parte de fora do hospital por conta própria. Além disso, o médico ajuda a senhora a entrar no carro da família, que a levaria para casa após receber alta.

As fotos chamaram a atenção dos internautas pelo carinho e empatia do médico. A senhora das fotos ainda não identificada.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Após viralizar na internet, Paciente com Síndrome de Down que recebia oxigênio nos braços do enfermeiro consegue transferência

Uma notícia tomou as manchetes dos jornais nesta manhã de quarta-feira (27). Uma foto de um enfermeiro que abraçou e deu oxigênio a um paciente com síndrome de Down comoveu internautas de todo país. O profissional tentava tranquilizar o paciente que havia sido diagnosticado com Covid-19 e estava com medo de utilizar o equipamento para respirar.

O caso aconteceu na sexta-feira (23), em um hospital na cidade de Caapiranga, a 134 Km de Manaus. De acordo com a irmã do paciente, identificado como Emerson Junior Loureiro, de 30 anos, estava em tratamento para Covid no Local.

Ainda segundo ela, Emerson estava com medo de utilizar a máscara de oxigênio. “Meu irmão não queria deixar colocar a máscara para receber oxigênio pois se sente incomodado. Eu tinha acabado de sair de perto dele e o enfermeiro me disse: ‘deixa que eu faço, deixa que eu cuido’. Foi quando ele abraçou o meu irmão e, só por meio desse gesto, que ele se sentiu seguro. Foi muito bom”, contou ao jornal G1.

O enfermeiro Raimundo Nogueira falou com a equipe reportagem sobre o belo gesto e contou que usou o abraço para ganhar a confiança do paciente.

“Como ele não entende, pois é um paciente especial e eu cheguei próximo dele, dei um abraço, e eu consegui ofertar oxigênio. Assim, ele percebeu que aquele oxigênio fazia parte do tratamento sim, pois até melhorou a respiração dele”, disse.

Assim, após a comoção gerada pela foto, o homem conseguiu a transferência para uma um leito de UTI em Manaus.

Apesar da boa notícia, a cidade ainda vive colapso do sistema de saúde e há escassez de insumos e leitos de UTI para atender os pacientes. A cidade vive um novo surto de Covid e o estoque de oxigênio ainda é pequeno.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Artista de rua estava trocando seus artesanatos por fraudas e leite para seu filho e recebe ajuda surpreendente

Uma bela história circulou nas redes nesta manhã de sexta-feira (22). Todos sabemos como uma criança pode mudar nossa vida de cabeça para baixo. Noites de sono, saídas de lazer e até o próprio trabalho nunca mais serão o mesmo com a chegada de uma criança. Muitas pessoas se veem em uma situação difícil após ter um filho. Custos de alimentação, frauda, médico, remédios são acrescidos no orçamento da família e nem sempre cabem no bolso das pessoas.

Assim, isso foi o que aconteceu com o jovem protagonista desta história. Carlos e sua esposa trabalhavam vendendo artesanato na cidade de Oaxaca, no México. Dessa forma, após a chegada de mais uma vida na família, no final do ano passado, as coisas complicaram um pouco mais.

Com a vinda da criança em um contexto tão complicado como o da pandemia de coronavírus, os pais da criança se viram sem opção a não ser buscar ajuda nas ruas. Assim, sem muitas vendas, uma vez que seus clientes eram, em grande parte, turistas, o casal foi para ruas e oferecia sua mercadoria em troca de fraudas, leite e roupas para o seu bebê. “Não pediam caridade alguma, querem apenas vender seus produtos”, informava a legenda da foto.

Em pouco tempo, o casal viralizou na rede pela simplicidade de seu pedido. Assim, centenas de pessoas, sensibilizadas com a situação do casal, resolveram ajudar e compartilhar a publicação.

Assim, o casal conseguiu a simpatia de diversas pessoas e a ajuda chegou. Tantas mercadorias foram trocadas pelos artesanatos e doadas que o casal precisou de um caminhão para transportar tudo.

“É bom ver que, como povo, somos solidários”, escreveu um homem no grupo do Facebook.

Segundo a mídia local, o casal recebeu pacotes de fraldas, leite em pó e todo tipo de comida, além de roupas e cobertores. Além disso, receberam uma cadeira de balanço e um carrinho para transportar a criança.

Quando usadas para o bem, as redes sociais podem mudar a vida das pessoas para melhor, como aconteceu com Carlos e diversas outras pessoas.

Da redação Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.