Bolsonaro, o filho e um ministro acabam multados pelo governo após participarem de manifestação em São Paulo

Um caso inusitado tomou as manchetes deste sábado (12). Dessa vez, o presidente Jair Messias Bolsonaro, um filho dele e um ministro do governo dele acabaram sendo multados pelo governo estadual de São Paulo.

Após participar de uma manifestação, um grande passeio de moto com apoiadores, o presidente Jair Bolsonaro, o filho dele, Eduardo Bolsonaro, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, acabaram multados pelo governo de São Paulo. O motivo? Eles não estariam usando máscara durante a manifestação, que reuniu muitas pessoas.

Um fato que se destacou é que João Dória (PSDB), governador de SP, tem se posicionado fortemente como um opositor do presidente. Em nota, o governo afirmou que a multa ocorreu por:

“equipes da Saúde e Segurança Pública flagrarem o político sem máscara durante uma manifestação na capital. O valor da autuação é de R$ 552,71[…]O deputado federal Eduardo Bolsonaro e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, também recebem autuações no valor de R$ 552,71, para cada, devido ao não uso de máscaras” Mas não termina aí.

São Paulo adotou o uso obrigatório de máscaras desde maio do ano passado. Contudo, o presidente costuma participar de eventos públicos sem a proteção e até já foi multado por isso. No Maranhão, por exemplo, ele recebeu uma multa pelo mesmo motivo. Várias outras pessoas já foram multadas pelo mesmo motivo em São PauloSegundo dados do Estado, “de 1º de julho de 2020 a 31 de maio de 2021, 312.444 inspeções e 7.340 autuações por diversas infrações às normas de prevenção da COVID-19.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Mesmo já tendo sido provado não ser eficaz contra covid-19, Eduardo Bolsonaro afirma: “Genocida é quem proíbe o tratamento precoce”

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sábado (20). O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) fez uma publicação polêmica nas suas redes sociais nesta sexta-feira (19/3). O terceiro filho do presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o “tratamento precoce” nas redes mesmo depois dos inúmeros artigos científicos provando sua ineficácia.

“Desconheço doença para a qual tratamento precoce seja pior do que tratamento com a doença em estágio mais avançado”, escreveu no Twitter.

Os medicamentos citados por Eduardo envolvem medicamentos como a cloroquina e a ivermectina, cujo estudos científicos comprovaram sua ineficácia e que a própria fabricante declarou que não tem indicação para a doença.

Eduardo parte em defesa do seu pai que vem sido chamado de “Genocida” pela oposição. “Aqueles que proíbem o tratamento precoce de Covid são os verdadeiros genocidas”, afirma.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Após fazer campanha contra vacina durante meses, Eduardo Bolsonaro posta imagem de Zé Gotinha com “fuzil de vacina” e celebra vacinação

Uma história inusitada chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sábado (12). O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), fez uma publicação contraditória em suas redes sociais na sexta-feira (12).

Eduardo publicou a polemica imagem do Zé Gotinha, mascote da vacinação brasileira, segurando um fuzil e usando uma capa de super herói feita com a bandeira do Brasil.

Na legenda, Eduardo Bolsonaro utilizou a frase de efeito “Nossa arma é a vacina”.

Tanto Eduardo quanto seus irmãos e o próprio Jair Bolsonaro mudaram drasticamente sua relação com a vacina no país. Após meses de duras críticas e incentivos contra a vacinação, a família Bolsonaro parece finalmente se render ao imunizante e adotar o calendário vacinal como pauta do governo.

Assim, após a publicação, o termo “zé gotinha” foi um dos mais comentados no twitter no dia de ontem (12). Muitos internautas criticaram o político e o chamaram de “hipócrita”.

Da redação Acontece na Bahia.

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Deputado Eduardo Bolsonaro rebate críticas e manda ”enfiarem a máscara no rabo”

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quinta-feira (11). O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), perdeu a paciência com comentários de internautas que cobraram dele o uso da máscara. Em viagem oficial a Israel, Eduardo Bolsonaro mandou as pessoas” enfiarem a máscara no rabo”. 

“Então onde há tecnologia, o mundo inteiro está proativamente se deslocando. Eu acho uma pena que essa imprensa mequetrefe que a gente tem aqui no Brasil fique dando conta de cobrir apenas a máscara. ‘Ah, a máscara, está sem máscara, está com máscara’. Enfia no rabo gente, porra! A gente está lá trabalhando, ralando. Sabe o que é pegar aqui… ‘Ai voou, foi pra Israel’. Chegamos em Israel cinco horas a mais que no Brasil, voo de três escalas. Chega lá você nem toma banho, às vezes, vai direto para os compromissos”, comentou Eduardo. 

Eduardo aproveitou a oportunidade e se mostrou contrário às medidas de isolamento social adotadas por muitos gestores e afirmou que o lockdown não produz resultado em nenhum lugar do mundo. 

Da redação do Acontece na Bahia  

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.