Feira de Santana: Homem é assassinado após serem disparados mais 100 tiros contra sua residência

Uma noticia chocante tem sido destaque nesta quinta-feira (20). Isso, porque um homem foi morto após sua casa ser alvejada por cerca de 100 disparos de arma de fogo.

O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (20), por volta das 4h, na rua Ipanema, Conjunto Planolar, distrito de Humildes, em Feira de Santana, onde, um homem morreu após realização de mais de 100 disparos de arma de fogo. O delegado Luís Smyslov informou ao portal “Acorda Cidade”, que o local não possui câmeras de monitoramento e afirmou que possivelmente mais de uma pessoa tenha praticado o crime.

“A polícia esteve no local do crime ao fazer o levantamento cadavérico e nas investigações preliminares, nós percebemos que o local não tem câmeras de monitoramento. Fica próximo da BR-101 e provavelmente foi mais de um executor, no mínimo dois ou três, com vários disparos contra a vítima”, afirmou.

De acordo com o delegado, cerca de 100 disparos foram efetuados contra a vítima, mas apesar da grande quantidade, a maioria não o atingiu. O homem foi ferido no ombro, mão e cabeça.

“Foram muitos disparos, seria algo em torno de 100, mas a vítima não foi atingida com todos esses disparos, acreditamos que eles começaram a disparar do lado de fora da residência e nem todos os disparos pegaram na vítima. O rapaz, possivelmente estava se defendendo, se escondendo dos disparos, já que eles estavam do lado de fora da casa”, afirmou.

Ainda segundo o delegado, os autores do crime, não conseguiram arrombar a porta principal e utilizaram uma cetera para ter acesso as dependências da residência.

“Eles tentaram arrombar a porta, mas estava fechada, a proteção era grande, então eles conseguiram ter acesso por uma cetera, adentram a residência e executaram o rapaz. Observamos que o local não tinha muitos objetos, então o objetivo era mesmo a execução. Ainda é cedo para identificar a motivação, mas estamos verificando todas as situações, mas aquela região, o local que ele morreu é conhecido como ponto de vendas de drogas e junto com ele, encontramos também uma balança de precisão e drogas”, concluiu.

O delegado Luís Smyslov Felgueiras efetuou o levantamento cadavérico juntamente com policiais civis peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O corpo foi encaminhado ao DPT para ser necropsiado

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.