Daniela Mercury responde secretário Fabio Vilas-Boas e internautas suspeitam de indireta à Ivete Sangalo

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (30). A cantora Daniela Mercury também respondeu ao Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, que na semana passada cobrou engajamento dos artistas no combate à covid-19.

Para Daniela, é preciso que cobrar das autoridades resoluções contra o vírus e que a classe artística deve seu poder de influencia para alertar a sociedade.

“Entendo que devemos nos unir na luta contra o coronavírus. Todos os artistas e a sociedade devem agir juntos apoiando as secretarias de saúde e cobrando do gov federal vacina para todos.Temos um grupo que já apoia, mas precisamos de 100% de adesão! VOCÊ precisa colar na gente!”, disse Daniela

“E quando digo pra VOCÊ colar com a gente, estou convidando os artistas e a sociedade a se juntarem a mim e às secretarias de saúde dos seus estados nessa luta contra o coronavírus! Precisamos estar unidos. Precisamos lutar JUNTOS!”, completou.

“Há momentos em que ficar em silêncio é mentir. Pois o silêncio pode ser interpretado como aquiescência.”Miguel de Unamuno,reitor da universidade de Salamanca,no início da guerra espanhola opondo-se ao grito “VIVA A MORTE”, “ABAIXO A INTELIGÊNCIA”dos seguidores do ditador Franco”, finalizou a cantora.

Segundo os internautas, a caixa alta foi uma indireta a Ivete Sangalo, que também respondeu ao secretário no domingo (28). Porém, Ivete discordou de Fábio ao pedir respeito. Na publicação, Ivete respondeu ao político:

“Boa tarde, sr Secretário de saúde da Bahia Fábio Vilas Boas. Venho por meio dessa rede social, a qual o Sr utilizou para revelar o quanto pouco me conhece e o quanto pouco conhece a cerca da maneira que trabalho e da forma que realizo as atividades as quais me disponho. Não o conheço. Me respeite!!. O Sr definitivamente desconhece os meus feitos. Aplique as suas impressões a ações que são da sua responsabilidade. Pratique isso com os seus, em busca de resultados para aqueles que o colocaram nessa posição, Trabalhe para o povo!”

Mas não foram somente as duas artistas que o secretário cobrou posicionamentos. Ele também citou o jogador Neymar, a cantora Cláudia Leite e o apresentador Luciano Huck. Mas, cerca de uma hora depois da publicação o secretário apagou e pediu desculpas.

“Se fui mal interpretado, peço desculpas. Nessa luta diária contra esse inimigo invisível, trabalhamos incansavelmente para salvar vidas, porém, infelizmente, cerca de 15 mil baianos morreram. Nesta batalha diária em prol da vida, busco a união e solidariedade de toda a sociedade”.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Regional.