Datafolha mostra Lula como favorito em 2022, e o resultado vira piada nas redes sociais

Pesquisa Datafolha divulgada nesta última quarta-feira (12), aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança com folga na corrida eleitoral ao Palácio do Planalto em 2022. Lula, que recuperou seus direitos políticos, tem 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% do atual presidente, Jair Bolsonaro (Sem partido). Em um eventual segundo turno, o petista venceria o adversário por 55% a 32%.

A divulgação da mais recente pesquisa ligada ao jornal Folha de São Paulo, foi alvo de questionamentos nas redes sociais. Conhecido por errar previsões na corrida eleitoral de 2018, o Datafolha virou motivo de piada entre internautas, sobretudo aqueles que apoiam o presidente Jair Bolsonaro.

Muitos eleitores afirmaram que a pesquisa alerta para a necessidade do voto impresso e auditável, pauta defendida por Bolsonaro. O presidente afirma que esta é a única maneira para se evitar fraudes.

3° Via Fracassa

Ainda em uma primeira etapa de votação, o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro (Sem partido) aparece com 7% das intenções de voto; o ex-ministro da integração e vice-presidente do PDT,  Ciro Gomes (PDT), tem 6%, o apresentador Luciano Huck (Sem partido), 4%; o governador de São Paulo; João Doria (PSDB), 3%; e, com 2%, estão empatados o ex-ministro da Saúde, Luiz Mandetta (DEM) e João Amoêdo (Novo)

Outros 9% informaram que votariam em branco, nulo ou em nenhum candidato, e 4% estão indecisos. A pesquisa foi feita com 2.071 pessoas, de forma presencial em 146 municípios, entre os dias 11 e 12 de maio. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

2° Turno

O Datafolha destaca que, no segundo turno, Lula herdaria votos dados a Doria, Ciro e Huck e Bolsonaro teria os de Moro. Lula ganharia de Moro (53% a 33%) e Doria (57% a 21%) caso enfrentasse candidatos no segundo turno. Bolsonaro empataria tecnicamente com Doria (39% a 40%) e perderia para Ciro (36% a 48%).

Informaçõe e texto do portal PE Notícias

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

Pesquisa Datafolha informa que Impeachment de Bolsonaro é apoiado por 49% dos brasileiros

Uma notícia está sendo destaque nesta semana. Isso porque, segundo a pesquisa Datafolha, 49% da população brasileira apoia o impeachment do presidente da república Jair Bolsonaro (Sem partido). Ainda de acordo com a pesquisa, 46% das pessoas entrevistadas não querem o afastamento do chefe do legislativo.

Segundo o Datafolha, é possível perceber que aqueles que não são a favor do afastamento do presidente são representantes de alguns segmentos ou de algumas regiões específicas. Exemplo disso é que 52% daqueles que reprovam o Impeachment, são homens que moram no sul do país. Esse número sobe para 60% quando são entrevistadas pessoas que dizem não ter medo do novo coronavírus, 57% entre os evangélicos e 56% são aqueles que são assalariados registrados.

Entretanto, já aqueles que apoiam o impeachment do presidente, são jovens entre 16 a 24 anos, representando (57%), o resultado para os moradores do Nordeste também foi de 57%, aqueles estão procurando por emprego representam (62%), outros entrevistado que informaram ter muito medo do coronavírus (60%). Esse numero apoio ao afastamento do Bolsonaro do poder aumenta, quando os entrevistados são os eleitores do ex-presidente Lula, o número dispara para (74%).

As informações são da pesquisa do Instituto Datafolha, que entrevistou 2.071 pessoas pessoalmente em todas regiões do Brasil, entre os dias 11 e 12 de maio. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.