Câmara dos Deputados pede ao Supremo a prisão do apresentador Danilo Gentili após publicação polêmica nas redes sociais

Uma notícia está chamando a atenção do povo nesta terça-feira (02). Depois do apresentador Danilo Gentili, do SBT,  publicar em suas redes sociais um texto no qual sugeria a entrada da população na Câmera e agredisse os deputados, a Câmara entrou com um pedido ao STF pedindo a prisão do apresentador.

No Twitter, Danilo disse:

“Eu só acreditaria que esse país tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”.

O pedido partiu do deputado federal, Luís Tibé e contou com o apoio de líderes partidários e de Arthur Lira, presidente da Câmara.

Em declaração, Luís Tibé chegou a dizer que a ação não é contra a pessoa de Danilo Gentili, mas porque busca os “mesmíssimos princípios de defesa da Democracia e da Constituição Federal consagrados pela unanimidade do Plenário do Supremo Tribunal Federal, no caso do deputado Daniel Silveira”.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

 

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Deputada sofre assédio em meio a sessão da Assembleia Legislativa: “Meu peito é íntimo”

Nessa sexta-feira circulou nas redes sociais um vídeo repugnante. O deputado Fernando Cury (Cidadania) é flagrado apalpando o seio da deputada Isa Penna (PSOL).

O assédio ocorreu na noite dessa quarta-feira (16) durante uma sessão extraordinária na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp)

As imagens do circuito de segurança mostram o exato momento do ocorrido. Assim, Fernando Cury está conversando normalmente com outro deputado . Logo em seguida ele se aproxima da deputada que está de costas para ele a abraça por trás, apalpando seu seio. A deputada tenta imediatamente afastá-lo.

Em discurso no plenário, a deputada do Psol afirmou que registrou um boletim de ocorrência contra Fernando Cury. Além disso, ela também abriu uma representação contra ele no Conselho de Ética da Casa.

“O caso que a gente vive não é isolado. A gente vê a violência política e institucional contra as mulheres o tempo todo. O que dá direito de alguém encostar numa parte íntima do meu corpo? Meu peito é íntimo. É o meu corpo. Eu estou aqui pedindo pelo direito de ficar de pé e conversar com o presidente da Assembleia sem ser assediada”, disse Isa Penna.

Da Redação Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.