Caetité: Polícia Federal prende chinês acusado de lavar dinheiro do tráfico internacional de drogas

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (5).A Polícia Federal (PF) cumpriu um mandado de prisão nessa terça-feira (4) contra um homem de nacionalidade chinesa e panamenha no município de Caetité, centro-sul da Bahia, suspeito de ser o responsável direto por lavar dinheiro fruto do tráfico internacional de drogas. O escritório da Interpol em Washington, nos EUA, informou que o suspeito, de 48 anos, faria parte de organização internacional de lavagem de dinheiro em larga escala.

As informações divulgadas pela Polícia Federal apontam que entre abril de 2016 e julho de 2017, o suspeito teria feito a lavagem de mais de novecentos mil dólares. O acusado teria feito a transferência de recursos oriundos do tráfico de drogas nos EUA e Europa para países da América do Sul e Central, e da Ásia, segundo as investigações.

Os recursos que supostamente viriam da comercialização da atividade ilícita eram colocados no sistema bancário dos EUA e em momento seguinte eram transferidos para contas bancárias em Hong Kong, que eram movimentadas pelo acusado. A Polícia Federal informou que o mandado de prisão preventiva foi decretado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), atendendo a uma representação do Escritório Central Nacional da Polícia Federal no Brasil.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Paulo Guedes causa polêmica ao dizer que “o chinês” criou a covid-19 e que produziu vacinas com eficácias baixas

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (27). O ministro Paulo Guedes acabou causando polêmica durante o dia ao fazer uma alegação turbulenta. Durante reunião do Conselho de Saúde Suplementar (Consu), Guedes falou, sem saber que era gravado, que “o chinês” criou a covid-19 e ainda produziu vacinas de eficácia mais baixa do que aquelas desenvolvidas por farmacêuticas dos Estados Unidos, corroborando assim, para as teorias bolsonaristas de a China foi a criadora do vírus por interesse econômico.

“O chinês inventou o vírus e a vacina dele é menos efetiva que a do americano. O americano tem 100 anos de investimento em pesquisa. Os caras falam: qual é o vírus? É esse? Tá bom. Decodifica. Tá aqui a vacina da Pfizer. É melhor que as outras. Então vamos acreditar no setor privado”.

Essa alegação, porém, já havia sido desmentida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que informou que o coronavírus não saiu de laboratório, e sim que era um patógeno de origem animal.

Um trecho reunião foi transmitida em redes sociais do Ministério da Saúde e foi interrompido após os ministros perceberem a gravação e as imagens não estão mais disponíveis.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.