“A gente perdeu um pra salvar outros”, diz mãe de criança morta por bala perdida ao autorizar doação de órgãos

Uma boa notícia em meio a uma tragédia se tornou assunto neste domingo (25). Isso, porque Thais da Silva, mãe do menino Kaio Guilherme da Silva Baraúna, decidiu doar os órgãos do filho.

O menino Kaio Guilherme morreu neste sábado (24) após ficar oito dias internado no Hospital Municipal Pedro II, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Assim que teve a morte cerebral confirmada pela equipe medica, a mãe, Thais da Silva, decidiu entregar os órgãos do garoto para doação.

“Nós autorizamos a doação de órgãos. É uma maneira de a gente sentir ele um pouco vivo. Talvez tenha sido esse propósito de Deus a gente perdeu um pra salvar outros”, disse Thais.

O menino foi baleado na noite do dia 17 deste mês em uma confraternização nas escolas onde estudava na Vila Aliança, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Luto nas redes sociais

Nas redes sociais, amigos e familiares prestaram solidariedade e apoio para a família. A mãe declarou luto após confirmada a morte do filho.

“É com muita dor que comunico que meu filho descansou. Ele lutou muito”, disse a mãe, que declarou luto nas redes sociais.

“Sinto muitíssimo pela sua perda! Não há palavras nesse momento que console, contudo continuarei orando para que Deus cuide de você e traga o conforto que só Ele pode dar nesse momento! meus pêsames!”, disse uma conhecida da família.

Sonho interrompido

Thais afirmou ainda, que após perder seu filho, ficará na memória todas as lembranças

da criança inteligente e amável que Kaio Guilherme era. Kaio tinha o sonho de ser jogador de futebol.

“Era uma criança muito alegre. Gostava muito de brincar, muito comunicativo, tinha essa paixão pelo futebol. Era o sonho dele ser jogador. E assim era amável, inteligente, na escola todo mundo conhecia, todos os funcionários. Então, era assim. Uma criança muito especial pra gente”, afirmou Thais.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Amigos se recusam a doar R$ 7 mil para cerimônia de casamento e noiva se revolta: ‘’fui traída e destruída’’

Uma notícia inusitada tem circulado pelas redes sociais nesta sexta-feira (23). A noiva Suzan, britânica, foi destaque nas redes sociais depois de um caso bem inusitado. A mulher anunciou o cancelamento da cerimônia de casamento após a recusa de doação de valor em dinheiro por parte de seus amigos próximos. O dinheiro, segundo a noiva, tinha o objetivo de bancar com as despesas da festa. De acordo com o jornal The Sun, a noiva não tinha o objetivo de ficar com o dinheiro, mas pagar as despesas decorrentes do evento. Suzan pediu mil libras de cada amigo, o que equivale a R$ 7,6 mil em moeda nacional.

Por meio do Facebook, Suzan escreveu uma postagem que demonstra toda sua indignação com os amigos que não fizeram a doação. “Eu estou exausta. Meu coração não é mais o mesmo. Virou uma pedra de gelo. Fragmentado. Vazio. Eu preciso me afastar dessa sociedade horrível. O quão difícil seria vocês doarem, amigos? Só me deem a porr* do dinheiro para o meu casamento. Não vou disfarçar e não vou fingir que não é o que eu queria. Era para um sonho. Fui esfaqueada pelas costas, fui traída e destruída”,desabafou.

Os amigos e convidados da noiva se manifestaram em relação ao post de Suzan divulgado nas redes sociais. “Eu não tenho palavras. Você está maluca, Susan”, comentou uma amiga. “O que aconteceu com você? Quem espera que doem essa quantidade de dinheiro?”, escreveu outra pessoa.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Caravelas: Peixes apreendidos de pescadores ilegais são doados para famílias carentes e entidades sociais; quase meia tonelada de peixe foi doada

Uma boa notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quarta-feira (7). Mais de 400 quilos de peixes foram doados através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania para cerca de 70 famílias carentes. Os candidatos foram escolhidos baseado no cadastro do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social). Moradores dos bairros amor Alcântara, Ramal, Ponta de Areia e São Judas Tadeu foram beneficiados.

Além disso, uma parte dos peixes foi doada para o Lar dos Idosos Santo Antônio, Hospital Municipal de Caravelas e duas igrejas evangélicas, uma em Caravelas e outra em Ponta de Areia.

Os peixes doados foram apreendidos de pescadores ilegais no Parque Nacional dos Abrolhos. Assim, após a prisão, o pescado foi encaminhado para Secretaria de Assistência Social que encaminhou o material para doação.

De acordo com a Secretária de Assistência Social e Cidadania, Ayna de Souza, “a distribuição seguiu critérios objetivos para auxiliar as famílias e instituições públicas, com relevantes serviços sociais”.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Após se sensibilizar, Wesley Safadão doa casa mobiliada à família carente no interior nordestino: “Ficamos tocados”

Uma bela história chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sexta-feira (19). O cantor cearense Wesley Safadão e a esposa, Thyane Dantas, deram exemplo de empatia esta semana ao compartilhar em suas redes sociais um momento de solidariedade com uma família carente de Aracoiaba, no interior do Ceará, ao presenteá-los com uma casa mobiliada.

A história começou quando o casal conheceu a Dona Mimi em 2020, a mãe da família, quando faziam doações de cestas básicas na região. O cantor se emocionou ao ver a situação que a família vivia e decidiu ajuda-los.

A casa foi entregue por ações da ONG W Solidário, um projeto social criado por Wesley, que tem ajudado diversas famílias em situação de vulnerabilidade.

O cantor relatou sobre a vida da família antes da doação e como isso o sensibilizou: “Ficamos tocados, porque aqui era a antiga casa da Dona Mimi e aqui ao lado é a nova casa. Acho que a palavra certa para hoje aqui é dignidade. Um pouco mais de dignidade para a Dona Mimi e seus dois filhos”

Além da casa, Wesley Safadão e sua esposa também presentearam a senhora com os móveis e eletrodomésticos que a família precisava.

Wesley aproveitou a situação para falar sobre empatia em momentos difíceis e a importância de ajudar o próximo. “Criamos o W Solidário com o intuito de receber, organizar e executar ações transformadoras, tudo aquilo que preenche o coração e nos faz acreditar em dias de sol. Se esse vídeo por acaso tenha te tocado, lembre-se que todos nós temos o poder de fazer a vida de alguém melhor, seja através do auxílio com recursos ou uma simples palavra amiga”, afirmou o cantor.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.