Fazendeira sai durante a noite para olhar plantação e acaba comida por cobra píton

Uma notícia assustadora chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quarta-feira (21). Uma mulher tida como desaparecida foi encontrada dias dentro de uma cobra píton. O caso aconteceu na Indonésia, na ilha de muna, e a mulher foi identificada como Wa Tiba, de 54 anos.

A fazendeira decidiu, na noite da última quinta-feira (15) ir até sua plantação de milho afim de vistoriar o local, uma vez que javalis estavam invadindo a propriedade.

Porém, a mulher não voltou e sua família preocupada foi em sua busca na manhã seguinte. No entanto, eles encontraram apenas um par de chinelos, uma lanterna e um facão.

A região tem penhascos e cavernas ao seu redor, local propício para cobras píton, típicas da região.

Assim, mais de 100 pessoas se voluntariam para realizar as buscas. Pouco tempo depois, eles encontraram uma cobra píton com a barriga extremamente inchada. Nesse contexto, os moradores mataram a cobra e, ao abri-la, encontraram o corpo de Wa Tiba com a mesma roupa que tinha saído de casa na noite anterior.

As informações foram apuradas pelo Metro World News.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Jovem blogueira de 27 anos está desaparecida em Salvador e mãe faz apelo em rede nacional: “Entregue minha filha”

Uma notícia muito triste está sendo destaque nesta segunda-feira (22). Uma jovem e blogueira de 27 anos, a Ana Gabriela, há uma semana está desaparecida em Salvador.

Com base nos relatos da mãe, na última segunda-feira (15) pela manhã, foi a última vez que ela e a jovem se falaram. Na terça-feira, dia em que Ana Gabriela fazia aniversário, a mãe não conseguiu mais conversar com ela pois o telefone já estava desligado. A partir daí a mãe começou a ficar preocupada porque a jovem não costuma ficar muito tempo sem avisar sobre onde está.

Segundo informações, existe uma denuncia anônima em que afirma a morte da jovem, na qual teria sido executada por bandidos e enterrada em uma área de vegetação em Cajazeiras 4. Policiais fizeram buscas e não encontraram o corpo. A mãe de Ana Gabriela não acredita que a menina esteja morta, mas caso esteja, apela pela devolução do corpo para que ela entregue um enterro digno a filha.

Hoje, no jornal Balanço Geral, a mãe fez um apelo:
“Entregue minha filha, eu preciso da minha filha, eu não sei o que fazer mais. Eu estou na base do remédio, minha família está toda triste. Me dê minha filha, se não derem minha filha viva, me dê o corpo para eu enterrar”.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Jovem de 26 anos está desaparecida há 9 dias após uma discussão no celular: “Montou na bicicleta e foi. Não a vi mais”

Uma notícia triste continua sendo destaque neste domingo (14). A jovem Yasmin Stefany Conceição da Silva, de 26 anos, está desaparecida desde o dia 4 de fevereiro após uma discussão no telefone em Praia Grande, São Paulo.

As informações que se tem são do relato da mãe da jovem, Sandra Maria da Conceição, dadas ao portal de notícias do G1. Segundo ela, a filha mora com uma amiga em Vila Atlântica, mas no dia do desaparecimento estava em sua casa. Yasmin estava dormindo na sala com a filha pequena, quando recebeu uma ligação por volta das 22h.

A mãe diz:

“Cheguei tarde do trabalho e encontrei ela dormindo. Tomei um banho e, como estava muito quente, sentei lá fora para me refrescar”.

Pouco tempo depois Yasmin recebeu a ligação:
“Ela começou a discutir com alguém ao telefone, estava muito brava. Eu não consegui ouvir nada da conversa, mas a filha dela também percebeu que Yasmin estava muito irritada”

Depois que a ligação acabou, Yasmin saiu de casa as pressas:
“Passou com pressa por mim, com o bebê no colo e o celular na cintura. Montou na bicicleta e foi. Não a vi mais”, conta a mãe da jovem.

No dia seguinte, Sandra soube que Yasmin passou na casa da ex-sogra, deixou a bebê e saiu. A amiga com quem Yasmin mora também a avisou que a jovem não dormiu em casa. Depois de saber disso, toda a família e amigos da jovem fizeram buscas por ela. Todos procuraram nos hospitais da cidade, assim como delegacias e IML, mas não encontraram nenhuma pista.

O caso está sendo investigado pela delegacia da cidade de Praia Grande e as buscas pela polícia já foram iniciadas.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Garota de 9 anos enterrada no quintal de casa foi morta por questionar o sumiço da mãe

A triste notícia que chocou a internet nas ultimas semanas ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (10). A garota de apenas 9 anos encontrada enterrada no quintal de casa em Pompeia, São Paulo, junto com a mãe, foi morta por perguntar várias vezes sobre a ausência da mãe.

O suspeito do crime, Fabrício Buim Arena Belinato, de 36 anos, foi preso na ultima segunda feira enquanto trabalhava. Para a polícia, Fabrício explicou como matou as duas vítimas: A mulher, Cristiane Pedroso, de 34 anos, foi morta com um golpe de faca após uma briga entre os dois. Em seguida, após questionar sobre o sumiço da mãe, a garota foi morta por ele asfixiada com a mão. Fabrício era marido de Cristiane e padrasto da menina.

No dia 2 de fevereiro, após vários dias desaparecidas, a polícia encontrou no quintal de uma casa, enterradas abaixo de um piso de concreto, o corpo da mãe e da filha. Até aquele momento, Fabrício era apenas suspeito e outra filha de Cristiane, uma adolescente de 16 anos também era suspeita de participação no crime e de ter um relacionamento com o homem. Nesta semana, ele confirmou a autoridade do crime.

Assim, além de responder por duplo homicídio e ocultação de cadáver, o homem também responderá por estupro de vulnerável, pois há anos abusa sexualmente da adolescente. Vale lembrar que a justiça considera estupro de vulnerável, independente de consentimento, quando um adulto se relaciona com um adolescente de 14 anos ou menos. A partir dos 15 ou 16 anos, se o réu quiser provar que era consentida as relações, será necessário que a garota passe por exames psicológicos para avaliar a capacidade dela separar o que é abuso e o que é consentimento.

Apesar de negar a participação no crime, a polícia acredita que a adolescente tenha dado cobertura e ajuda para enterrar os corpos da mãe e da irmã.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.