Policial Militar que caiu de viaduto durante perseguição a suspeito precisa de doação de sangue

O policial militar Henrique Gonçalves, que sofreu um acidente ao cair de um viaduto na Avenida Raul Barbosa, em Fortaleza, no momento em que realizava uma perseguição a suspeitos de assalto, está necessitando com urgência de doações de sangue, segundo informações divulgadas nas redes sociais pela mulher dele, Nara Feijó. O agente de polícia continua internado em estado grave e está em coma induzido em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular na capital cearense.

As doações de sangue devem ser feitas no Fujisan, localizado na Avenida Barão de Studart, Bairro Dionísio Torres. Henrique Gonçalves estava internado no Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF) desde a quinta-feira (11), dia do acidente, porém precisou ser transferido para o Hospital Regional da Unimed (HRU), nessa segunda-feira (15). A empresária e mulher do policial militar, Nara Feijó, usou as redes sociais para compartilhar com as pessoas informações sobre o estado de saúde de Henrique Gonçalves.

O estado do Henrique ainda é muito grave, tanto que ele está internado na UTI de alta complexidade! Ele segue em coma induzido, sedado, entubado e com uso de respirador. Vai ser uma recuperação longa, lenta e difícil, mas Deus nos sustentou até aqui e não vai nos desamparar!”, comentou Nara Feijó.

A mulher do PM, ainda durante a postagem, falou sobre a evolução que ocorreu com o cabo Gonçalves durante o período, como “ter sobrevivido à queda, ter passado os primeiros dias de forma estável e ter tido condições para ser transportado para um hospital do plano”. A empresária agradeceu a todos pelas mensagens de carinho e pediu oração para o PM.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

publicidade