Criança autista era mantida, pela mãe e avó, presa dentro de um canil na área externa da casa

Uma noticia chocante tem sido destaque nesta terça-feira (18). Isso, porque um uma criança autista estava sendo mantida presa dentro de um canil.

Duas mulheres foram presas nesta segunda-feira (18), em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, sob a suspeita de manterem um menino autista, de 8 anos, em cárcere privado. Mãe e avó da criança, prendiam a vítima dentro de um canil na parte externa da casa, com a porta trancada. Segundo a polícia, o espaço soma menos de 2 metros quadrados e tem, de modo geral, péssimas condições sanitárias.

As investigações tiveram início há cerca de dez dias, depois que uma denúncia anônima, que incluía fotos de menino trancado no canil, foi remetida à Polícia Civil, ao Conselho Tutelar e a outros Órgãos. Contudo, como a residência da família fica em um dos pontos mais críticos da comunidade Gogó da Ema, uma das favelas mais violentas da cidade, foi preciso elaborar uma estratégia que permitisse o resgate da criança sem expor outros moradores ao risco de uma operação.

Agentes da 54ª DP (Belford Roxo) começaram, então, a monitorar a movimentação das suspeitas. Nesta segunda-feira, enquanto as duas eram presas em flagrante pelos policiais civis no Centro de Belford Roxo, uma equipe do Conselho Tutelar do município, autorizada pela Justiça, foi até o local e resgatou o menino.

De acordo com o delegado José Salomão Omena, titular da 54ª DP, a vítima apresentava inanição, desidratação e diversos machucados pelo corpo. Um exame de corpo de delito, que atestará a gravidade das lesões, já foi solicitado.

“Ainda não sabemos há quanto tempo ele estava nessas condições, mas, pela gravidade do quadro de desnutrição, acredito que não era uma situação recente. O menino era tratado como um bicho. O animal, ali naquele canil, era ele. O autista precisa de todo um acompanhamento social. Daquele jeito, só iria regredir”, afirmou o delegado.

As duas mulheres, que não tiveram os nomes divulgados para preservar a identidade da vítima, permaneceram em silêncio na delegacia. De acordo com o relato de vizinhos, contudo, a justificativa para manter a criança presa no espaço minúsculo era a de que queriam apenas impedir uma fuga.

O menino foi encaminhado para tratamento multidisciplinar e está internada devido a um delicado estado de saúde. Já as duas mulheres, segundo a Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap), já deram entrada no sistema prisional e aguardavam, até o início da noite desta terça-feira, a realização das audiências de custódia. Elas não possuíam nenhum antecedente criminal.

Além do cárcere privado, a mãe e a avó do menino também foram indiciadas pelo crime de tortura. Se condenadas, as penas podem chegar, somadas, a mais de 15 anos de prisão.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Filho é preso por manter pais idosos em cárcere e tomar cartões de aposentadoria

Um homem e a esposa foram presos em flagrante por manterem os pais dele em cárcere privado na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar, policiais receberam informações sobre a idosa, que estava na comunidade Diamante, na cidade de Nazaré da Mata. O caso ocorreu na última quinta-feira (1º).

Os policiais conseguiram entrar em contato com a vítima, que relatou ter sido trancada em casa há cerca de cinco meses pelo filho e pela nora. Ela ainda disse que os dois mantinham o marido dela nas mesmas condições em outra casa na cidade de Carpina, também na Mata Norte. Os dois suspeitos estariam em posse dos cartões bancários de aposentadoria dos idosos.

Os policiais foram ao local onde o idoso estava em cárcere privado. Os suspeitos foram abordados e disseram ter um revólver calibre 38 na casa em Nazaré da Mata. No local, além dos cartões bancários, encontraram R$ 6.327 pertencentes aos idosos, além das chaves da casa da idosa. Ainda foram encontrados pelos policiais uma arma de fogo e 14 munições de calibre 38.

Os materiais apreendidos e os suspeitos foram levados para a Delegacia de Plantão de Nazaré da Mata.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Nacional.