Áudios revelam que Tio que teria furtado carne com sobrinho em mercado pedia R$ 700 para ser ‘solto’

Mais um capítulo do crime bárbaro que aconteceu em Salvador, foi divulgado nesta semana. Após Tio e sobrinho terem sido achados mortos, com sinais de torturas dentro do porta-malas, após terem supostamente furtado em supermercado na última segunda-feira (29). A mãe do Jovem Ian, de 19 anos, divulgou um áudio, onde o tio, estaria pedindo dinheiro para pagar as carnes.

“Se ligue, rodei no Nordeste aqui, vê se desenrola R$ 700 reais para pagar as carnes que peguei aqui, ‘Beição’”

Segundo o Portal G1, em entrevista, a testemunha informou que os dois rapazes, tio e sobrinho, havia ido ao supermercado Atakadão Atakarejo, no início da tarde da última segunda-feira. Ela conta que em seguida, Bruno Barros, telefonou para uma amiga, pedindo dinheiro para “pagar as carnes”

“Bruno ligou para uma irmã de consideração pedindo dinheiro para pagar as carnes, porque eles estavam no mercado de Amaralina. Bruno estava com ele no mercado. Eles pediram pagamento das carnes, de R$ 700 reais, que os seguranças estavam pedindo. Na ligação, Bruno disse: ‘eles já estão me entregando, os seguranças do supermercado estão me entregando para os traficantes’” informou.

De acordo com o portal, Ian Barros e Bruno Barros foram encontrados sem vida na noite de segunda-feira (29). Eles foram torturados, levaram golpes de facadas e receberam muitos disparos de tiro.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Tio e sobrinho são encontrados sem vida após furtar alimentos em mercado: “Foram entregues”

Corpos encontrados no porta-malas do carro, são de tio e sobrinho que teriam furtado alimentos em um mercado

Uma notícia muito triste foi divulgada nesta quarta-feira (28). Segundo a Polícia, dois corpos foram encontrados dentro do  porta-malas de um veículo na última segunda-feira (26). Os agentes informaram que os homens já foram identificados como, Bruno Barros da Silva, de 29 anos, e seu sobrinho, Ian Barros da Silva, de 19 . Ambos estavam com marcas de tortura e de tiros. Eles foram brutalmente assassinados na região da Polêmica, situada em Brotas.

Segundo o portal Correio, os homens teriam sido flagrados furtando alimentos em mercado no bairro de Amaralina. De acordo com as informações de testemunhas, o gerente teria acionado os traficantes que chegaram ao local da ocorrência em pouco tempo. Sendo assim, os suspeitos do furto, “foram entregues” aos traficantes que levaram os “acusados” para dentro de uma comunidade, onde segundo testemunhas, teria ocorrido uma sessão de tortura e o assassinato de ambos.

“Ficamos sabendo que um gerente chamou os traficantes da área, que botaram os dois na mala de um carro. Se eles estavam roubando, tinham que chamar a polícia, e não fazer isso” informou um dos parentes dos jovens, que estavam os corpos serem liberados do Instituto Médico Legal (IML) Nina Rodrigues.

 Ainda de acordo com o portal, o duplo homicídio está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Homicídio (DH/Atlântico), e que a Polícia Civil, já tem conhecimento de quem praticou o crime. Até o momento da publicação desta matéria, ninguém tinha sido preso.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.