Novo Auxílio de R$600 para jovens é citado em programa do governo: “Queremos que seja de pelo menos um ano”

Uma nova proposta de programa social aliada à qualificação de mão de obra foi anunciada pelo governo e  está repercutindo nesta quinta-feira (27). A partir desse projeto, jovens poderão ter a oportunidade de receber um auxílio de R$ 600.

Agência Brasil – O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na última terça-feira (26) que o governo federal deve lançar, em breve, um novo programa de incentivo à qualificação da mão de obra. Segundo o ministro, o objetivo é preparar jovens para o mercado de trabalho formal, permitindo que eles recebam uma ajuda de custo de R$ 600 para trabalhar e, assim, conquistar uma profissão.

“Estamos lançando um olhar justamente para evitar o que, no mercado de trabalho, se chama de Efeito Cicatriz”, disse o ministro, se referindo ao termo usado por especialistas para explicar os prejuízos à evolução profissional que costumam afetar quem ingressa de forma precária no primeiro emprego.

De acordo com o ministro, a proposta do Ministério da Economia é, por meio da parceria com empresas interessadas, pagar R$ 600 aos beneficiários do programa. Metade do valor será pago pelo governo, metade pelos empregadores, que também teriam que oferecer meios de capacitar esta mão de obra.

“A ideia básica é que o governo pague R$ 300 e as empresas mais R$ 300. Ou seja, as empresas pagarão para para treinar [os jovens], que serão qualificadas para desempenhar o que, depois, serão seus empregos”, comentou Guedes, explicando que a iniciativa só não foi lançada ainda por questões orçamentárias.

“Temos os recursos para este ano, mas queremos que seja um contrato de [trabalho de] pelo menos um ano. Então, em vez de lançar um contrato de seis meses [só até o fim deste ano], estamos tentando obter fontes [de recursos financeiros] para que o jovem fique coberto por este programa de treinamento no trabalho por pelo menos um ano”, disse Guedes, assegurando que o ministério já vem conversando sobre a iniciativa com algumas “importantes empresas”.

Essas medidas já vêm sendo anunciadas pela equipe econômica há alguns meses, embora sem detalhamentos. Já no começo de maio, Guedes disse que o Bônus de Inclusão Produtiva (BIP) e o Bônus de Incentivo à Qualificação da Mão de Obra (BIQ) protegerão os chamados “cidadãos invisíveis”, que não estão cobertos nem pelo programa Bolsa Família, nem pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC). Discurso que ele repetiu hoje, ao anunciar os resultados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) relativos ao mês de abril.

“Protegemos os ‘invisíveis’ com o auxílio emergencial. Agora, com nossas políticas de emprego, precisamos cuidar dos milhões de brasileiros que não conseguiram [ingressar] no mercado formal de trabalho”, acrescentou o ministro.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Nacional.

Rui anuncia pagamento da 1ª parcela da bolsa para famílias com filhos matriculados na rede estadual de ensino da BA será depositado dia 27 de abril.

Uma boa notícia continuou repercutindo nesta quarta-feira (21). Trata-se do anúncio feito pelo governador da Bahia, Rui Costa, confirmando o início do pagamento do auxílio para estudantes da rede estadual.

Segundo anuncio feito nesta terça-feira (20), durante o programa Papo Correria, o governador Rui Costa afirmou que a primeira parcela do Bolsa Presença, que concede a quantia de R$ 150 para famílias em condição de vulnerabilidade socioeconômica e que tenha filhos matriculados na rede estadual de ensino da Bahia, será depositado no dia 27 de abril.

O programa irá beneficiar famílias inscritas do CadÚnico, objetivando evitar o abandono escolar, bem como contribuir para o fortalecimento do processo de ensino e aprendizagem e do vínculo com a escola. O recurso será creditado em um cartão que os estudantes beneficiados receberão.

“Esse programa prevê uma aplicação de pelo menos R$ 280 milhões. São mais de 300 mil famílias beneficiadas. Além desse programa, também temos o vale-alimentação de R$ 55 por estudante e a bolsa de R$ 100 para 52 mil monitores de Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica, do programa Mais Estudo. Esses três programas representam mais de R$ 410 milhões destinados aos estudantes e às suas famílias da rede estadual”, falou Rui Costa.

Medidas Restritivas

O governador explicou, ainda, que a transição para uma fase de maior flexibilização das medidas restritivas, a fim de conter o avanço da Covid-19, está atrelada às taxas de ocupação dos leitos de UTI.

“Definimos que para iniciarmos o processo de abertura para atividades como casamentos, cirurgias eletivas e as aulas no formato semipresencial, as cidades precisam manter a marca máxima de 75% de ocupação durante cinco dias seguidos. Ainda não temos nenhuma região em condição de migrar pra essa fase mais flexível, mas, assim que tivermos, daremos início a essa transição”, afirmou

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Regional, Social.

Auxílio Emergencial: Novo lote começa a ser pago hoje; Saiba quem recebe

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (06). O pagamento do novo lote do auxílio emergencial começa a ser pago hoje. Esse novo lote é destinado a um público menor e com um valor mais baixo, de R$150 a R$375 mensais, para apenas uma pessoa da família.

A consulta para saber quem foi aprovado no auxílio pode ser feita em três locais diferentes: o site do Ministério da Cidadania, o Portal de Consultas da Dataprev e o site da Caixa Econômica Federal. No portal da cidadania e no Dataprev é possível saber se o cadastro está aprovado e no site da Caixa será possível checar onde o dinheiro será pago.

Vale lembrar que o recebimento das parcelas do primeiro benefício não é garantia do recebimento nesse novo lote, por isso é importante a consulta e observação das condições do benefício deste ano. Também não serão feito novos cadastros, ou seja, receberá nesse lote apenas aqueles que receberam no ano passado e se enquadra nas condições.

A data do recebimento do benefício depende do meio em que a pessoa está inscrita. Os beneficiários do Bolsa Família receberão na data habitual do benefício, que acontece nos 10 primeiros dias úteis do mês e de acordo com último dígito do NIS. Quem tem o NIS de final igual a 1 receberá a primeira parcela da nova rodada já no próximo dia 16 de abril, quem tem final de NIS igual a 2 recebe dia 19/04, NIS com final 3 recebe dia 20/04 e assim sucessivamente; Já os trabalhadores informais inscritos no CadÚnico receberão de acordo com o mês de aniversário. Os nascidos em janeiro receberão hoje a primeira parcela.

Confira a tabela disponibilizada pelo G1:

Calendário Auxílio Emergencial 2021 — Foto: Economia G1

 

O saque pode ser feito por meio da conta de depósito do Bolsa Família, Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão, e em lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou caixas eletrônicos da Caixa Econômica.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Rui Costa comunica que estudantes de renda baixa da rede pública terão bolsa-permanência

Uma notícia está sendo destaque nesta terça-feira (16). O governador baiano Rui Costa anunciou que alunos da rede pública de renda baixa terão uma bolsa-permanência por 6 meses. Em entrevista, ele explicou como funcionará.

“São, ao todo, 260 mil famílias. São pessoas que, de alguma forma, estão na categoria de renda mais baixa. A única condição exigida é que seus filhos mantenham a atividade escolar, nesse momento a atividade remota, e quando as aulas começarem no ensino híbrido, eles mantenham a frequência”.

Segundo Rui Costa, o valor do benefício será de R$150 e quantidade de famílias escolhidas se baseou nos dados de matrículas com inscrições no CadÚnico. O projeto de lei está sendo redigido para ser enviado à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) e após análise e aprovação por parte dos deputados estaduais, e as escolas logo depois serão instruídas sobre como contactar os estudantes contemplados para o recebimento do auxílio.

Além disso, foi informado que o auxílio-alimentação de R$55 será renovado ao estudantes da rede pública por três meses e o programa de monitoria também foi ampliado para esse ano. Nesse, dois alunos por sala atuaram como auxiliar dos colegas e receberão R$100 ao longo dos meses letivos.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.