Mulher é salva de violência doméstica e cárcere de privado após postar nas redes sociais um sinal na mão referente a uma campanha de proteção à mulher

Um caso chocante vem chamando a atenção do povo nesta sexta-feira (26). Uma mulher, de 38 anos, foi resgatada da condição de cárcere de privado e violência doméstica depois de postar uma foto com um X na mão nas redes sociais.

Esse símbolo de X na mão faz parte de uma campanha de proteção as mulheres, chamada “Sinal Vermelho” e lançada no ano passado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). Ou seja, quando mulheres precisarem pedir ajuda sem que o agressor perceba, ela precisa desenhar um X na mão com caneta ou batom vermelho e ir à algum comércio mostrar ou postar na internet. Inicialmente, a campanha foi criada com o apoio das farmácias do país, porém ela ganhou forças e passou a ser utilizada em outros comércios e também nas redes sociais. Assim, quando um comerciante ou alguém é sinalizado por uma vítima, a polícia deve ser acionada.

Foi graças a essa campanha que a mulher de 38 anos, esposa de um caminhoneiro, conseguiu ser salva. Ao publicar na internet, a imagem chegou a Policia Federal que conseguiu deter o homem em Bady Bassitt (SP). O casal estava na estrada, no caminhão e havia saído de Santa Catarina com destino a Brasília com uma carga de madeira.

A vítima foi encontrada com sinais de violência no rosto. Ela passou pelo exame de corpo e delito e foi ouvida. O homem, por sua vez, foi preso em flagrante, encaminhado a prisão e já possuía uma investigação por violência doméstica, mas não havia nenhuma medida protetiva contra ele.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Campanha eleitoral de Carlos Bolsonaro teria recebido doações de beneficiários do auxílio emergencial; O vereador nega irregularidades

Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro ganhou destaque neste domingo (21). Isso porque foi descoberto que durante a campanha eleitoral do político, ele teria recebido 63 doações de pessoas beneficiadas com o auxílio emergencial.

Segundo informações dadas pelo Jornal Folha de São Paulo, esse beneficiários teriam doado valores entre R$1,00 a R$500 , o que totalizou  cerca de R$2.836,00. A campanha eleitoral de Carlos Bolsonaro custou cerca de R$110mil.

Em defesa, a equipe do vereador afirmou ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro que não teriam como saber quais doadores eram beneficiários do auxílio.

Em suas redes sociais, Carlos Bolsonaro publicou:
“Muitos outros foram notificados pelo mesmo motivo, mas (x) blogueir(x) literalmente garganta profunda somente me cita. Esclarecido que as doações, totalizando cerca de R$ 5 mil, muitas de R$ 1 e R$ 5, feitas para plataforma on-line, sendo impossível saber quem e porque fizeram! Defesa feita e acatada pelo TRE!. Vereadores do piçóu, DEM e muitos outros passaram por tal situação! Pronto! Mais um dia da semana me difamando, mesmo que a justiça eleitoral tenha me dado ganho de causa! E que imbecil faria maracutaia com tudo declarado? Meu Deus! Próxima difamação!”.

O vereador foi eleito no Rio com 71.000 votos, quantidade bem abaixa do que a da eleição de 2016, que ele recebeu 106. 657 votos.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Campanha realizada pela PM arrecada dezenas de roupas e brinquedos para garoto resgatado preso em um barril

Uma campanha linda feita pela polícia militar continua encantando a manhã deste sábado (06). Desde que o garoto de 11 anos, residente da cidade de Campinas, foi resgatado de um tonel onde estava acorrentado há dias, a 2ª Companhia do 35º Batalhão promoveu uma campanha para arrecadação de brinquedos, roupas e sapatos.

Felizmente, a campanha foi um sucesso: ao todo foram arrecadados 276 brinquedos; 632 peças de roupas;29 pares de sapatos;22 presentes embalados;10 gibis; quatro mochilas escolares; três videogames; dois livros; uma máquina para corte de cabelo; um urso de pelúcia e materiais escolares variados.

Depois do sucesso, o capitão da PM José Antônio Pereira Junior,  afirmou:
“Foi fantástico, nós ficamos surpresos com a dimensão e repercussão que isso tomou. A gente ficou muito feliz também, porque eu, sinceramente, nunca vi ninguém numa situação daquela. Tenho 20 anos de polícia e nunca vi ninguém passar por aquilo, ainda mais uma criança”

Por conta da proteção acerca da identidade da criança, as doações tiveram que ser entregues a equipe de um centro de assistência social da cidade.

O menino foi resgatado na ultima semana em uma situação torturante: preso em um barril, sem conseguir se sentar ou abaixar, com fome, sede e pesando 25kg. O pai é o principal suspeito do crime, assim como sua namorada e enteada.

Após o resgate,  uma tia do garoto revelou a vontade de lutar pela guarda do menino. Porém, ele ficará sob cuidados de um serviço de acolhimento enquanto durar as investigações.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.