Eduardo Paes sugere proibir venda da cerveja de litrão para não vacinados no Rio

Inspirado na decisão de Quebec, a segunda província mais populosa do Canadá, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, diz pensar em proibir o litrão de cerveja para os não vacinados.

Quebec restringiu a venda de álcool e maconha aos não vacinados e viu a procura por vacina aumentar em 400%. Inspirado na atitude do país, Paes sugeriu a restrição, mas para a cerveja. A maconha é legalizada no Canadá para fins recreativos desde 2018.

“Pensando em pegar esse bonde e proibir o Litrão(uma gelada) pra eles aqui no Rio! 🙄🙄🙃🙃🧐🧐”, escreveu ele nas redes sociais.

O prefeito realizou uma live na manhã de hoje (12) para destacar uma reportagem do GLOBO que revela que 90% dos internados por COVID-19 estão sem o esquema vacinal completo.

“Essa live é para chamar atenção. A gente vê essa manchete do GLOBO com dados aqui do Rio e eu não consigo entender a pessoa que não se vacina, que não toma a dose de reforço. Se não for por amor próprio, e nós te amamos, queremos você vivo, por favor, nos poupe de ter a rede de saúde (sobrecarregada), que já está há dois anos sofrendo. Estávamos voltando à normalidade, e temos que voltar a internar por Covid-19”, disse.

Ele também apontou a vacina como sinônimo de liberdade.

“Quero me meter na sua vida porque eu quero que você viva. Pode não votar em mim, não gostar de mim, problema seu. Mas eu quero que você viva. A vacina é liberdade, é o que permite a gente girar normalmente. Qualquer restrição depois desse tempo todo é muito difícil. A gente está chegando num momento delicado, mas que pode ser um ponto de virada”.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Após foto de Bolsonaro em ponto de ônibus no Rio, Paes ironiza: “Vou cancelar todos os ônibus por lá!”

Em uma foto do presidente Bolsonaro (PL) em um ponto de ônibus na cidade do Rio de Janeiro, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, comentou em tom de brincadeira que cancelaria todos os ônibus naquele ponto.

Bolsonaro foi registrado pelo seu assessor especial, o Max Guilherme, no Aterro do Flamengo, quando o presidente participou de cerimônia da Marinha na capital fluminense.

O comentário de Paes veio depois de um internauta publicar a foto e escrever a seguinte legenda: “Presidente esperando um ônibus no Rio, registrando pessoalmente o drama que os cariocas enfrentam com esse prefeito incompetente”.

Assim que viu a publicação, o prefeito comentou: “Porra! Me diz onde é! Vou cancelar todos os ônibus por lá! 🤣🤣🤣😘😘😘😘”

Essa não é a primeira vez que Paes alfineta Bolsonaro. Em entrevista ao Metrópoles, ele afirmou que o único palanque em 2022 que ele não subirá é o do presidente Bolsonaro, pois considera que a reeleição do presidente não é boa para o país e que o brasileiro um dia olhará para trás e se surpreenderá de um dia ter elegido uma pessoa como Bolsonaro.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.