Após vizinho fazer cobrança, homem entra em sua casa e pega uma faca para ‘pagar a divida’: “Espera que vou te pagar”

Após vizinho cobrar R$ 7 mil, homem entra em sua casa e pega uma faca para 'pagar a divida' “Espera que vou te pagar”

Homem foi preso nesta segunda-feira (26), após ter esfaqueado o seu vizinho, que foi cobrar R$ 7 mil. O crime aconteceu na região do Sol Nascente. A Polícia de Ceilândia do Norte, prenderam o homem preventivamente.

Segundo o portal Metrópoles, o acusado estava chegando em sua residência quando foi abordado por seu vizinho, que gostaria de receber o dinheiro que ele haveria emprestado , no valor de R$ 7 mil. Em seguida, o homem disse que iria pagar o vizinho e entrou em sua casa. “Espera aí, que já vou te pagar”.

De acordo com o portal, os agentes apuraram durante as investigações que, após ter entrado em casa, o suspeito pegou uma faca e foi em direção à rua. Na ocasião, o vizinho estava de costas brincando com alguns cachorros. Quando foi surpreendido “Nesse momento, o suspeito veio por trás e desferiu vários golpes no tórax da vítima, perfurando um dos pulmões. A vítima precisou ser internada durante vários dias para se recuperar”, informou o delegado Thiago Peralva.

Os agentes verificaram que o acusado já respondia por outra tentativa de homicídio, ele foi preso e levado para o Departamento Policial Especializado (DPE).

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Mulher inadimplente deverá ser indenizada após receber 250 ligações de cobrança em 12 dias do Banco Pan

Uma situação bem incomoda e exagerada continua repercutindo neste domingo (14). Isso porque uma mulher que está inadimplente com o Banco Pan, recebeu deles 60 ligações de cobrança em apenas um dia. Em 12 dias ela teria recebido 250 ligações.

Segundo a cliente, que está em dívida por um financiamento de imóvel, além das centenas de ligações, que também acontecia durante os finais de semana, o banco enviava mensagens pelo WhatsApp para pessoas ligadas a ela para cobrar. Diante disso, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal se posicionou e condenou o banco a pagar uma indenização a mulher por abuso de cobrança. A indenização é de R$ 3 mil.

A decisão judicial tomada ainda inclui uma multa de R$ 9,6 mil contra o Banco Pan, que descumpriu a liminar que pedia o fim das ligações desde outubro do ano passado. Ao site de notícias G1, o banco apenas disse que não se posiciona sobre processos em andamento.

Para a juíza responsável, a situação é de abuso e ilegal:
“a realização de diversas ligações, ainda que referente a débito existente e reconhecido, configura abuso, nos termos do artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor, ultrapassando o exercício regular de direito e os meros dissabores do cotidiano, pois atenta contra a paz do consumidor”

É importante lembrar que cobrar dívidas por ligações não é proibido, desde que não exista nenhum tipo de constrangimento e que sejam feitas dentro dos horários permitidos em lei.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.