“Ela foi até a portaria dizendo ‘o Luiz quer me matar’ “, afirma porteiro do prédio onde Kezia estava com o namorado advogado

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (20). A jovem Kezia, de 21 anos, morta a tiros pelo namorado na madrugada desse domingo (17), pediu ajuda ao porteiro do prédio antes de ser baleada. “Ela acessou o elevador e, ensanguentada, subiu até a portaria afirmando: ‘O Luiz quer me matar”, contou o porteiro em depoimento à polícia. O crime aconteceu em um apartamento de luxo no bairro Rio Vermelho, em Salvador.

O porteiro do prédio disse que acalmou a jovem e pediu que ela ficasse na guarita. A jovem ficou alí no local por cerca de 15 minutos. Késia retornou para o apartamento, após esse período, e logo em seguida foi ouvido um barulho de tiro.”O Sr. Luis foi até a portaria, bateu no vidro pedindo auxílio e depois trouxe a Kezia baleada. Ele arrastou o corpo até a portaria e deixou lá até pegar o carro. Em seguida, registou a ocorrência na ata do condomínio e também ligou para a polícia”, contou.

O porteiro confirmou que as brigas entre o casal eram frequentes, de modo que o acusado havia pedido em uma ocasião que a entrada de Késia no prédio não fosse permitida.”Ele pedia pra proibir, mas depois trazia ela para o imóvel”, disse.

O suspeito do crime, o advogado criminalista Luiz Meira, foi preso em flagrante na madrugada desse último domingo (17). O advogado é acusado de matar a namorada, Kezia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, na Rua Barro Vermelho, no bairro do Rio Vermelho, em Salvador. Luiz tinha um relacionamento com a vítima e a matou com um tiro de pistola 9mm disparado na cabeça. A investigação ainda procura identificar a motivação para o crime. 

Kezia chegou a ser socorrida pelo advogado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas já estava morta quando chegou ao hospital. Luiz fugiu em seguida, mas foi encontrado instantes depois por agentes de polícia.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

publicidade

Kezia, namorada do advogado, protagonizou de clipe com quase 2 milhões de visualizações: “Ela se disponibilizou para ser a protagonista”

Nesta terça-feira (19) Kezia voltou às manchetes. A moça gostava de atuar nas redes e havia participado de um clipe que foi muito visualizado.

Desde o final de semana, um rosto têm aparecido e reaparecido nas manchetes. Trata-se de Kezia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, que teve a vida interrompida no último domingo (17). Ela estaria num apartamento com namorado que já tinha há 2 anos, o advogado criminalista José Luiz de Britto Meira Júnior, quando foi atingida por um disparo. Nos momentos de lazer, a jovem gostava de usar as redes sociais e também até participou de um clipe bem sucedido com mais de um milhão e setecentas mil  visualizações. Junto do cantor Dong Boy, Kezia protagonizou o clipe da música “Na Cocheira”, há pouco mais de um ano. De acordo com o portal Correio, sabendo que a jovem havia partido, Dong Boy afirmou:

“Para mim foi uma notícia muito triste. Eu conheci Kezia através do clipe. Uma colega dela que me passou o contato, e ela se disponibilizou para ser a protagonista. E foi muito massa porque deu muita visualização, então, eu estou triste demais. Arrasado com isso.” Mas não termina aí.

O principal acusado no caso é o namorado da moça, que deve ir para prisão domiciliar, mesmo após ser preso em flagrante. Além disso, a defesa dele afirma que o disparo ocorreu acidentalmente durante um momento de conflito do casal.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.

publicidade

Aos 21 anos, Kezia, é sepultada em Feira de Santana diante de forte comoção popular.

Após aparecer em manchetes de todo o país por protagonizar um caso complicado, Kézia foi sepultada em Feira de Santana, cidade onde morava.

Kézia Stefany da Silva Ribeiro, 21 anos, foi sepultada nesta segunda-feira (18) em Feira de Santana, na Bahia. A moça namorava há cerca de 2 anos com o advogado Criminalista José Luiz de Britto Meira Júnior, bastante conhecido na região de Salvador. Ele é o principal acusado de balear a moça dentro do apartamento onde estavam, na capital baiana, e, logo depois, teria a levado ao Hospital Geral do Estado (HGE) às pressas. Depois de deixá-la na emergência, o homem fugiu do local. Contudo as autoridades correram contra o tempo e o encontraram.

Ele foi localizado na casa da irmã dele, ainda em Salvador, mas no bairro da Pituiba. Diante da situação, o advogado acabou preso. A versão inicial da defesa é de que ele e Kezia teriam discutido e que a arma teria disparado acidentalmente.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

publicidade

Um dia antes de morrer, namorada de advogado estava sorridente em show ao lado dele e na praia

Neste domingo (17) o caso da namorada do advogado tomou as redes. Então, agora chegou a informação de que eles saíram juntos na noite que antecedeu o ocorrido.

Kezia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, namorava com o advogado criminalista José Luiz de Britto Meira Júnior, conhecido na capital baiana. Eles mantinham um relacionamento de 2 anos até que, neste domingo, ela foi baleada dentro do apartamento onde estavam no bairro do Rio Vermelho. Sendo o principal suspeito no caso, José teria colocado Kezia no carro, a levado até um hospital e depois fugido. Todavia, na noite que antecedeu essa sucessão de fatos complicados, o casal estava sorridente num show do cantor Zé Vaqueiro e também na Praia do Flamengo.

Depois de deixar a moça no hospital, o advogado teria se escondido na casa de um parente, ainda em Salvador. Entretanto, agentes que cuidavam do caso conseguiram localizá-lo e ele está preso no momento. A defesa de José afirmou que o episódio foi causado por um acidente:

“Ele alega que foi fruto de uma discussão, uma desavença, e infelizmente aconteceu o disparo acidental. Todos os indícios apontam para isso. Ele está lesionado. Tem histórico de violência recíproca, infelizmente culminou nisso.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

publicidade