“Durou apenas 19 segundos”: Lutador de 38 anos morre após nocaute em evento de boxe sem luvas

Uma triste notícia tem estampado em todas as manchetes nesta quarta-feira (6). O norte-americano Justin Thornton, que fez carreira no MMA, morreu aos 38 anos, mais de 30 dias após ter sofrido um nocaute em uma luta de boxe. A morte do atleta foi registrada nessa segunda-feira (4), após Justin ter ficado internado em razão da luta. As informações são da revista Quem.

A luta aconteceu no dia 20 de agosto, pela 20ª edição do “Bare Knuckle Fighting Championship” (BKFC), um evento de boxe sem luvas. No duelo contra Dillon Cleckler, que durou apenas 19 segundos, Justin Thornton foi nocauteado e precisou de internação hospitalar em razão de uma infecção causada por uma lesão na medula espinhal.

“Esta manhã ficamos muito triste ao sermos notificados da morte de um de nossos lutadores, Justin Thornton, que competiu no BKFC 20 em 20 de agosto de 2021. Nós nos juntamos ao resto da comunidade de esportes de combate para enviar nossas mais profundas condolências à sua família e entes queridos”, comunicou o presidente da BKFC, David Feldman.

Os relatórios médicos apontam informações e mostram que no momento da luta em que o atleta fica paralisado pode ter sido em razão de um possível derrame cerebral. Justin ficou no chão por cerca de 7 minutos antes de ser encaminhado para um hospital. Thornton perdeu por nocaute ou finalização. Deixou o MMA com um cartel de seis vitórias e 18 derrotas.

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

publicidade