Mulher que descobriu ter doença crônica de sono, desmaia toda vez que dá risada

Uma história pouco comum chamou a atenção de vários internautas nesta semana.  Isso porque uma mulher sofre de uma doença que coloca sua vida em risco a todo momento. Uma situação comum para boa parte das pessoas, para ela é caso de alerta.

A britânica, Bella Kilmartin, de 24 anos, foi diagnosticada com narcolepsia e cataplexia,o que traz diversos transtornos em seu cotidiano.

Para entender melhor, a matéria do R7, informou que situações que pareciam ser ‘normais’, se tornaram algo bastante preocupante. Pois quando Bella era adolescente ela dormia durante as aulas na escola, até então, tudo bem. Entretanto, após dois anos vivenciando essa mesma situação, ela começou  a pensar que isso deveria ser resultados de estresses diários. Mas depois de passar por uma consulta médica, ela descobriu que tinha narcolepsia, ou seja, um problema crônico do sono.

E isso ainda não é tudo, ela descobriu depois que tinha cataplexia, ou seja, toda vez que ela tem uma emoção muito forte, ela sente uma fraqueza por todo o seu corpo, com que faz ela desmaiar. No caso específico da Bella, o seu ponto fraco é a risada.

Uma das situações, que ficaram gravadas na memória da britânica, foi o dia que ela quase morreu afogada, pois ao rir enquanto tomava banho na piscina, ela simplesmente desmaiou.

“Ocorre quando é algo que eu não esperava ser engraçado. É mais do que uma risadinha, é repentino, quando eu não esperava achar engraçado”,  explicou Bella, em uma entrevista para Daily Mail.

“Eu perco o controle de todos os meus músculos e eles enfraquecem. Meus joelhos ficam moles, minha cabeça cai e, apesar de estar totalmente consciente, atenta e capaz de ouvir tudo o que está acontecendo, simplesmente não consigo mover meu corpo” acrescentou.

“Muitas vezes eu derramei uma xícara de chá quente em mim, mas não conseguia mover meus braços ou qualquer coisa para impedir que o chá se espalhasse. Não posso controlar onde isso acontece, é bastante assustador” detalhou.

“Eu fico bem quando estou perto de pessoas com quem me sinto confortável e que sabem como reagir, mas se eu estiver em algum lugar onde as pessoas não sabem o que fazer, isso me dá ansiedade, pois tenho medo de cair”, Concluiu. 

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.