Cineasta é morto pelos próprios pais por nunca ter sido casado; Os pais também matou outra filha e um genro

Uma notícia chocante está sendo destaque nesta quinta-feira (20). O Cineasta iraniano Babak Khrramdin, de 47 anos, foi morto pelos próprios pais, por conta de nunca ter se casado. Babak havia retornado ao seu país e decidira confrontar o pai e a mãe sobre a sua decisão de não se casar. As informações são do portal G1.

Por conta disso, os pais ficaram inconformados e cometeram o crime na alegação de ser um “crime de honra”. Ele foi assassinado, tendo seus membros arrancados e sendo jogado em sacos de lixo e numa mala, que foram encontrados no oeste de Teerã.

De acordo com a revista Monet, o pai do cineasta assumiu o assassinato e informou que anestesiou o filho, o matando com golpes de faca, jogando no lixo o corpo. Ele contou com a participação da mãe de Babak. A polícia encontrou as evidencias do assassinato e prendeu o casal. Mas não é só isso.

O casal também assumiu às autoridades o assassinato de sua filha há 3 anos e de um genro, há 10 anos, todos usando o mesmo método. Em tribunal, ele revela não se arrepender dos crimes.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.