Blogueira e mais três parentes dela acabam presos após suspeita de falsificação de cosméticos e venda para todo o Brasil

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (12). A Polícia Civil prendeu quatro pessoas integrantes de uma mesma família em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, por supostamente falsificar cosméticos e distribuí-los para todo o país. De acordo com a polícia, uma blogueira com muitos seguidores nas redes sociais é a principal suspeita. A jovem se passava por estudante de Biomedicina e afirmava ter desenvolvido uma metodologia própria específica para o tratamento de melismas.

Rafaela Braga, que tem em um único perfil mais de 70 mil seguidores, foi presa em flagrante junto com o pai, a mãe e o marido. Segundo a delegada Andrea Pochmann, as prisões aconteceram em uma mesma semana em cumprimento a mandados de busca e apreensão em endereços ligados à família.
“É uma menina, de 21 anos, muito bonita e chamava a atenção pela questão luxuosa, pela ostentação. Ela viaja, tirava fotos, já estava com um carro de luxo e já estava residindo em uma casa também luxuosa em um condomínio de Contagem de alto padrão”, disse a delegada.

Em um mês de investigação a polícia conseguiu desmontar o esquema que havia lesado empresas e consumidores. A blogueira era proprietária de uma clínica de estética em Belo Horizonte de onde eram vendidos os cosméticos para a internet e também no momento em que ministrava seus cursos transmitido presencialmente e EAD. A jovem conseguia cobrar pelas aulas até o valor de R$ 5 mil e o kits eram fornecidos por cerca de R$ 1,5 mil.

A blogueira atuava desde os 15 anos no segmento de estética e a família tinha várias funções na falsificação dos cosméticos com a polícia encontrando em um dos endereços da família um laboratório clandestino. De acordo com a Polícia Civil, a blogueira chegou a ter uma linha de cosméticos licenciada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), porém esses produtos eram também adulterados de acordo com a delegada Andrea Pochmann.
“Ela tinha diversos métodos de falsificação. Ela adulterava, em si, o produto, colocando no produto original o rótulo dela e colocando outro cosmético lá dentro. Como ela também pegava o produto original de uma outra empresa e colocava somente o rótulo dela”, afirmou a delegada.

Ainda segundo informações da delegada Andrea, não se sabe ao certo quais são as substâncias adicionadas aos cosméticos, contudo amostras foram encaminhadas para a vigilância sanitária para verificação. Foram registrados casos em que vítimas se queixaram de queimaduras no rosto por conta do uso dos cosméticos.

Como forma de divulgação dos produtos, a blogueira mostrava fotos de antes e depois das pessoas submetidas ao tratamento, porém investigações mostram que a blogueira havia feito uso de editores de imagem. A jovem negou as acusações e afirmou possuir todas as autorizações exigidas. Os acusados preferiram ficar em silêncio após terem sido presos.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Jovem blogueira de 27 anos está desaparecida em Salvador e mãe faz apelo em rede nacional: “Entregue minha filha”

Uma notícia muito triste está sendo destaque nesta segunda-feira (22). Uma jovem e blogueira de 27 anos, a Ana Gabriela, há uma semana está desaparecida em Salvador.

Com base nos relatos da mãe, na última segunda-feira (15) pela manhã, foi a última vez que ela e a jovem se falaram. Na terça-feira, dia em que Ana Gabriela fazia aniversário, a mãe não conseguiu mais conversar com ela pois o telefone já estava desligado. A partir daí a mãe começou a ficar preocupada porque a jovem não costuma ficar muito tempo sem avisar sobre onde está.

Segundo informações, existe uma denuncia anônima em que afirma a morte da jovem, na qual teria sido executada por bandidos e enterrada em uma área de vegetação em Cajazeiras 4. Policiais fizeram buscas e não encontraram o corpo. A mãe de Ana Gabriela não acredita que a menina esteja morta, mas caso esteja, apela pela devolução do corpo para que ela entregue um enterro digno a filha.

Hoje, no jornal Balanço Geral, a mãe fez um apelo:
“Entregue minha filha, eu preciso da minha filha, eu não sei o que fazer mais. Eu estou na base do remédio, minha família está toda triste. Me dê minha filha, se não derem minha filha viva, me dê o corpo para eu enterrar”.

Da Redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.