“Meu coração está com Lula e com Ciro”, diz Caetano Veloso ao falar sobre sua expectativa para 2022

O cantor e compositor Caetano Veloso foi entrevistado pelo Roda Viva nessa segunda-feira (20). Na entrevista, o artista falou, dentre outros assuntos, sobre suas expectativas para as eleições presidenciais do ano que vem e revelou a intenção de apoiar o ex-presidente Lula, caso o petista lidere a corrida presidencial, como apontam as recentes pesquisas.

“Eu já estou com Lula, de certa forma, porque as coisas estão assim configuradas”, afirmou Caetano Veloso. Questionado sobre o pedetista Ciro Gomes, o cantor revelou que também apoia sua candidatura: “Meu coração está com Lula e com Ciro”, disse.

O artista ainda falou a respeito da operação da Polícia Federal nas casas de Ciro e Cid Gomes, que ocorreu no último dia 15. O cantor classificou a operação como “suspeita”. Caetano Veloso ainda declarou que não sabia se definir politicamente, mas que estava ‘‘à esquerda de mim mesmo’’.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque, Politica.

“Eles merecem ser respeitados”; Lula presta solidariedade a Ciro Gomes e o irmão, alvos de operação da PF nesta manhã

Depois do pré-candidato à presidência Ciro Gomes e o seu irmão, Cid Gomes, ter sido alvos de uma operação da Polícia Federal (PF), que investiga um suposto esquema de corrupção durante as obras da Arena Castelão, entre 2010 e 2013, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prestou solidariedade aos dois.

“Quero prestar minha solidariedade ao senador Cid Gomes e ao pré-candidato a presidente Ciro Gomes, que tiveram suas casas invadidas sem necessidade, sem serem intimados para depor e sem levar em conta a trajetória de vida idônea dos dois. Eles merecem ser respeitados”, escreveu Lula no Twitter.

Em uma outra oportunidade, o ex-presidente também comentou sobre o operação.

“É inexplicável que as pessoas que poderiam ser intimadas para dar explicação tenham a casa invadida sem levar em consideração que um é candidato a presidente e o outro é um senador da República”, disse Lula em entrevista à Rádio Clube AM, de Blumenau (SC).

Na manhã de hoje (15), a PF cumpriu mandados de busca e apreensão contra Ciro e seu irmão. Os dois também tiveram a quebra do sigilo bancário, fiscal e telefônico.

A operação investiga um suposto pagamento de propina por membros da Galvão Engenharia e agentes públicos envolvidos na obra de reforma da Arena Castelão, no governo Cid Gomes, no Ceará. Tudo isso teria acontecido às vésperas da Copa do Mundo de 2014, aqui no Brasil.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Politica.

“O povo brasileiro não vai botar um juiz ladrão e politiqueiro”, diz Ciro Gomes sobre Moro nas eleições de 2022

Ciro Gomes (PDT) causou polêmica nesta semana ao alfinetar o ex-ministro e ex-juiz Sérgio Moro. Tudo aconteceu durante a sua passagem pelo Ceará, onde afirmou que Moro ( Podemos) é um desonesto e que por isso não ganhará a eleição: “O povo brasileiro não vai botar um juiz ladrão e politiqueiro para administrar uma economia como a nossa”, disse Ciro.

Sérgio Moro lançou sua pré-candidatura a presidente durante a filiação ao partido Podemos, na última quarta-feira (10). No evento, ele chegou a ser atingido por uma moeda, jogada por um homem da plateia, que o chamou de “traidor”.

Ainda sobre Ciro Gomes, ele também afirmou que Moro é despreparado para o cargo. “Um juiz que, traindo seu compromisso da magistratura, de julgar, tira um político da disputa e, antes da eleição, aceita se aliar a outro político que foi beneficiado pela exclusão daquele outro político que ele condenou. Isso é uma lesão moral que explica que essa é uma pessoa profunda e definitivamente desonesta”.

Ciro Gomes e Sérgio Moro disputam a terceira via nas eleições de 2022, tentando ser uma alternativa para os eleitores que não pretendem votar em Lula ou Bolsonaro.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

‘Quem planta vento colhe tempestade’, dispara Lula em resposta a Ciro Gomes após críticas feitas a Dilma Rousseff

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (15). O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT-CE), fez declarações ao podcast Estadão Notícias e acusou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de conspirar pelo impeachment de Dilma Rousseff. Em resposta a Ciro Gomes, Lula disse nessa quinta-feira (14), que o pedetista foi ‘banal e grosseiro’ nas acusações. “Eu só lamento profundamente que seja assim. Não sei o que ele está querendo, mas quem planta vento, colhe tempestade”.

“O que ele fez ontem foi tão banal, tão grosseiro, que às vezes eu fico pensando quando Jesus Cristo, na cruz, dizia: ‘Pai, perdoai os ignorantes, eles não sabem o que fazem’. Eu às vezes fico pensando nessa frase”, contou o ex-presidente Lula em entrevista à rádio Grande FM, de Dourados (MS).

“Não sei se o Ciro teve covid ou não, mas me disseram que quem tem covid tem problemas de sequelas, alguns têm problema no cérebro”, afirmou Lula. “Não é possível que um homem que pleiteia a Presidência da República possa falar as baixarias que ele falou”.

A fala de Ciro Gomes ao Estadão Notícias teve muita repercussão nessa quarta-feira (13), em razão das críticas que fez ao Partido dos Trabalhadores. Após a entrevista de Ciro Gomes, houve um bate-boca entre ele e a ex-presidente Dilma por meio do Twitter.“Eu atuei contra o impeachment e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O (ex-senador) Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?”, afirmou Ciro ao Estadão. “Hoje eu estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro.”

Em resposta, Dilma Rousseff disse que Ciro Gomes “mente de maneira descarada” e que a fala do ex-ministro tem como objetivo ganhar popularidade.“Ciro Gomes está tentando de todas as formas reagir à sua baixa aprovação popular. Mais uma vez, mente de maneira descarada, mergulhando no fundo do poço”, comentou Dilma no Twitter. “O problema, para ele, é que usa este método há muito tempo e continua há quase uma década com apenas um dígito nas pesquisas.”

O ex-presidente Lula durante a entrevista à rádio de Dourados não quis falar sobre o mandato de Dilma Rousseff, porém admitiu ter havido desajuste fiscal após o “excesso de desoneração”, praticado pela ex-presidente em 2014. Lula ainda criticou o ex-juiz Sergio Moro e a Operação Lava-Jato, chamados pelo petista de “criações da imprensa”. O ex-presidente comentou durante a entrevista que ainda não decidiu se será candidato à presidência da República. “Eu vou decidir no começo do ano (que vem)”, contou.

Lula se referiu a Sergio Moro como “um deus de barro criado pela imprensa brasileira” para destruí-lo, e voltou a defender a regulamentação da mídia e negou que o projeto implique em censura aos meios de comunicação. O ex-presidente afirmou que ele seria “a pessoa mais censurada da história do País”.

Sobre as eleições de 2022, Lula afirmou que ainda não decidiu se será candidato, porém lembrou que esta decisão é conjunta entre ele e o seu partido.”Na hora que aparecer alguém com mais viabilidade de ganhar, obviamente o PT tem toda a liberdade de escolher outra pessoa”, concluiu.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Politica.