Juazeiro: Casal coloca geladeira com alimentos na frente de casa para ajudar necessitados: ‘Quem tem, põe. Quem não tem, tira’

Uma linda história chamou a atenção dos internautas baianos nesta manhã de sábado (3). Um casal de Juazeiro, no Norte da Bahia, deu um show de empatia na cidade com a criação da “geladeira solidária”. O equipamento fica na porta da casa deles com alimentos para ajudar as pessoas necessitadas.

O casal, morador do bairro São Geraldo, é formado pela professora Juci Souza, que teve a ideia de fazer a geladeira, e seu marido Edvan Souza.

O projeto funciona como um armazém solidário, em que pessoas com maiores condições financeiras deixam alimentos dentro da geladeira para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Assim, os necessitados chegam e pegam o que precisam para se alimentar.

“Eu vi alguém fazendo e encheu meu coração de alegria. E replicamos aqui. Quem tem, põe. Quem não tem, tira”, afirmou.

“Alguém me perguntou se tinha alguém precisando de geladeira. Eu disse que tenho um projeto que vi alguém fazendo e ele nos doou”, afirmou a professora, que teve a geladeira doada por um colaborador.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Após se sensibilizar, Wesley Safadão doa casa mobiliada à família carente no interior nordestino: “Ficamos tocados”

Uma bela história chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sexta-feira (19). O cantor cearense Wesley Safadão e a esposa, Thyane Dantas, deram exemplo de empatia esta semana ao compartilhar em suas redes sociais um momento de solidariedade com uma família carente de Aracoiaba, no interior do Ceará, ao presenteá-los com uma casa mobiliada.

A história começou quando o casal conheceu a Dona Mimi em 2020, a mãe da família, quando faziam doações de cestas básicas na região. O cantor se emocionou ao ver a situação que a família vivia e decidiu ajuda-los.

A casa foi entregue por ações da ONG W Solidário, um projeto social criado por Wesley, que tem ajudado diversas famílias em situação de vulnerabilidade.

O cantor relatou sobre a vida da família antes da doação e como isso o sensibilizou: “Ficamos tocados, porque aqui era a antiga casa da Dona Mimi e aqui ao lado é a nova casa. Acho que a palavra certa para hoje aqui é dignidade. Um pouco mais de dignidade para a Dona Mimi e seus dois filhos”

Além da casa, Wesley Safadão e sua esposa também presentearam a senhora com os móveis e eletrodomésticos que a família precisava.

Wesley aproveitou a situação para falar sobre empatia em momentos difíceis e a importância de ajudar o próximo. “Criamos o W Solidário com o intuito de receber, organizar e executar ações transformadoras, tudo aquilo que preenche o coração e nos faz acreditar em dias de sol. Se esse vídeo por acaso tenha te tocado, lembre-se que todos nós temos o poder de fazer a vida de alguém melhor, seja através do auxílio com recursos ou uma simples palavra amiga”, afirmou o cantor.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Sensibilizado pela pandemia, cantor leva idosos gratuitamente para postos de vacinação com seu carro

Uma bela história de empatia circulou nas redes e chamou a atenção dos internautas nesta manhã de terça-feira (16). O cantor Orlando Bendelack de Oliveira, de 34 anos, deu uma aula de empatia após organizar caronas voluntárias para levar idosos dos bairros Guaratiba, Recreio e Campo Grande, no Rio de Janeiro, para os locais de vacinação.

Orlando afirmou que esteve preocupado sobre as dificuldades que os idosos da área onde ele mora teriam para receber a dose da vacina. Assim, ele resolveu ajuda-los com caronas de carro até os locais de vacinação.

Assim, o cantor que é conhecido como Dinho Bendelack, publicou ação filantrópica nas redes sociais e ganhou grande engajamento. O homem comentou sobre o sucesso da postagem e afirmou que tem relação com o momento difícil que estamos passando.

“Acredito que a viralização é o resultado da necessidade de acreditar em dias melhores, porque boas ações e o sorriso de um “vovozinho” podem nos trazer a esperança que muitas vezes está perdida”, afirmou.

Atualmente desempregado, o cantor complementa a renda como motorista de aplicativo. Porém, com a vinda da pandemia, Dinho se viu em uma situação complicada e com seu poder aquisitivo significativamente reduzido. Mesmo assim, o senso de empatia de Orlando apenas aumentou neste momento de dificuldade.

“Eu me reinventei, estou trabalhando com pipas. Tenho saúde para correr atrás. Meus pais são idosos e podem contar comigo, mas penso nos idosos que não têm as mesmas condições. Corta o coração vê-los sozinhos no mercado, nas ruas; eles podem pegar o coronavírus e morrer”, contou.

Uma das beneficiadas com as caronas de Dinho foi Maria Rizalva Silva de Aquino, de 89 anos, que é cadeirante e é portadora da doença de Alzheimer em estágio avançado. A filha de dona Maria, Sandra Lourenço, afirmou que a ajuda é muito bem vinda e em um momento oportuno, uma vez que é muito difícil locomover a mãe pela cidade devido à cadeira de rodas.

“Achei linda a atitude do Dinho. Tenho que agradecer muito a Deus e a ele, porque até na própria família pessoas com carro não tiveram essa disponibilidade.”, afirmou Sandra.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Santa Inês: Médico é flagrado levando paciente em cadeira de rodas após receber alta e dá exemplo de empatia

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de segunda-feira (1). Um médico foi flagrado conduzindo uma paciente em sua cadeira de rodas na saída de um hospital na cidade de Santa Inês (BA), no vale do Jiquiriça.

Não há informações ao certo do dia nem a hora que as fotos foram tiradas, mas, as fotos viralizaram e o médico virou um exemplo de como tratar os pacientes com carinho e empatia.

Nas fotos, o médico identificado como doutor Eusmar, aparece guiando uma paciente de cadeira de rodas para a parte de fora do hospital por conta própria. Além disso, o médico ajuda a senhora a entrar no carro da família, que a levaria para casa após receber alta.

As fotos chamaram a atenção dos internautas pelo carinho e empatia do médico. A senhora das fotos ainda não identificada.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.