Autoridades descobrem esconderijo do foragido Paulo Cupertino, que matou o ator Rafael Miguel e os pais dele

Nesta quinta-feira (10) chegaram novas informações sobre um dos casos que mais comoveu o Brasil. Isso porque as autoridades descobriram o esconderijo de Paulo Cupertino, assassino do ator Rafael Miguel e dos pais dele. Mas afinal, onde ele estava?

O autor de um dos crimes que mais chocaram o Brasil deixou novos rastros. Paulo Cupertino gerou um clamor por Justiça após matar o ator Rafael Miguel e os pais dele por não aceitar o namoro do jovem com sua filha. Toda via, após procurar em mais de 300 endereços, a polícia parece estar cada vez mais perto dele. Dessa vez, tudo começou quando as autoridades receberam uma denúncia que chegou a partir do portal Cidade Alerta, da Record. Feita de forma anônima, a denúncia levou os agentes até a região de Liberacíon, no Paraguay.

De acordo com a denúncia, depois de deixar o Brasil, Cupertino estaria numa fazenda e trabalhava numa plantação de soja. Além disso, o local descoberto pertenceria a um fazendeiro brasileiro. Então a polícia local foi até o lá para averiguar a esse relato.Chegando lá, os agentes paraguaios encontraram o fazendeiro, de nome Julci Kuschel. Quando a polícia abordou o fazendeiro, ele ficou bastante exaltado, negou tudo e permitiu que apenas um policial olhasse a casa.

Após a inspeção, o agente não encontrou ninguém na residência. Além de Paulo Cupertino, os agentes também buscavam por Alfonso Helfenstein, que seria o piloto do avião que levou Cupertino para fora do Brasil. Questionado sobre Alfonso, Julci disse que o conhecia, mas afirmou que já não tinha contato com ele há um tempo. Contudo, relatos indicam que Alfonso trabalharia para Julci. Agora, a polícia que entender o motivo pelo qual o fazendeiro estaria tão envolvido com os dois a ponto de, supostamente, estar acobertando Cupertino.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Paulo Cupertino, do caso do ator Rafel Miguel, trabalhou 8 meses em cidade e usou serviços públicos normalmente

Um procurado pela justiça conseguiu viver tranquilamente por 8 meses. Paulo Cupertino Matias, que está sendo acusado de matar o jovem ator Rafael Miguel e os pais dele, conseguiu ter uma vida normal sob a sua nova identidade. Disfarçado, o homem chegou até mesmo a usar serviços públicos normalmente.

Até a última semana, Paulo Cupertino estava vivendo tranquilamente na cidade de Eldorado, no sul do Mato Grosso do Sul. Com barba longa e visual bem diferente, ele estava trabalhando em atividades relacionadas à pecuária numa chácara na zona rural da cidade. Com pouco mais de 10 mil habitantes, e boa parte deles vivendo na zona rural, sem muito acesso à internet, a cidade era o lugar perfeito para um foragido se esconder. Por conta disso, suspeita-se que Cupertino tenha conseguido passar cerca de 8 meses no local, sem levantar qualquer suspeita. Mas não é só isso.

O criminoso também chegou a frequentar uma barbearia várias vezes ao mês, fazer apostas numa casa lotérica e até mesmo passar por tratamentos médicos gratuitos. Para ir ao médico, ele usou uma carteira do SUS com dados falsificados. Nela, o nome que constava era Manoel Machado da Silva. Contudo, tanto na chácara quanto no centro da cidade, Cupertino era conhecido apenas como “Seu Manoel” e mantinha uma boa relação com algumas pessoas da cidade. Todavia, como um dos homens mais procurados do país conseguiu emprego numa fazenda?

Ajuda do patrão e fuga

Até o momento, a principal hipótese é de que Cupertino recebeu ajuda do dono da chácara onde viveu nos últimos meses. Além disso, esse mesmo homem é piloto de avião e já foi preso por transportar drogas há alguns anos. Na última semana, foi noticiado que Cupertino estava sob uma nova identidade e seu nome falso foi divulgado para todo o Brasil. Então, pouco depois as autoridades chegaram até Eldorado e fizeram buscas na chácara e em outros locais. Entretanto, nem ele e nem o patrão foram encontrados. Então, tudo indica que essa fuga aconteceu muito recentemente fazendo com que o criminoso deixasse algumas pistas para trás. Por fim, também sabe-se que o então patrão de Cupertino teria decolado num momento estratégico na última semana, mas ainda não se sabe se os dois estavam juntos.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Confusão: Delegado diz que prisão de Paulo Cupertino não foi confirmada

Na manhã desta quarta-feira, dia 28, uma notícia havia provocado grande alívio: a prisão de Paulo Cupertino. Cupertino é acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele no ano passado. O homem não aceitava o namoro da filha com Rafael e esse teria sido o motivo para o crime. Contudo, agora o delegado-geral de Polícia de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes afirmou que pode ter ocorrido um erro de comunicação. Segundo ele, a PM do Paraná se confundiu. Apesar de grandes jornais terem afirmado que a prisão ocorreu no norte do estado, o delegado explicou que essa informação não foi confirmada em nenhum momento. Além disso, nessa semana Cupertino tomou as manchetes por ter aparecido presencialmente num órgão público:

No início desta semana, a denúncia de que Cupertino conseguiu tirar um RG oficialmente num órgão público causou revolta. Mesmo sendo um dos homens mais procurados do país, ele conseguiu tirar um novo RG num órgão oficial. A principal mudança feita por Cupertino foi na sua aparência. Antes com cabelos longos e barba rapada, o rosto de Cupertino foi amplamente divulgado. Agora, com cabelos curtos penteados para trás e de barba grisalha cheia, o criminoso conseguiu até mesmo mudar de nome. Com o novo visual, ele conseguiu tirar um novo RG no Paraná cerca de um mês depois de cometer o crime em São Paulo. Para tirar o novo documento, Paulo Cupertino foi pessoalmente até um órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública, se apresentou como Manoel Machado da Silva, alterou o nome dos pais e também o CPF.

Entretanto, ele não fez nenhum tipo de alteração para a coleta das digitais e permitiu que elas fossem registradas normalmente. Com isso, Cupertino conseguiu tirar um documento oficial e verdadeiro, mas com dados de identificação falsos . Diante da situação, as autoridades estão investigando se houve algum tipo de facilitação por parte de algum funcionário público. Todavia, tudo indica que a grande mudança na aparência de Cupertino tenha induzido os funcionários ao erro, por não perceberem que se tratava de um criminoso procurado.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Paulo Cupertino, assassino do ator Rafael Miguel, é finalmente preso

Nesta quarta-feira, dia 28, Paulo Cupertino foi finalmente preso. Acusado pelo assassinato do ator Rafael Miguel e dos pais dele, Cupertino estava desaparecido há mais de um ano. Mas como a polícia encontrou?

Após matar Rafael Miguel e os pais do ator em junho do ano passado, Cupertino estava foragido. O motivo para tamanha barbaridade seria o fato dele não aceitar o namoro de Rafael Miguel e sua filha. Então, desde o dia do episódio, o Brasil criou grande expectativa para a captura de Cupertino, que a cada dia parecia menos provável. Durante as buscas policiais, os agentes chegaram a ir em mais de 300 localidades à procura do acusado, mas ele sempre estava um passo à frente. Entretanto, hoje ele finalmente foi localizado. De acordo com informações preliminares, Paulo Cupertino foi preso no norte do estado do Paraná. Contudo, a polícia ainda não especificou o local onde Cupertino foi preso. Além disso, uma denúncia recente pode ter ajudado na identificação do acusado.

Tirou RG de aparência nova

No início desta semana, a denúncia de que Cupertino conseguiu tirar um RG oficialmente num órgão público causou revolta. Mesmo sendo um dos homens mais procurados do país, ele conseguiu tirar um novo RG num órgão oficial. A principal mudança feita por Cupertino foi na sua aparência. Antes com cabelos longos e barba rapada, o rosto de Cupertino foi amplamente divulgado. Agora, com cabelos curtos penteados para trás e de barba grisalha cheia, o criminoso conseguiu até mesmo mudar de nome. Com o novo visual, ele conseguiu tirar um novo RG no Paraná cerca de um mês depois de cometer o crime em São Paulo. Para tirar o novo documento, Paulo Cupertino foi pessoalmente até um órgão vinculado à Secretaria de Segurança Pública, se apresentou como Manoel Machado da Silva, alterou o nome dos pais e também o CPF. Entretanto, ele não fez nenhum tipo de alteração para a coleta das digitais e permitiu que elas fossem registradas normalmente. Com isso, Cupertino conseguiu tirar um documento oficial e verdadeiro, mas com dados de identificação falsos . Diante da situação, as autoridades estão investigando se houve algum tipo de facilitação por parte de algum funcionário público. Todavia, tudo indica que a grande mudança na aparência de Cupertino tenha induzido os funcionários ao erro, por não perceberem que se tratava de um criminoso procurado.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.