Auxiliar de enfermagem que aplicou “vacina de vento” é indiciada e polícia conclui que ela tentou desviar a dose do imunizante

Uma notícia revoltante chamou a atenção dos internautas nesta manhã de sábado (13). Após investigações, a 12ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro, em Copacabana, indiciou a auxiliar de enfermagem Adenilde Lourenço da Silva após ela tentar aplicar uma “vacina de vento” e ter sido denunciada.

O caso ocorreu em 27 de janeiro, em Copacabana (RJ). A mulher foi pega em flagrante em um vídeo que a filha de uma idosa de percebeu, ao rever as imagens, que a vacina aplicada pela auxiliar de enfermagem não continha liquido nenhum.

Assim, ela terá que responder pelos crimes de peculato e infração de medida sanitária preventiva.

De acordo com o site Metrópoles, a mulher pretendia desviar a dose da medicação. No formulário do posto de saúde, Adenilde registrou que a vacina teria sido aplicada na senhora de 85 anos.

A investigação está atualmente à cargo do Ministério Público.  Assim, a mulher foi afastada do cargo indefinidamente.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.