Internada por Covid, mulher acorda na UTI assustada sem lembrar do que aconteceu: “Achei que tinha sido acidente”

Uma notícia está sendo destaque neste sábado (05). Camila de Fátima, de 33 anos, chamou a atenção na última terça-feira por acordar assusta depois de uma internação na UTI por conta da Covid-19. Ela estava há 35 dias internada, dos quais 17 foram intubada. O susto, segundo ela, era porque não se lembrava do que tinha acontecido.

“Só lembro da hora que eu acordei, na UTI mesmo, eu olhei e falei ‘nossa’. Vi a televisão e pensei: ‘o que eu estou fazendo nesse lugar?’. Vi meu braço todo roxo, achei que tinha sido acidente comigo”.

A mulher foi internada dia 28 de abril depois de apresentar sintomas graves da covid. Mas não foi só ela, a sua mãe, seu marido também contraiu a doença. A sua mãe, inclusive, ficou poucos dias internadas no período em que estava intubada.

Sobre o período de internação, Camila revela que não se lembra de nada. Nem mesmo das mensagens trocadas com o marido, as mensagens da filha pequena de seis anos e nem como parou no hospital. A mãe de Camila conta que ela só conseguiu entender toda a situação quando começou a ouvir o marido e a filha.

“Minha filha ficou 17 dias na UTI. Depois de duas semanas, mais ou menos, pediram para gente começar a mandar áudio pra ela, para ver se ela acordava. Estavam tirando o sedativo dela para ela acordar. Mas só quando ela ouviu a voz do marido e da filha que ela se mexeu no leito. Ela acordou com os áudios da família”, conta a mãe.

Agora, já em casa, a família de Camila só tem a comemorar. “Graças a Deus tudo foi combatido. Quando ela teve alta, nós todos fomos lá. Foi o marido dela que recebeu a ligação. Todos nós corremos para lá com balões, cartazes. Ficamos no corredor onde ela iria sair. Ela chorou, a gente chorou. Foi muito emocionante”.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Irmã do presidente Bolsonaro recebe alta hospitalar após dias tratando a Covid-19

Uma notícia está sendo destaque nesta quinta-feira (27). A irmã do presidente Jair Bolsonaro ( sem partido), a Vânia Bolsonaro, internada para tratar a Covid-19  , recebeu alta hospitalar na última quarta-feira (26). Ela havia apresentado melhoras significativas, tornando possível a volta para casa.

Vânia estava internada desde o último dia 18, no Hospital São João , no interior de São Paulo. O médico Petrônio Bezerro, que estava cuidando da mulher durante esse tempo, já havia afirmado na semana passada que ela estava evoluindo no quadro.

“Agora é a complementação de medicação, de trabalho de fisioterapia e, se continuar com a evolução, logo que possível poderá ter alta. A evolução está sendo realmente satisfatória, felizmente, e está ocorrendo tudo bem”, disse.

Vânia é a irmã mais novas do presidente. Atualmente, mora em Cajati, cidade a 41 Km de Registro, na região do Vale do Ribeira. É dona de uma rede de lojas de varejo de móveis e eletrodomésticos, tendo lojas em ao menos dez cidades da região.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque.

Bebê nasce com anticorpos contra a Covid-19 em Santa Catarina

O teste de neutralização da Covid-19 feito no LabSC indica que Enrico, de 40 dias, nasceu com anticorpos contra o coronavírus em Tubarão, no Sul de Santa Catarina. A notícia alegra os pais Talita Mengali Izidoro e Murilo Corrêa Izidoro.

A mãe, Talita, é médica e trabalhava na linha de frente no combate à Covid-19 quando tomou as duas doses da vacina CoronaVac. Em entrevista ao portal 4oito, ela contou a emoção quando o resultado do teste chegou.

“Quando recebemos a notícia que o Enrico estava imunizado, foi uma emoção muito grande, tanto para mim quanto para o meu marido. Isso incentiva ainda mais as gestantes tomarem a vacina. Como dizem, é uma dose de esperança”, disse Talita.

Ela tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 quando estava na 34ª semana de gestação

 

Com informações e textos do portal O Município

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Morre aos 42 anos o ator Paulo Gustavo depois de uma luta incansável contra a Covid-19

Uma triste notícia está sendo destaque nesta terça-feira (04). O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, acabou de falecer em decorrência da covid-19. O estado do ator havia piorado bastante nos últimos dias, tendo o último boletim noticiando a irreversibilidade do quadro clínico.

Paulo estava internado desde o dia 13 de março e lutava grandes batalhas para sobreviver. Em nota, o hospital publicou:

“Às 21h12 desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da covid-19 e suas complicações. Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento”.

Antes da última piora, Paulo teve seus sedativos reduzidos e chegou a se comunicar com o marido Thales. Hoje, o seu quadro teve uma piora significativa. Por conta de uma embolia gasosa ( bolhas de ar na corrente sanguínea), seu sistema nervoso foi atingido e teve lesões cerebrais.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, disse o último boletim.

Paulo Gustavo lutou bravamente contra a Covid-19. Ele deixa dois filhos gêmeos bebês e o marido.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.