Campanha eleitoral de Carlos Bolsonaro teria recebido doações de beneficiários do auxílio emergencial; O vereador nega irregularidades

Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro ganhou destaque neste domingo (21). Isso porque foi descoberto que durante a campanha eleitoral do político, ele teria recebido 63 doações de pessoas beneficiadas com o auxílio emergencial.

Segundo informações dadas pelo Jornal Folha de São Paulo, esse beneficiários teriam doado valores entre R$1,00 a R$500 , o que totalizou  cerca de R$2.836,00. A campanha eleitoral de Carlos Bolsonaro custou cerca de R$110mil.

Em defesa, a equipe do vereador afirmou ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro que não teriam como saber quais doadores eram beneficiários do auxílio.

Em suas redes sociais, Carlos Bolsonaro publicou:
“Muitos outros foram notificados pelo mesmo motivo, mas (x) blogueir(x) literalmente garganta profunda somente me cita. Esclarecido que as doações, totalizando cerca de R$ 5 mil, muitas de R$ 1 e R$ 5, feitas para plataforma on-line, sendo impossível saber quem e porque fizeram! Defesa feita e acatada pelo TRE!. Vereadores do piçóu, DEM e muitos outros passaram por tal situação! Pronto! Mais um dia da semana me difamando, mesmo que a justiça eleitoral tenha me dado ganho de causa! E que imbecil faria maracutaia com tudo declarado? Meu Deus! Próxima difamação!”.

O vereador foi eleito no Rio com 71.000 votos, quantidade bem abaixa do que a da eleição de 2016, que ele recebeu 106. 657 votos.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.