Salvador: Taxista é vítima de bala perdida e familiares culpam policiais militares

Uma noticia tem repercutido nas mídias sociais nesta sexta-feira (14). Isso, porque um taxista acabou sendo atingindo por uma bala perdida e se encontra em estado grave.

Um taxista, que não teve sua identidade revelada, está internado em estado grave após ter sido baleado em um tiroteio supostamente envolvendo policiais militares e traficantes na noite desta sexta-feira (14), em Salvador. O homem estava dentro de casa, no bairro do Engenho Velho da Federação, quando foi atingido.

Segundo informações enviadas ao portal “Aratu On”, familiares dizem que o tiro foi deflagrado pelos policiais, que chegaram atirando na comunidade. “Meu tio dentro de casa, ‘as polícias’ chegaram atirando, isso aqui é uma poça de sangue… minha mãe passando mal. Ele estava dentro de casa, olha o que aconteceu”, diz o parente.

Em nota a Polícia Militar disse que foi até o local após uma denúncia de disparos de armas de fogo praticados por bandidos e, ao chegar na Rua Xisto Bahia, por volta das 20h, confirmou a informação.

O comandante da 41ª Companhia Independente (CIPM), major Anderson Rodrigues, acrescentou que, na posição onde estava a guarnição, não é possível que a bala que acertou o taxista tenha saído de uma arma oficial.

“A residência dele está localizada atrás da linha onde estavam os policiais. Então, pra polícia ter feito esse disparo, teria que se virar de costas para o perigo para daí atingir o inocente. Então não existe nenhum tipo de justificativa para esse tipo de afirmação”, defendeu.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.

Mulher é atingida por bala perdida na cabeça enquanto estava indo para igreja

Uma triste notícia está sendo divulgada nesta semana. Isso porque uma mulher morreu depois de ser atingida por uma bala perdida, no último domingo (9). A vítima identificada como, Janaína dos Santos Duarte Oliveira Peres, de 39 anos, estava indo para igreja em Santa Isabel, no Rio de Janeiro, quando foi baleada.

Segundo o portal R7, a polícia informou que foi acionada para atender uma ocorrência, chegando ao local foi constatado que a mulher teria sido baleada por indivíduos do tráfico, e que eles estariam movimentando armas de fogo, quando Janaína estava pilotando uma moto no bairro de Santa Izabel.

Ainda de acordo com o portal, após o ocorrido, a mulher foi levada para o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo. Ao chegar à Unidade, ela foi encaminhada para sala de cirurgia, mas veio a óbito. A equipe médica informou que Janaína dos Santos, chegou ao hospital às 19h35 e faleceu às 22h12.

As últimas informações são de que o velório aconteceu no cemitério Parque da paz, em São Gonçalo, e o enterro ocorreu às 17h. A Delegacia de Homicídio de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG), segue investigando o crime.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Itabuna: Criança de 7 anos e mais duas pessoas morrem em tiroteio; mãe desabafa: “É uma criança indefesa, tenho certeza que atirou porque quis”

Mais uma notícia chocante sendo destaque nesta segunda-feira (3): uma menina morreu vítima de bala perdida na Bahia.

O fato ocorreu no último domingo (2), bairro Lomanto, que fica próximo ao aeroporto da cidade de Itabuna, localizada no sul da Bahia, onde a menina Maikele de Jesus Santos, de 7 anos, foi morta com um tiro no peito durante uma troca de tiros. A mãe da criança acredita que a filha não foi vítima de bala perdida.

“É uma criança indefesa, tenho certeza que atirou porque quis. Como uma criança está sentada aqui e [tiro] não vai pegar em uma criança? Eu quero Justiça. A Justiça o soltou para ele tirar a vida de uma criança inocente”, conta a mãe, que prefere não ser identificada.

A mulher relatou que saiu da casa em que estava e ao retornar para o local, já encontrou a filha sem vida. A menina era filha caçula da mulher, que tem outro filho de 16 anos.

“Falei pra ela ficar aqui que iria chamar a prima. Quando cheguei no bar, vieram dois [homens] atirando e falou para não correr ninguém. Eu me desesperei e pensei na minha filha. Minha filha sentada, eles atiraram de lá de fora. Minha filha caiu, quando cheguei, dei de cara com ela sem vida, com tiro no peito, caída”, conta.

Segundo informações levantadas pela polícia na área do crime, três homens teriam chegado no local, um bar da região, e começaram a atirar com o objetivo de atingir duas pessoas, que também morreram. Eles foram identificados como Romério Ferreira dos Santos, de 40 anos, e Taique Silva Rodrigues, de 21 anos.

Apesar do relato da mãe, o delegado que cuida do caso, André Aragão, disse que as investigações iniciais apontam que a menina foi sim vítima de bala perdida.

“As vítimas em potencial eram os dois, principalmente o que tinha passagem por tráfico, mas a criança infelizmente foi alvo de bala perdida, apesar da crueldade dos criminosos. Sendo bala perdida ou não, houve um triplo homicídio, uma criança veio a óbito, e a Polícia Civil está empenhada nesse caso”, disse o delegado André Aragão.

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passaram por perícia. Um inquérito policial foi instaurado e a polícia tem prazo de 30 dias para finalizar as investigações.

A Polícia Civil da cidade informou que há indicativos da autoria e motivações do crime. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Regional.