Idosa de 67 anos perde a vida após tratamento odontológico em clínica em BH

Um caso atípico ocorreu em uma clínica localizada no bairro Nazaré, Região Nordeste de Belo Horizonte, na tarde dessa segunda-feira (27). Uma idosa de 67 anos faleceu durante uma consulta odontológica em um procedimento de rotina.

A idosa foi até a clínica para fazer um tratamento de canal e morreu ao realizar o procedimento, de acordo com a Polícia Militar. A princípio, foi informado que se tratava de extração de siso, entretanto, no boletim de ocorrência houve a confirmação de que era tratamento de canal.

Segundo o registro, a vítima passou mal 20 minutos depois do início do atendimento e em seguida teve uma parada cardíaca. O Samu foi chamado, mas a vítima não resistiu.

A PM ainda informou que a idosa tinha problemas cardíacos. Familiares da vítima estiveram no local e não confirmaram qualquer tipo de doença no coração, entretanto, disseram que a vítima estava sentindo dores no peito ultimamente. Os familiares ainda suspeitam que a idosa tenha falecido por conta de ansiedade, devido o pai dela ter sido internado há uma semana.

Segundo os familiares da idosa, na semana passada ela buscou atendimento médico em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na capital, onde recebeu medicação. Em seguida, ela viajou para o interior, onde também precisou de atendimento médico, antes do procedimento na clínica odontológica.

O registro profissional do cirurgião dentista responsável pela clínica está ativo, esclareceu o Conselho Regional de Odontologia (CRO-MG). Com relação a situação da clínica, a fiscalização foi acionada, porém, revelou que não existe inscrição da entidade prestadora de serviço odontológico no CRO-MG.

A assessoria de imprensa do CRO-MG informou que está tentando entrar em contato com o dentista para visitar o local e obter as informações sobre o caso.

Inicialmente identificamos que o profissional é inscrito regularmente e que a clínica tem inscrição CNPJ, é uma empresa individual, mas carece de inscrição no CRO-MG. Completadas as diligências, outras informações serão disponibilizadas”, comunicou.

A assessoria falou sobre a clínica estar funcionando sem estar inscrita no conselho, e esclareceu que, “da forma que está apresentada como pessoa jurídica, para estar em plena regularidade deveria estar inscrita, mas o profissional pessoa física pode exercer plenamente suas atividades profissionais”. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Criança de 10 anos perde a vida após extrair dente em clínica odontológica: “Procedimento considerado de rotina”

Um caso triste aconteceu em Igarapé, na região metropolitana de Belo Horizonte, e envolveu um menino de 10 anos que faleceu após passar por um procedimento em uma clínica odontológica. A prefeitura da cidade informou que os socorristas foram até o local na tarde dessa segunda-feira (20), mas já encontraram a criança sem vida.

A Secretaria de Saúde do município informou que a mãe da criança havia dito que o filho passou por um procedimento de extração de dente na clínica odontológica, que fica no Centro de Igarapé, nas proximidades da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Prefeito Osvaldo Cândido de Queiroz.

O socorro à criança foi acionado por volta de meio-dia e a equipe chegou à clínica odontológica às 12h13. Nesse momento, o menino de 10 anos já estava em estado de choque. As primeiras investigações foram feitas pela Polícia Civil de Igarapé e peritos que estiveram no local. O corpo do menino foi removido ao Posto Médico Legal de Betim onde deve passar por exames.

A Polícia Civil informou que está investigando o caso e que “outras informações serão prestadas em momento oportuno”. A defesa da dentista que atendeu a criança na “Odonto Family” disse que era um procedimento de rotina e que houve uma complicação.

Da redação do Acontece na Bahia

Imagem: Ilustrativa

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.