Após levar Bruna Marquezine na garupa de sua moto, ex-motoboy muda de vida e vira consultor financeiro em empresa de investimentos

A cena que viralizou no Carnaval de 2019, em Salvador (BA), marcou a vida do mototaxista Bruno Araújo, de 31 anos, que levou a atriz Bruna Marquezine na garupa de sua moto. Quase três anos depois do ocorrido, a vida de Bruno mudou completamente e já comprou uma BMW como consultor financeiro de uma empresa de investimentos.

A atriz Bruna Marquezine foi fotografada em 2019, ao pegar um mototáxi para retornar ao hotel onde ela estava hospedada. A cena chamou à atenção e viralizou nas redes sociais. Alguns meses após o ocorrido, o jovem começou a estudar incentivado por um amigo, concluiu os estudos e passou a trabalhar como consultor financeiro em uma empresa de investimentos.

O ex-mototaxista disse ao portal UOL que trabalhava à época para ajudar nas despesas de casa. Bruno disse que, além do trabalho como mototaxista em datas eventuais, ele tinha uma loja de assistência técnica e ainda trabalhava como manobrista em um shopping.”Eu era igual o Julius do ‘Todo Mundo Odeia o Chris’, dormia e acordava fardado”, contou.

“Trabalhando sem ser como freelancer, eu conseguia tirar entre R$ 2 mil e R$ 3 mil. Era muito apertado. Quando conseguia trabalhar nos três empregos o mês todo, tirava até R$ 5 mil. Hoje, o mínimo que recebo é R$ 10 mil em um mês fraco de captação. E o máximo não tem limites, pois depende dos contratos que fecho”, disse na entrevista.

O ex-mototaxista contou que tem planos para se aposentar rápido.”Tenho vários tipos de metas: mensal, semanal e anual. Todo mês foco para captar R$ 1 milhão em carteira de clientes dentro da empresa. A minha meta pessoal é chegar aos 40 anos e já estar aposentado, vivendo dos meus investimentos em aplicações. Eu não vivo só com a renda do meu salário”, disse.

Com relação a moto que usou para levar Bruna Marquezine, Bruno disse que trocou por um dos seus sonhos. “É uma BMW. Já não é mais a Gross que a Bruna Marquezine sentou. Mas procuro viver de uma forma simples, não ando esbanjando porque entendi que foi uma oportunidade que Deus me deu e não posso desperdiçá-la. Não sei se terei outra chance como essa”, concluiu.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Artistas, Destaque.

Bruno, da dupla Bruno e Marrone, espanta fãs ao publicar foto com foragido da Justiça Brasileira: “O resto é inveja”

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quarta-feira (20). O cantor Bruno, de 51 anos, espantou os fãs ao publicar uma foto em seu perfil oficial do Instagram com um foragido da Justiça.

Na tarde de ontem, ele publicou a foto ao lado de Danilo Santana, procurado por fazer parte da D9 Clube de Empreendedores, um golpe financeiro com bitcon que lesou diversos clientes, deixando um prejuízo de aproximadamente R$ 200 milhões.

A foto foi tirada em Dubai, nos Emirados Árabes, onde Danilo reside atualmente com sua esposa e leva uma vida luxuosa.

Nesse contexto, Bruno colocou na legenda “O resto é inveja”.

Danilo Santana é acusado pela Justiça por estelionato, lavagem de dinheiro e associação criminosa, e tem mandados de prisão no país.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Ator Bruno Gagliasso “bate boca” com Collor e dispara: “Você é meu funcionário”

Uma briga entre o ator Bruno Gagliasso e o ex-presidente Fernando Collor no Twitter vem agitando a web nesta quarta-feira (10). Após o presidente Jair Bolsonaro anunciar que Collor será seu consultor econômico, o ator e o ex-presidente começaram a discutir na rede social.

Primeiramente, Bruno diz:
“Chega a ser uma piada esse presidente que representaria tudo de ‘novo’ trazer pra ser seu conselheiro econômico um sujeito que fez tantas famílias sofrerem com sua política econômica. BolsoCollor é um escárnio”.

Fernando Collor responde:
“Sujeito, para de espernear e querer lacrar. Aproveita o tempo vago e vai fazer algo de útil pelo Brasil. Se não conseguir, vai para Noronha e para de encher o saco”.

Bruno responde:
Ta querendo palco, irmão? Eu não ganho dinheiro do povo pra estar no twitter ofendendo os brasileiros. Eu sou um brasileiro pagador de impostos e você é meu funcionário. Vai trabalhar e me respeite”

Como resposta, Fernando Collor postou uma imagem com a legenda: “Lacrou”

Pouco tempo depois, o ator postou o seguinte texto para Fernando Collor:
“Num país decente, o político me apresentaria o trabalho dele, com educação, pra que eu mudasse ou não de opinião. No Brasil o sujeito se acha no direito de xingar o povo. É inacreditável”

Nas redes sociais, é comum o ator Bruno Gagliasso postar críticas ao governo e decisões do atual presidente Bolsonaro. Até o momento, Fernando Collor não respondeu a última publicação do ator.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Doria cria “frente antibolsonaro” e Bolsonaro resolve apoiar Celso Russomanno para prefeito em São Paulo

Ao lado de Bruno Covas, o governador de São Paulo criou a “frente antibolsonaro” para a disputa da prefeitura paulistana. Jair Bolsonaro respondeu com o apoio a Celso Russomanno para prefeito na capital paulista, enquanto Doria apoia Covas.

Durante uma conversa com jornalistas no Aeroporto de Congonhas, Bolsonaro disse que Russomanno é “amigo de longa data” e que está pronto para ajudá-lo na disputa.

Não pretendia entrar nas decisões de eleições municipais, mas Russomano é um amigo de velha data e estou pronto para ajudá-lo no que for preciso – disse.

Russomano, que esteve no Aeroporto de Congonhas para receber o presidente da República, falou sobre o que ele chamou de “frente” para combater o presidente da República e ressaltou que qualquer articulação contra o líder do Executivo federal “não vai dar em absolutamente nada”.

– O que é triste é eles terem armado uma frente para combater o presidente Bolsonaro, usando a prefeitura inclusive, para fazer esse tipo de coisa. Não é assim que se faz política. Então, essa frente que eles estão criando aí, para combater o presidente Bolsonaro, não vai dar em absolutamente nada, pode ter certeza – completou.

 

Tag(s): , , , , .

Categoria(s): Politica.