Golpista que se dizia jogador de futebol é detido pelo 2º dia seguido no Ceará, após aplicar calote na hora de pagar a conta

O falso jogador de futebol que aplicou calote no domingo (28) de R$ 4,3 mil em um bar de Fortaleza, praticou o mesmo golpe no dia seguinte, na Praia de Canoa Quebrada, no município de Aracati, no Ceará. Relatos de um policial ao portal G1, confirmam que o mesmo homem suspeito entrou em um restaurante na segunda-feira (29), consumiu comidas e bebidas e disse que não tinha dinheiro quando era pra pagar pelos itens consumidos.

O policial de Aracati disse que o homem que aplicou o golpe foi agredido por moradores e funcionários do bar. Após ter sofrido agressão, o suspeito foi encaminhado para a Delegacia Regional da Polícia Civil de Aracati. O homem foi ouvido pela polícia e liberado na sequência “por ser crime de menor potencial ofensivo”, informou a Secretaria da Segurança do Ceará.

O caso está sendo apurado pela Delegacia Regional de Aracati, informou a Secretaria da Segurança Pública. O homem suspeito foi ouvido, liberado, mas está sendo investigado pela polícia. O suspeito de ter cometido este crime assinou um termo circunstanciado de ocorrência (TCO).

O mesmo homem havia entrado em um bar no Bairro Varjota, em Fortaleza, no domingo, e após dá a ‘carteirada’ como jogador de futebol, pediu bebidas para vários clientes do local. O valor gasto no consumo de bebidas caras como whisky, espumantes, além de energéticos, cerveja, drinks, água e porções de picanha importada, chegou a R$ 4.363,13, de acordo com a nota fiscal emitida.

Após ter sido encaminhado para a delegacia, o homem foi ouvido e liberado na sequência. O representante do estabelecimento que esteve na delegacia preferiu não seguir com a representação criminal contra o suposto jogador.

O homem estava acompanhado por dois seguranças e dois motoristas de aplicativo, quando chegou ao local no fim da tarde, segundo relatos dos funcionários do bar. Logo em seguida, o homem se apresentou como jogador de futebol, fazendo vários pedidos e convidando algumas mulheres para estar com ele. A partir daí, começou a oferecer bebida para as mulheres e para os homens que foram apresentados como seguranças.

O homem mandou garçons servirem bebidas caras até mesmo para o cantor e para a banda que estava se apresentando no local, segundo relato de funcionários. A polícia foi acionada pelos responsáveis pelo bar e encaminhou o homem para a delegacia. Os agentes informaram que o representante do estabelecimento esteve também na delegacia, mas preferiu não dá andamento à denúncia criminal contra o suposto jogador.

O advogado Luciano Dantas, membro da Comissão de Estudos em Direito Penal da OAB, explicou que o infrator pode ser enquadrado pelo crime de estelionato. Havendo a condenação, a detenção prevista é de 15 dias a dois meses, ou multa.

Segundo o artigo 49, o valor do dia-multa será fixado pelo juiz não podendo ser inferior a um trigésimo do maior salário mínimo mensal vigente ao tempo do fato, nem superior a 5 (cinco) vezes esse salário”, comentou.

Veja a literalidade da lei:
• Artigo 176: Tomar refeição em restaurante, alojar-se em hotel ou utilizar-se de meio de transporte sem dispor de recursos para efetuar o pagamento:
• Pena: detenção, de quinze dias a dois meses, ou multa.
• Parágrafo único: Somente se procede mediante representação, e o juiz pode, conforme as circunstâncias, deixar de aplicar a pena.
• Artigo 49: A pena de multa consiste no pagamento ao fundo penitenciário da quantia fixada na sentença e calculada em dias-multa. Será, no mínimo, de 10 (dez) e, no máximo, de 360 (trezentos e sessenta) dias-multa.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Madrasta acusada de mandar matar enteada e marido teria descoberto que eles mantinham um triangulo amoroso com rapaz

Uma notícia tem estampado em todas as manchetes nesta terça-feira (28). A polícia prendeu uma mulher acusada de pagar para matar o namorado e a filha dele, após descobrir que ele se relacionava com a própria filha, e o genro dele, de 26 anos. A mulher foi presa em Canindé, interior do Ceará, nessa segunda-feira (27).

As vítimas foram atingidas por disparos de arma de fogo na porta de casa e estão hospitalizadas. Segundo o delegado responsável pelo caso, Daniel Aragão, Maria Aparecida Barroso, de 36 anos, namorava Jaelson Oliveira, de 39; Jaelson mantinha um segundo relacionamento que envolvia três pessoas: ele, a própria filha, de 20 anos, e o genro dele que tem apenas 26 anos.

Após ter descoberto o triângulo amoroso, Maria Aparecida acertou com duas pessoas e pagou R$ 3.000 para que pai e filha fossem mortos. O namorado da filha do seu namorado foi quem intermediou o assassinato. A Polícia Civil conseguiu prender um homem e um adolescente de 17 anos horas após o crime, acusados de tentativa de homicídio. A polícia ainda conseguiu apreender a arma usada para cometer o crime.

Segundo informações da polícia, o namorado da jovem foi quem primeiro descobriu o relacionamento entre pai e filha. Decidiu seguir com o relacionamento a três e informou Maria Aparecida sobre o triângulo amoroso. Maria contou em depoimento que tentou a separação, mas era ameaçada pelo companheiro e até pensou em cometer suicídio. Contudo, Maria pagou R$ 3.000 para que o namorado da jovem conseguisse pessoas para executar o crime, que ocorreu em junho deste ano. Pai e filha foram baleados na porta de casa e foram encaminhados para um hospital da região.

Após o homem ter alta médica, é aguardado o depoimento dele para se esclarecer alguns pontos. Se ficar comprovado o relacionamento dele com a filha, ele poderá ser enquadrado no crime de estupro de vulnerável.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: TV Verdes Mares/Reprodução

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

PMs que se desafiaram para duelo após pedido de amizade a namorada em rede social, são presos no Ceará

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta segunda-feira (26). Dois soldados da Polícia Militar foram presos na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, após brigarem em uma loja de conveniência e se desafiarem para um duelo. Segundo informações, a disputa teria sido motivada por conta de um pedido de amizade que um dos agentes teria enviado para a ex-companheira do colega de farda.

Após terem sido presos em flagrante, os agentes foram encaminhados para o Presídio Militar por descumprimento do artigo 224, do Código Penal Militar (CPM), o qual traz uma pena de detenção de até três meses quando um militar “desafiar outro militar para duelo ou aceitar-lhe o desafio.”

No primeiro momento da discussão capturado por imagens de câmeras de segurança, às 16h23, os dois agentes discutem numa loja de conveniência e duas pessoas que estão próximas procuram apartar o confronto. Nesse momento um dos agentes empurra uma mesa no opositor e deixa o local em um veículo.

Cerca de oito minutos depois, às 16h31, na segunda gravação, o agente que havia saído volta ao local. O policial que havia ficado no local o recebe apontando uma arma. Nesse momento houve mais discussão, mas felizmente não houve disparos. A PM informou que os dois agentes estavam de folga em uma loja de conveniência quando discutiram e houve o desafio.

O que teria motivado o duelo foi uma solicitação de amizade nas redes sociais feita por um dos PMs para a ex-mulher do outro. O ex teria julgado a solicitação como uma cantada para a sua ex-mulher e teria sido essa a causa da discussão.

Policiais do 2º Batalhão estiveram no local e prenderam os dois soldados que não tiveram as suas identidades reveladas. Após a prisão em flagrante, os agentes foram encaminhados ao Presídio Militar, em Fortaleza.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Um suspeito é morto e outros dois são presos após assassinarem policial que foi reconhecido em ônibus

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quarta-feira (14). As forças policiais do Ceará prenderam dois homens acusados de assassinar o policial militar Thiago Araújo do Nascimento, 26 anos, cerca de 5 horas após o crime. O policial foi morto em Cascavel, região metropolitana de Fortaleza, nessa terça-feira (13), e imagens de câmeras de segurança registraram o assassinato do agente policial.

Thiago estava em um ônibus da empresa São Benedito, que fazia o itinerário entre os municípios de Beberibe, distante 83 km da Capital, e de Cascavel. As investigações apontam que Thiago teria sido reconhecido como policial e por isso teria sido assassinado. O policial ainda chegou a trocar tiros com os criminosos, mas foi atingido e veio a óbito algum tempo depois de ter sido encaminhado para o Hospital Nossa Senhora das Graças, em Cascavel. Mas não é só isso…

Logo depois de terem atingido o policial, os criminosos se aproximaram e levaram a arma dele. É esperado uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (14) pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), localizada no bairro São Gerardo, onde serão fornecidas maiores informações.

Segundo a polícia um outro suspeito foi ferido na operação e após ter sido socorrido para unidade de saúde veio a óbito momentos depois. Os policiais informaram que o suspeito havia resistido a prisão. Na operação policial foram apreendidas duas armas de fogo, entre elas a pistola que pertencia ao policial. O governador Camilo Santana (PT) emitiu uma nota lamentando a morte prematura do policial.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Regional.