‘Desonesta’, dispara Geraldo Luís em resposta a médica que disse que trabalho não valia nada

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (20). Durante o ‘Balanço Geral’ dessa segunda-feira (19), o apresentador Geraldo Luís se revoltou com o caso de uma suposta médica que foi pega em uma festa clandestina numa balada de luxo, em São Paulo. Ao ser questionada, a mulher hostilizou um cinegrafista da RecordTV que estava trabalhando.

“Isso para mim não vale nada, câmera para mim não vale, eu estou aqui comemorando o aniversário de um grande amigo meu… e você está fazendo o que? Está fazendo o que?“, indagou a mulher. “Trabalhando“, disse o cinegrafista.

“Trabalhando como? Como você trabalha? Você fica mudo, você não tem fala, você não sabe o que faz. Eu salvo vidas, você fica aí filmando os outros“, disse a suposta médica. O apresentador Geraldo Luís ficou irritado com as falas da mulher e saiu em defesa do colega de trabalho.

“Doutora, se a senhora for médica mesmo e salva vidas, você sabe que o que salva vidas é máscara e não aglomeração. A senhora estava no meio de uma aglomeração e só colocou a máscara porque a câmera estava aí“, falou Geraldo Luís.

“Agora, ser desonesta e desrespeitosa com um colega de trabalho, que saiu cedo, deixou sua família, nem sei quem é o cinegrafista, mas certamente é um pai de família… para ficar aguentando arrogância, numa madrugada”, prosseguiu.

O apresentador ainda comentou: “Estamos trabalhando, porque se pessoas como vocês estivessem salvando vidas em hospitais e não aglomerando em festas de 1.500 pessoas, com todo mundo morrendo, a senhora como médica, sabe. Então, o que o cinegrafista estava fazendo, é exatamente o que você deveria estar fazendo, trabalhando“

O evento em que a suposta médica participava estava acontecendo em uma balada de luxo na cidade de São Paulo, na madrugada desse domingo (18). Mais de 1500 pessoas estavam na festa segundo informações apontadas pelo Balanço Geral.

Da redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Após um mês de luta contra a doença no hospital, morre cinegrafista da TV Aratu devido à Covid-19

Uma triste notícia sensibilizou os internautas nesta manhã de quarta-feira (17). Gilmar Vasconcelos, cinegrafista da TV aratu, morreu na noite de ontem (16) devido às complicações da infecção com o coronavírus. O homem estava internado há cerca de um mês no hospital Santa Izabel, na capital baiana.

O cinegrafista trabalhou mais de 15 anos no SBT e recebeu uma homenagem da empresa: “As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais triste. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor”, diz trecho do comunicado oficial.

Além disso, o apresentador Alex Lopes também prestou homenagem no seu perfil das redes sociais: “Acabamos de perder um grande amigo, grande profissional, grande pai de família, bom coração. Ow rapaz, você me ensinou tanta coisa… Que Deus te acolha em seus braços. Que pena não pude te dar um abraço de despedida cara. Descanse em paz querido, sentirei muito a sua falta”

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.