Com grande maioria dos votos, Câmara de Deputados decide manter a prisão do parlamentar Daniel Silveira

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sábado (20). A camarâ de Deputados decidiu em sua maioria, em uma sessão realizada na noite desta última sexta-feira (19),manter a prisão em flagrante do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que foi determinada esta semana pelos ministros do Supremo Tribunal Federal.

O homem foi preso na última na noite de terça-feira (16) pela polícia Federal após fazer apologia ao AI-5, ofender e espalhar fake news sobre o Supremo. O deputado postou um video em que defendia a volta do AI-5 e o fechamento do Supremo, medidas autoritárias e antidemocráticas.

Assim, o parlamentar recebeu 364 votos a favor da manutenção da prisão, 130 contra e 3 abstenções.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Apoiadores do deputado Daniel Silveira agridem manifestante que carregava placa de Marielle Franco

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quinta-feira (18). Após a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), apoiadores do deputado agrediram um manifestante na tarde de ontem (17) na porta da sede da Polícia Federal, no Centro do Rio de Janeiro.

Muitos dos apoiadores utilizavam camisas do presidente Jair Bolsonaro e gritavam palavras de ordem pedindo o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF).

O manifestante que foi agredido pelos apoiadores do deputado chegou ao local carregando uma placa de rua em homenagem à vereadora Marielle Franco, que morreu em março de 2018, após ter sido executada.

Assim, os homens sentiram-se afrontados pelo manifestante e partiram pra cima. Um dos apoiadores aplicopu uma gravata no rapaz. Ele alegava que que esse não era lugar para ele estar.

Ainda não há informações do estado de saúde do manifestante nem se o agressor foi preso.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque.

Deputado Bolsonarista é preso pela PF após postar mensagem com discurso de ódio direcionado aos ministros do STF

Uma estampou as manchetes e chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quarta-feira (17). O deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso em flagrante por crime inafiançável na noite de ontem (16). A ordem veio diretamente do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, que pediu a prisão do deputado após a postagem de um vídeo do deputado.

De acordo com o site Metro 1, o conteúdo do vídeo conteria um discurso de ódio contra os membros do Supremo. O homem postou o vídeo xingando, ameaçando e pedindo o fechamento do órgão.

Assim, o deputado já se encontra com os policiais a caminho da Superintendência da Polícia Federal. Além deste caso, Daniel também é investigado por financiamentos de atos contra a democracia.

O deputado está no primeiro mandato de governo e ficou conhecido nacionalmente após quebrar uma placa que homenageava a vereadora Marielle Franco, assassinada a tiros em março de 2018.

O ministro Alexandre Moraes escreveu: “A Constituição Federal não permite a propagação de ideias contrárias a ordem constitucional e ao Estado Democrático (CF, artigos 5º, XLIV; 34, III e IV), nem tampouco a realização de manifestações nas redes sociais visando o rompimento do Estado de Direito, com a extinção das cláusulas pétreas constitucionais – Separação de Poderes (CF, artigo 60, §4º), com a consequente, instalação do arbítrio”, escreveu Moraes.”

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.