Ministro Gilmar Mendes revoga prisão e “libera” Marcelo Crivella, ex-prefeito do Rio, investigado no caso QG da Propina

A decisão de Gilmar Mendes, Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), continua repercutindo neste sábado (13). Isso porque o ministro revogou ontem, a prisão domiciliar do ex-prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella.

Com a revogação da prisão, o ex-prefeito estará livre em questão de dias, mas, terá que entregar seus passaportes em 48h e não deverá manter contato com nenhum outro investigado.

Depois da decisão de Gilmar Mendes, a defesa de Crivella disse em nota:
“Primeiro, a ordem de prisão domiciliar pelo Superior de Justiça, e agora a revogação pelo Supremo Tribunal Federal, confirmam que a operação de dezembro foi abusiva e baseada em ilações”

Marcelo estava cumprindo a prisão desde 23 de dezembro do ano passado, após ser réu no esquema denominado “QG da propina”. Nesse esquema criminoso, que iniciou após uma delação do doleiro Sergio Mizhray, empresários pagavam propina para conseguir contratos com a prefeitura na gestão de Crivella. Marcelo e os outros participantes da operação respondem por corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Apenas 6 dias depois de ser preso, prefeito afastado Marcelo Crivella perde a mãe e faz apelo à Justiça

Após vivenciar uma situação delicado, um prefeito teve que lidar com outro momento difícil nessa segunda-feira (28) . Isso porque a mãe dele morreu poucos dias depois que ele foi preso. Mas afinal, o que aconteceu?

O prefeito afastado do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, perdeu a mãe nesta segunda-feira. A dona Eriz Bezerra Crivella morreu aos 85 anos, no seu apartamento em Copacabana. Até o momento, não foi divulgada a causa da morte, mas informações preliminares dão conta de que ela faleceu dormindo. Apenas 6 dias depois de ser preso por supostos esquemas ilegais em contratos da prefeitura, Crivella está diante de um momento difícil, pois segue em prisão domiciliar. Mas não é só isso.

Além disso, Crivella é filho único de dona Eris. Então, como ainda encontra-se em prisão domiciliar, o prefeito afastado apelou para que o Superior Tribunal de Justiça deixe ele sair para acompanhar as cerimônias fúnebres. O sepultamento deve acontecer na próxima quarta-feira, num cemitério da zona norte da cidade. As investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro apontam Crivella como um dos envolvidos em supostos esquemas ilícitos que ficaram conhecidos como “QG da Propina”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.