Mulher corta genitália do marido, joga em privada e dá descarga após desconfiar de uma traição

Uma notícia está sendo destaque neste domingo (11). Uma mulher, de 40 anos, mutilou o companheiro cortando sua genitália e jogando na privada, após desconfiar de uma traição por parte do marido. O caso aconteceu em Taiwan, no condado de Changhua e as informações são do jornal britânico Daily Mirror.

A vítima é um homem de 52 anos, identificado como Huang. Ele havia acabado de jantar e foi dormir. Enquanto dormia, a mulher arrancou cerca de 1,5 cm da sua genitália. Huang só percebeu a mutilação quando acordou e encontrou uma quantidade grande de sangue na região da cintura.

Phung, de 40 anos, se encaminhou a delegacia e confessou o crime. No depoimento, afirmou que cortou o membro do companheiro e jogou em uma privada para não ter como reimplantar, porque desconfiava de uma suposta infidelidade. Na sequência, se desculpou e disse ter “agido por impulso”.

Paramédicos foram ao apartamento, realizou os primeiros socorros e o encaminhou para um hospital. Segundo o porta-voz dos bombeiros, ele “conseguia caminhar sozinho, mas sangrava profusamente”. Para que o sangramento fosse estancado, foi necessária uma cirurgia e por conta da gravidade, ele não poderá mais ter relações sexuais. Uma outra cirurgia foi preciso para reconstruir a uretra.

Com a detenção da mulher e apreensão da tesoura usada no crime, a polícia busca entender se a acusada usou algum tipo de droga para “facilitar o processo”.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.