“Que nunca mais se dirijam a mim”, dispara Evaristo Costa, desapontado após demissão

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (13). O jornalista Evaristo Costa usou as redes sociais para fazer críticas a CNN Brasil sobre a forma como foi demitido. Nesta segunda-feira o jornalista usou o Instagram para criticar o posicionamento da CNN.

Quando indagado a respeito de sua demissão, Evaristo lamentou a atitude da empresa. “Poderiam alegar o que quisessem, é direito deles demitir. O que nenhuma empresa pode fazer com funcionários corretos é apunhalar pelas costas e de forma desrespeitosa. Que faz com um, faz com todos”, disse.

Evaristo Costa ainda comentou que não houve nenhum pedido de desculpas. “Não se retrataram e estão tentando encontrar justificativa para dizer que desvirtuei minha demissão. E sinceramente, espero que nunca mais se dirijam a mim”, comentou.

“Desde do dia 1º de setembro descobri que não faço mais parte da CNN. Sim, eu trabalhava na CNN, mas ao voltar das férias, assistindo a nova chamada de programação da emissora notei a falta do meu programa.

Liguei pra saber o motivo e fui informado que ele havia sido retirado da grade e que a empresa não tinha mais interesse nos meus serviços”, disse o jornalista.

Evaristo Costa gravava suas participações na CNN por meio do estúdio em Londres. O jornalista teria sido convidado para retornar ao Brasil, porém disse que não tinha interesse. Após esta atitude a empresa encerrou o contrato com Evaristo Costa. O jornalista disse ainda que tem recebido propostas de emprego e afirmou que voltaria ao Brasil algum dia, “mas não por imposição de nenhum canal de TV”.

Evaristo Costa em tom bem-humorado se divertiu com a ideia de ser o novo apresentador do Big Brother Brasil e disse que só aguarda o sim de Boninho, que é responsável pelo programa.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Evaristo Costa é demitido da CNN e diz que soube quando notou a falta do seu programa: “Não tinha mais interesse nos meus serviços”

O jornalista Evaristo Costa, de 44 anos, surpreendeu a todos em suas redes sociais ao anunciar que foi demitido da CNN. Mas não é só isso. Ele revelou que descobriu a demissão porque percebeu que seu programa não estava mais na programação da emissora.

“O pai tá ON.
Desde do dia 1º de setembro descobri que não faço mais parte da CNN. Sim eu trabalhava na CNN, mas ao voltar das férias, assistindo a nova chamada de programação da emissora notei a falta do meu programa. Liguei pra saber o motivo e fui informado que ele havia sido retirado da grade e que a empresa não tinha mais interesse nos meus serviços. É do jogo!!! “Seja feita vossa vontade”. Quando me recuperar do ocorrido dou os detalhes que ainda estão sendo acertados. Livre na pista”, explicou Evaristo.

Diversos artistas demonstraram apoio ao jornalista e revelaram indgnação com a situação. “As emissoras de tv ainda precisam aprender a se desligar dos seus funcionários. É muito louco…eu que o diga!😂😂 Mas eu que o diga também que na sequência sempre vem algo MUITO MAIOR E MELHOR!”, escreveu Marcos Mion, o mais novo contratado da Globo e apresentador do Caldeirão.

“Volta pra plim plim! Amava vc no jornal!!!!”, escreveu a atriz Marina Ruy Barbosa.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

O apresentador da CNN, Alexandre Garcia, não gosta de pergunta do âncora e ameaça deixar o canal: “Não sei se volto”

Uma notícia tem sido destaque nesta semana. Isso porque, durante a exibição do programa “Liberdade de Opinião”, apresentado pelo âncora Rafael Colombo, o entrevistado Alexandre Garcia, não gostou muito da pergunta que lhe foi direcionado.

Na ocasião, Alexandre Garcia, estava, como de costume, defendendo o presidente Jair Bolsonaro, e declarou que o governo federal tinha “todo o direito” de implementar o decreto proibindo governadores e prefeitos de pôr em prática as medidas restritivas, “os lockdows”, inclusive, como foi falado pelo presidente, ontem na abertura da Semana da Comunicação.

Na sua fala, Garcia disse que os decretos de Bolsonaro “está na Constituição” e, se ele decidir implementar, terá que ser cumprido

Em seguida, o âncora Colombo, respondeu com perguntas.E a proteção à vida (que é o objetivo dos governadores)? Também não está na Constituição?

Nesse momento da entrevista, o entrevistado, Alexandre Garcia, ficou mudo, aparentemente indignado. E não respondeu mais, ficou parado. Sendo assim, Colombo, por um momento, achou que tivesse ocorrido algum problema técnico na transmissão.

Após um silêncio dramático e constrangedor, Garcia respondeu rispidamente “Eu não estou sendo entrevistado”.

Mostrando todo o seu profissionalismo, o âncora do programa seguiu naturalmente e informou que ambos continuariam tratando sobre o assunto no dia seguinte, pois não havia mais tempo.

Para completar a cena pouco comum, Garcia respondeu de “cara fechada” que “ não sabia” se iria retornar na entrevista do dia seguinte.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.