Ministro Lewandowski estabelece 5 dias para que Bolsonaro e Queiroga especifiquem cronograma de vacinação contra a covid 19

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (22).O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, estabeleceu o prazo de 5 dias para que o governo federal esclareça o calendário de recebimento de imunizantes contra a covid 19. De acordo com informações oficiais, foram enviados ofícios ao presidente Bolsonaro (sem partido) e ao atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para que estas informações fossem divulgadas.

Atendendo a uma solicitação movida pela rede Sustentabilidade em que pede tais esclarecimentos e obrigue o governo a divulgar calendário, a corte solicitou ao governo federal que mantenha atualizado o cronograma de compra de vacinas a ser divulgado no site do Ministério da Saúde por pelo menos a cada 15 dias. A rede Sustentabilidade questiona que a defasagem dos dados apresentados interfere diretamente no cronograma de vacinação de prefeitos e governadores. Dados oficias demonstram que a última atualização foi feita em 19 de março.

A decisão do ministro proferida nessa terça-feira (20), esclarece que tais informações foram solicitadas em razão da importância da maria e também da emergência de saúde pública. “Solicitem-se prévias informações ao Presidente da República e ao Ministro de Estado da Saúde, no prazo de 5 (cinco) dias, sobre os pedidos formulados”, despachou o ministro Lewandowski.

A pressão sofrida pelo governo federal par que haja celeridade no processo tem feito com que o Ministério da Saúde se posicionasse no sentido de não divulgar a previsão de imunizantes em fase de recebimento, mas esta informação foi contrariada pelo ministro da Saúde Marcelo Queiroga, que informou a divulgação do cronograma.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.