Capoeirista retorna da França para rever a família e acaba morrendo em assalto na Bahia: “Tentou fechar a porta e foi atingido”

Ainda nesta quarta-feira (21) é comentado um acontecimento trágico que marcou toda a comunidade baiana na última semana. Isso, porque um capoeirista, que morava na França, morreu enquanto passava as férias com a família na Bahia.

O crime aconteceu no de 11 de abril, na cidade de Itaparica-BA. Com o sonho de construir uma casa na sua cidade natal e retornar para perto da sua família, o capoeirista André Conceição Azevedo, de 42 anos, trabalhava com construção civil na França, e estava a três dias de retornar para a cidade francesa Bordeaux após visitar os familiares.

Pouco antes do crime, André bebia com amigos em um bar na Rua Caminho das Árvores, também conhecida como Rua do Lá no Bar, quando decidiu ir à casa de um mestre de obras para negociar a continuidade da construção da casa enquanto ele estivesse na França. Foi então que dois homens invadiram a casa anunciando o assalto, como relatou o primo de André.

“Eles foram para acertar o serviço e voltar para o bar. Foi tudo muito rápido. Uns 20 minutos depois que chegaram, os caras invadiram a casa”.“Mandou todo mundo deitar no chão e começaram a revirar tudo. Depois pegaram os celulares e colocou todos eles no banheiro”, contou o primo.

Além disso, o primo afirmou, ainda, que o capoeirista tentou fechar a porta por conta própria, provocando a ira em um dos assaltantes, que então atirou. O disparo atravessou a porta, atingindo André no peito.

“O tiro atravessou a porta e atingiu o peito dele”, lamentou o primo.

O corpo de André foi enterrado no cemitério de Barra Grande

Da de Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Regional.